Bolsas de Iniciação Científica UNIP

Programas de Iniciação Científica e Iniciação Tecnológica

Edital IC/IT Nº 01/2021 de março de 2021 para alunos dos cursos presenciais

A Vice-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIP, no uso de suas atribuições torna público o presente edital que estabelece normas e procedimentos para o Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica para a vigência de 01 de agosto de 2021 a 30 de junho de 2022.

1. Descrição dos Programas

1.1. O Programa de Iniciação Científica - IC é um Programa que tem por objetivo estimular os jovens do ensino superior nas atividades, metodologias, conhecimentos e práticas próprias ao desenvolvimento científico e aos processos de inovação. Os projetos de IC deverão apresentar, preferencialmente (não obrigatoriamente), aderência a uma das Áreas de Tecnologias Prioritárias do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), item 9.2 deste Edital. O projeto de IC dos cursos presenciais deverá ser elaborado e desenvolvido em dupla.

1.2. O Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação – IT é um Programa que tem por objetivo estimular os jovens do ensino superior nas atividades, metodologias, conhecimentos e práticas próprias ao desenvolvimento tecnológico e processos de inovação. Os projetos de IT deverão, obrigatoriamente, estar vinculados a uma das Áreas de Tecnologias Prioritárias do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), item 9.1 deste Edital. O projeto de IT dos cursos presenciais deverá ser elaborado e desenvolvido em dupla.

2. Objetivos dos Programas  

  1. Despertar vocação científica e incentivar novos talentos entre estudantes de graduação;
  2. Contribuir para a formação e inserção de estudantes em atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação;
  3. Contribuir para reduzir o tempo médio de titulação de mestres e doutores;
  4. Contribuir para a formação científica de recursos humanos que se dedicarão a qualquer atividade profissional;
  5. Contribuir para a formação de recursos humanos que se dedicarão ao fortalecimento da capacidade inovadora das empresas no país;
  6. Contribuir para a formação de recursos humanos para a pesquisa;
  7. Contribuir para a formação do cidadão pleno, com condições de participar de forma criativa e empreendedora na sua comunidade;
  8. Estimular maior articulação entre a graduação e pós-graduação;
  9. Contribuir para reduzir o tempo médio de permanência dos alunos na pós-graduação;
  10. Estimular pesquisadores produtivos a envolverem alunos de graduação nas atividades científica, tecnológica e artístico-cultural;
  11. Proporcionar ao aluno, orientado por pesquisador qualificado, a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa, bem como estimular o desenvolvimento do pensar cientificamente e da criatividade, decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas de pesquisa; e
  12. Ampliar o acesso e a integração do estudante à cultura científica.

3. Inscrição

3.1. Podem participar do concurso os alunos regularmente matriculados em curso de graduação da UNIP (até o penúltimo ano do curso superior tradicional ou primeiro ano do curso tecnológico de curta duração) e que se enquadram nos critérios estabelecidos neste edital, inclusive aqueles que são beneficiados em Programas de auxílio financeiro nas Universidades ou em outros órgãos de fomento como FIES, PROUNI e outros.

3.2. Para participar, os interessados devem formar duplas, escolher o tema a ser pesquisado, contatar um professor da UNIP com o título de Mestre ou Doutor que possua conhecimento na área em que pretendem desenvolver a pesquisa, e solicitar sua orientação.

3.2.1. As duplas podem ser formadas por alunos de cursos distintos, desde que estejam matriculados no mesmo campus e turno.

3.2.2. O tema da pesquisa deve estar relacionado com as áreas de atuação do curso de graduação do aluno

3.3. O período de inscrições será de 01 a 31 de março de 2021.

3.4. O processo é inteiramente eletrônico e as inscrições deverão ser realizadas no site da UNIP - https://www.unip.br - na Área do Aluno(a). A inscrição deve ser realizada por um dos membros da dupla.

3.5. No ato da inscrição o aluno deverá optar por um dos Programas: Iniciação Científica ou Iniciação Tecnológica, dependendo da abordagem do seu projeto de pesquisa.

3.6. É obrigatório que os alunos e orientadores tenham seus currículos cadastrados e atualizados na Plataforma Lattes.

3.7. Na 1ª etapa de inscrição um dos membros da dupla deverá acessar a Área do Aluno com o número de matrícula e senha e clicar no ícone INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA. Para iniciar a inscrição é necessário: ter o número de matrícula do outro componente da dupla; os seis últimos dígitos do número funcional do docente orientadorpreencher o formulário de inscrição on-line; e anexar o projeto de pesquisa em PDF.

3.7.1. No momento da inscrição é indispensável que o docente já esteja ciente e de acordo com a submissão.

3.8. Na 2ª e última etapa de inscrição, o docente orientador deverá validar e finalizar a inscrição no “Sistema Acadêmico Professor On-line” em link específico, seguindo os seguintes passos:
Clicar no ícone “Atualizar Perfil de Professor(a) Orientador(a)” e atualizar seus dados; inserir o link do currículo Lattes e o vínculo com os Grupos de Pesquisa (se houver);
Acessar o ícone “Validar projetos sob sua orientação” e clicar em “Visualizar Projeto”. O orientador deverá justificar a relevância e qualidade do projeto no local reservado para tal, assinalar a opção “sim” em “validado” e “enviar” para que o processo seja concluído.

3.8.1. Poderão atuar como orientadores os docentes ativos com vínculo empregatício com a UNIP.

3.8.2. Os docentes poderão orientar até dois projetos, (duas duplas no total), considerando os dois Programas IC e IT.

3.9. O arquivo do projeto deverá ser do tipo PDF, com no máximo 20 páginas.

3.9.1. A formatação do arquivo do projeto é livre, porém, deverá conter os seguintes itens:
Título do Projeto;
Introdução (revisão da literatura, objetivo geral, objetivos específicos e as justificativas);
Material e métodos (descrição detalhada dos métodos da pesquisa, dos materiais e equipamentos a serem utilizados, da coleta e análise de dados, da natureza e tamanho da amostra, das características dos participantes da pesquisa com os critérios de inclusão e exclusão, da duração do estudo e do local da pesquisa);
Resultados esperados (os resultados obtidos com a pesquisa deverão se tornar públicos, sejam favoráveis ou não);
Referências bibliográficas (de acordo com as normas da ABNT ou VANCOUVER).

3.10. Serão motivos para eliminação da submissão:
Inscrições parciais, apenas com registro de um aluno e/ou sem validação e finalização do docente orientador;
Descumprimento de qualquer norma deste edital;
Qualquer inadimplência do aluno ou docente junto à UNIP.

4. Processo de avaliação

4.1. Após o período de inscrições, as solicitações serão avaliadas de acordo com os seguintes quesitos: a) Relevância, justificativa e objetivos; b) Revisão da literatura / referências bibliográficas; c) Metodologia adotada; d) Redação (conteúdo e forma) e) Cronograma / plano de atividades; f) Mérito do projeto; g) Currículo Lattes do orientador; h) Desempenho acadêmico (integralização) do aluno;

4.1.1. A competência científica e de inovação dos pesquisadores (ex.: bolsa produtividade do CNPq) e o desempenho acadêmico dos alunos  também serão considerados no processo de avaliação.

5. Divulgação dos resultados

5.1. O resultado do processo seletivo está previsto para ser divulgado no dia 30 de junho de 2021, e não caberá recurso.

5.2. Ao professor orientador serão pagas 7,5 horas/atividade por semestre e por projeto de pesquisa orientado, desde que sejam entregues os relatórios semestral e final e suas respectivas avaliações nas datas estabelecidas pelo Calendário de Iniciação Científica e Tecnológica. Os pagamentos serão executados somente após a conferência e confirmação da documentação entregue.

5.2.1. Caso ocorra a substituição do professor orientador, o professor substituto receberá somente as horas correspondentes ao semestre em que orientar efetivamente os alunos.

6. Vigência do projeto

6.1. O Programa terá duração de 06 meses e poderá ser renovado por mais 06 (seis) meses.

6.1.1. A renovação está condicionada às normas deste Edital, ao cumprimento dos prazos estabelecidos no calendário de Iniciação Científica e Tecnológica e à qualidade do relatório semestral de pesquisa.

6.2. Caso o projeto precise ser interrompido por qualquer motivo, o aluno e/ou orientador responsável deverão comunicar imediatamente ao Setor de Pesquisa.

6.3. Constituem motivos para a interrupção automática do projeto: a conclusão, desistência ou abandono do curso, trancamento de matrícula, bem como a perda de vínculo do aluno, por qualquer outra forma, com a instituição.

6.4. O aluno terá sua pesquisa e apoio cancelados em caso de descumprimento dos compromissos assumidos com o orientador e/ou Universidade. O cancelamento e a substituição do aluno devem ser justificados por escrito e enviados por e-mail, dentro dos prazos operacionais da UNIP. Caso haja desistência de um dos integrantes da dupla, a pesquisa poderá ser mantida pelo integrante remanescente.

7. Requisitos e compromissos do aluno

7.1. Estar regularmente matriculado em curso de graduação da UNIP durante toda a vigência do projeto.

7.2. Possuir currículo cadastrado e atualizado na Plataforma Lattes.

7.3. Cumprir com máximo empenho e interesse toda a Programação estabelecida no projeto de pesquisa.

7.4. Cumprir rigorosamente todas as datas e prazos estabelecidos no calendário do Programa, conforme Anexo I desse edital.

7.5. Assinar contrato de pesquisa, comprometendo-se a entregar um relatório semestral e relatório final, acompanhados da avaliação do orientador nas datas estabelecidas no calendário de Iniciação Científica e Tecnológica;

7.6. Elaborar e encaminhar ao professor orientador o resumo e pôster da pesquisa, de acordo com o modelo fornecido pelo Setor de Pesquisa;

7.7. Entregar os relatórios parcial e final de atividades, conforme prazos do Anexo I desse edital.

7.8. Fazer referência ao apoio da UNIP em todas as publicações resultantes da pesquisa e nas apresentações do trabalho em eventos científicos ou acadêmicos;

7.9. Apresentar os resultados da pesquisa na forma de pôster e oral no Encontro de Iniciação Científica e Tecnológica da UNIP, em data e horário agendados pelo Setor de Pesquisa, caso solicitado.

8.Requisitos e compromissos do orientador

8.1. Possuir vínculo empregatício ativo como docente.

8.2. Possuir título de Mestre ou Doutor, ter produção científica, tecnológica ou artístico-cultural recente, divulgada nos principais veículos de comunicação da área, registrada no Currículo Lattes e na plataforma da UNIP.

8.3. Orientar os alunos nas distintas fases da pesquisa e corrigir os relatórios semestrais e finais.

8.4. Corrigir o resumo e pôster dos alunos e encaminhá-los ao setor de pesquisa conforme calendário.

8.5. Incluir o nome dos alunos nas publicações e nos trabalhos apresentados em congressos e seminários, cujos resultados tiveram a participação efetiva do mesmo.

8.6. É vedado ao orientador repassar a outro docente a orientação de seu(s) aluno(s). Em casos de impedimento eventual do orientador o Setor de Pesquisa deverá ser imediatamente comunicado.

8.7. É vedada a troca de aluno durante a vigência da pesquisa. Em casos de impossibilidade de execução do projeto, o Setor de Pesquisa deverá ser imediatamente comunicado.

9. Disposições Finais

9.1. Segundo o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), por meio da Portaria nº 1.122, de 19.03.2020, são consideradas Áreas de Tecnologias Prioritárias:
Tecnologias Estratégicas, nos seguintes setores: Espacial; Nuclear; Cibernética; e Segurança Pública e de Fronteira.
Tecnologias Habilitadoras, nos seguintes setores: Inteligência Artificial; Internet das Coisas; Materiais Avançados; Biotecnologia; e Nanotecnologia.
Tecnologias de Produção, nos seguintes setores: Indústria; Agronegócio; Comunicações; Infraestrutura; e Serviços.
Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável, nos seguintes setores: Cidades Inteligentes e Sustentáveis; Energias Renováveis; Bioeconomia; Tratamento e Reciclagem de Resíduos Sólidos; Tratamento de Poluição; Monitoramento, prevenção e recuperação de desastres naturais e ambientais; e Preservação Ambiental.
Tecnologias para Qualidade de Vida, nos seguintes setores: Saúde; Saneamento Básico; Segurança Hídrica; e Tecnologias Assistivas.

9.2. São também considerados prioritários, diante de sua característica essencial e transversal, os projetos de pesquisa básica, humanidades e ciências sociais que contribuam, em algum grau, para o desenvolvimento das Áreas de Tecnologias Prioritárias do MCTIC.

9.3. A qualquer tempo o presente edital poderá ser revogado ou anulado, no todo ou em parte, seja por decisão unilateral da Vice-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIP, seja por motivo de interesse público ou exigência legal, sem que isso implique direito à indenização ou reclamação de qualquer natureza.

9.4. Os casos omissos ou não previstos no presente edital serão julgados pela Vice-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIP.

Contatos

Alunos cursos Presenciais:
iniciacaocientifica@unip.br - Ciências da Saúde
pesquisadiscente@unip.br - Ciências Exatas e Tecnologia / Cursos Tecnológicos
apoiopesquisa@unip.br - Ciências Humanas / Ciências Sociais e Comunicação