Edital

UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP
EDITAL DE 12 DE JUNHO DE 2019
PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR 2020 – 1.º SEMESTRE

Por ordem do magnífico Reitor da Universidade Paulista, UNIP, mantida pela ASSUPERO - ENSINO SUPERIOR LTDA, CNPJ n.º 06.099.229/0001-01, no uso de suas atribuições, atendendo o artigo 99, § 2.º, da Portaria Normativa MEC n.º 23/2017, de 21/12/2017, publicada no DOU em 22/12/2017, tornamos público o seguinte Edital, válido para os ingressantes por meio do Processo Seletivo/Vestibular 2020-1.º Semestre e, também, aplicável aos ingressantes via transferência ou apresentação de diploma de nível superior. 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS. A Universidade Paulista – UNIP está realizando o Processo Seletivo 2020-1.º Semestre em fases independentes, a partir do mês de setembro, prolongando-se pelos meses subsequentes. Em cada mês, ou seja, em cada fase, independentemente do número de provas nele(a) realizadas, serão disponibilizados 25% das vagas, mais as vagas remanescentes das fases anteriores. O candidato aprovado em uma das provas está desobrigado de realizar as provas subsequentes. Em cada fase, a partir da 2.ª, será classificado no curso o candidato que obtiver nota igual ou superior à nota mínima exigida para a classificação no mesmo curso nas fases anteriores, resguardando-se sempre o número de vagas oferecidas. O candidato poderá optar por Prova Tradicional ou por Agendamento. Observações: 1.ª) Recomenda-se aos candidatos que cheguem ao local de prova com antecedência mínima de meia hora, pois não será permitida a entrada de retardatários. 2.ª) Poderão inscrever-se para concorrer às vagas do Processo Seletivo 2020-1.º Semestre candidatos que tenham concluído ou venham a concluir o ensino médio até o mês de dezembro de 2019. Candidatos que concluírem o ensino médio após dezembro de 2019 serão considerados treineiros. 3.ª) Para participar de qualquer uma das provas, o candidato deverá fazer sua inscrição e realizar a prova dentro dos prazos especificados. 4.ª) O candidato que se inscrever para uma prova e não comparecer estará automaticamente inscrito para uma prova seguinte, devendo fazer apenas a escolha da nova data e horário. 5.ª) O candidato não classificado em uma prova poderá prestar uma prova seguinte, sem necessidade de nova inscrição, devendo fazer apenas a escolha da nova data e horário. 6.ª) Em cada prova, serão aceitas novas inscrições. 7.ª) O ingresso do candidato dar-se-á por meio da classificação obtida na prova que realizar. 8.ª) O candidato classificado em uma prova não precisará realizar outra prova, mas, uma vez classificado, se ainda quiser participar de outra prova (para tentar outro curso ou para concorrer a um novo curso introduzido nessa fase, por exemplo), deverá fazer nova inscrição. 9.ª) Todos os candidatos, inclusive os que ainda cursam a última série do ensino médio, devem estar cientes de que, caso não consigam comprovar, até a época da matrícula, a conclusão do ensino médio, por meio da apresentação dos documentos legalmente exigidos, será feita uma matrícula condicional. Essa matrícula será efetivada com a apresentação dos correspondentes comprovantes até o dia 12/2/2020, improrrogavelmente. Caso contrário, a matrícula condicional poderá ser anulada, sem direito a qualquer reclamação ou recurso. 10.ª) Ao final das fases previstas, caso haja vagas remanescentes, será dada continuidade ao Processo Seletivo. 11.ª) A aprovação do candidato no Processo Seletivo 2020-1.º Semestre poderá, ao critério da UNIP, ser utilizada para sua matrícula inicial por até dois semestres subsequentes. No Processo Seletivo para preenchimento das vagas do 1.º semestre de 2020, a UNIP oferece duas opções de prova: 1.ª) PROVA TRADICIONAL – Com data prefixada e realizada segundo a sistemática habitual. As inscrições para a Prova Tradicional podem ser feitas até 24 horas antes da realização da prova, pela internet (www.unip.br) ou pessoalmente, nos campi da UNIP, nos colégios e nos cursinhos autorizados ou em postos volantes. Datas e horários de provas: a 1.ª fase será realizada nos dias 11 de setembro de 2019, às 19h30; ou 14, 21 ou 28 de setembro de 2019, às 14 horas; a 2.ª fase, nos dias 5, 19 ou 26 de outubro de 2019, às 14 horas; a 3.ª fase, nos dias 5 ou 13 de novembro de 2019, às 19h30; ou 16, 23 ou 30 de novembro de 2019, às 14 horas; a 4.ª fase, nos dias 7, 14, 21 ou 28 de dezembro de 2019, às 14 horas; as fases subsequentes, a partir de janeiro de 2020, serão realizadas aos sábados, às 14 horas, nos campi da UNIP, conforme escolha do candidato. Durante a semana e/ou aos domingos, serão agendadas novas provas, em datas e horários a serem definidos, os quais serão divulgados pela internet (www.unip.br) e/ou por outros meios de comunicação. Importante: o candidato aprovado em uma das provas está desobrigado de realizar as provas subsequentes. Local: indicado no comprovante de inscrição. O candidato deverá comparecer ao local indicado com, pelo menos, meia hora de antecedência. Duração: mínima de uma hora e máxima de duas horas. Resultado: 48 horas após a realização da prova. 2.ª) PROVA POR AGENDAMENTO – É realizada com a utilização de computador que apresenta provas diferentes para cada candidato. Essa prova é aplicada nos laboratórios de informática da UNIP, sempre antes da Prova Tradicional da fase correspondente, em dia e horário agendados pelo candidato. As inscrições para a Prova por Agendamento podem ser feitas até 24 horas antes da realização da prova, pela internet (www.unip.br), por telefone (0800 010 9000) (neste caso, a inscrição precisa ser complementada antes da realização da prova, na secretaria do campus escolhido), ou pessoalmente, nos campi da UNIP. Datas e horários de provas: a partir de 9 de setembro de 2019, de 2.ª a 6.ª-feira, das 8 às 20 horas, e sábado, das 8 às 12 horas. Local: no campus da UNIP escolhido pelo candidato, com agendamento prévio. O candidato deverá comparecer ao local indicado com, pelo menos, meia hora de antecedência. Duração: mínima de uma hora e máxima de duas horas. Resultado: 48 horas após a realização da Prova Tradicional da fase correspondente ou da Prova por Agendamento. O candidato deve optar por um dos dois tipos de prova. ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio): O candidato que realizou o ENEM em um dos anos anteriores a partir de 2009 pode ser dispensado de fazer as provas do Processo Seletivo 2020-1.º Semestre para ingressar na UNIP. Nesse caso, basta fazer a inscrição via internet e entregar, no campus da UNIP escolhido, uma cópia autenticada (ou apresentar o original e entregar uma cópia) do Boletim de Desempenho Individual de Notas do ENEM e da cédula de identidade. A nota obtida no ENEM será padronizada com as notas das provas do Processo Seletivo 2020-1.º Semestre. O candidato que apresentar nota mínima menor que 300 (trezentos), numa escala de 0 (zero) a 1.000 (mil), ou tenha zerado na redação, deverá, obrigatoriamente, realizar Prova Tradicional ou por Agendamento, pois, nesse caso, suas notas do ENEM não serão aproveitadas (verifique o Regulamento específico do “Programa de Aproveitamento das Notas do ENEM”). INSCREVA-SE, que você poderá obter um DESCONTO ESPECIAL de acordo com o seu desempenho relativo no ENEM. Além das provas Tradicional e por Agendamento, e por meio do Boletim de Desempenho Individual de Notas do ENEM, ao critério da UNIP, também poderá ser realizada a seleção dos candidatos simplesmente por meio de uma redação, ou ainda, por meio de uma redação acompanhada da análise do Histórico Escolar do Ensino Médio. Neste caso, basta realizar a inscrição, fazer a redação e entregar uma cópia autenticada (ou apresentar o original e entregar uma cópia) do Histórico Escolar do Ensino Médio dentro dos prazos especificados. Nessas condições, a nota será padronizada e será classificado no curso o candidato que obtiver nota igual ou superior à nota mínima exigida para a classificação no mesmo curso na 1.ª fase, resguardando-se sempre o número de vagas oferecidas. 2. DAS CONDIÇÕES E PROCEDIMENTOS. OPÇÕES DE CURSO, TURNO E CAMPUS: Todo candidato poderá inscrever-se em duas opções. Cada opção representa a região, o campus, o curso e o turno de funcionamento desse curso. As opções são independentes e o candidato deverá preencher cada uma separadamente. Para fazer a 1.ª opção, o candidato deverá, primeiramente, escolher em que região vai estudar: Grande São Paulo, Interior e Litoral do Estado de São Paulo, Distrito Federal, Goiânia ou Manaus. Escolhida a região, a escolha de campus ficará restrita ao(s) campus(i) daquela região. A seguir, o candidato poderá continuar sua inscrição pela escolha do curso ou do campus. Se escolher o curso em primeiro lugar, a tela irá mostrar-lhe os campi em que o curso (e turno) escolhido(s) é(são) oferecido(s). O candidato deverá escolher o campus (e turno) de sua preferência. Se escolher o campus em primeiro lugar, a tela irá mostrar-lhe os cursos (com os respectivos turnos) oferecidos nesse campus. O candidato deverá escolher o curso (e turno) de sua preferência. Para fazer a 2.ª opção, basta repetir a sequência anterior. INSCRIÇÃO: A inscrição, tanto para a Prova Tradicional como para a Prova por Agendamento, poderá ser feita pela Internet ou presencialmente, a partir de 4 de setembro de 2019. Para realizá-la pela Internet, o candidato deverá: a) acessar o site www.unip.br; b) no item Vestibular, clicar em “Inscrições Abertas”; uma nova página será exibida, onde poderá ver os cursos da UNIP, consultar o Manual do Candidato e verificar em que campus e turno cada curso será oferecido ou os cursos (e turnos) oferecidos em cada campus. c) clicar na caixa “Inscreva-se!”; d) digitar o seu CPF; uma nova página será exibida, onde deverá: e) preencher todos os campos do formulário; f) fazer a opção pelo tipo de prova: Tradicional ou por Agendamento. Se optar por Prova Tradicional: escolher a data da prova; ler o requerimento de inscrição e concordar com ele; preencher as opções e as preferências, clicando no ícone correspondente e escolhendo o curso, o turno e o campus; clicar em “Enviar”; escolher o local (campus) em que deseja fazer a prova; clicar novamente em “Enviar”; conferir os dados de sua inscrição e clicar em “Confirmar”; clicar em “Comprovante de inscrição” para obter o referido comprovante, o qual deverá ser apresentado no local e horário da prova. Se optar por Prova por Agendamento: ler o requerimento de inscrição e concordar com ele; preencher as opções e as preferências, clicando no ícone correspondente e escolhendo o curso, o turno e o campus; clicar em “Enviar”; selecionar a data da prova e, em seguida, o horário e o local (campus) em que deseja fazer a prova; clicar novamente em “Enviar”; conferir os dados de sua inscrição e clicar em “Confirmar”; clicar em “Comprovante de inscrição” para obter o referido comprovante, o qual deverá ser apresentado no local e horário agendados para a realização da prova. Obs.: Não serão considerados aptos a realizar as provas os candidatos que estiverem, eventualmente, impossibilitados de comparecer ao local determinado para sua realização, salvo mediante decisão da Comissão Organizadora do Processo Seletivo/Vestibular. O ato de inscrição implica, por parte do candidato, o reconhecimento e a aceitação de todas as condições previstas no Manual do Candidato, nos Editais do Processo Seletivo 2020-1.º Semestre e nos Regulamentos da UNIP, tanto para efeitos contratuais quanto para efeitos legais. As inscrições devem atender às instruções contidas no Manual do Candidato. Questionário: todo candidato deverá responder a um questionário que será apresentado por ocasião da inscrição. Taxa de inscrição: a taxa de inscrição é de R$ 40,00 (quarenta reais). Isenção da taxa de inscrição: o candidato poderá isentar-se dessa taxa fazendo a inscrição pela Internet ou solicitando a isenção quando a fizer pessoalmente. Casos especiais: candidato portador de necessidades especiais (visuais, auditivas ou motoras) deverá inscrever-se presencialmente até uma semana antes do encerramento das inscrições para a prova de que vai participar, informando, no posto de inscrição, em formulário específico, do que necessita para realizar a prova. COMPOSIÇÃO DAS PROVAS – Tanto a Prova Tradicional como a Prova por Agendamento serão constituídas de uma redação em Língua Portuguesa e de 25 (vinte e cinco) questões multidisciplinares, versando sobre os programas de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Inglês), História, Geografia, Matemática, Física, Química e Biologia, do Ensino Médio. Nessa prova, cada questão possui peso 4 (quatro); portanto, as questões todas possuem valor 100 (cem) e a redação, valor 40 (quarenta), totalizando 140 (cento e quarenta) pontos. Obs.: As questões de Língua Estrangeira serão de Inglês, tanto para a Prova Tradicional quanto para a Prova por Agendamento. O programa das matérias que constarão da prova será especificado no Manual do Candidato. Durante o período de realização do Processo Seletivo, independentemente da fase realizada, a duração e/ou a composição das provas poderão ser alteradas, ao critério da Comissão Organizadora do Processo Seletivo/Vestibular. CLASSIFICAÇÃO/ DESCLASSIFICAÇÃO – Classificação: A classificação dos candidatos dar-se-á respeitando-se a 1.ª opção e, depois, a opção seguinte, pela ordem decrescente da média ponderada obtida nas provas, até o limite das vagas oferecidas para o curso, turno e/ou campus. Em caso de empate, será classificado o candidato que obtiver maior nota na redação. Persistindo o empate, será classificado o candidato mais velho. Todas as convocações de aprovados levarão em conta o número de vagas para o curso, turno e/ou campus. Desclassificação: a redação é obrigatória e consta tanto da Prova Tradicional como da Prova por Agendamento. Será desclassificado o candidato que obtiver nota de redação menor que 3 (três), numa escala de 0 (zero) a 10 (dez), independentemente de sua média. Também será desclassificado aquele que usar de meios fraudulentos ou cometer atos de indisciplina durante a realização da prova. Não serão concedidas vistas ou revisões das provas em hipótese alguma. RESULTADO – A lista oficial dos classificados será publicada na Internet (www.unip.br) por meio de Edital de Convocação. A UNIP não se responsabilizará pela publicação da lista de aprovados nos órgãos de comunicação. A UNIP poderá comunicar a classificação do candidato por meio de telegrama, ou aerograma, ou e-mail ou mensagem via celular. Na hipótese de as vagas não serem preenchidas em primeira chamada, serão efetuadas novas convocações, observando-se a opção e a ordem de classificação dos candidatos. O candidato poderá ser convocado para o curso de 2.ª opção. Nesse caso, ele deverá fazer sua matrícula, pois continuará concorrendo para a 1.ª opção nas convocações seguintes. Se, em nova convocação, for classificado para outro curso, o candidato poderá fazer a troca de curso. Nesse caso, serão feitos os acertos correspondentes à diferença de mensalidades. Observações: 1 - Os cursos oferecidos são de regime semestral, com periodicidade anual, e as matrículas são realizadas por disciplinas, em blocos, conforme o Regimento da Instituição. As disciplinas semestrais poderão ser agrupadas ou seriadas de formas diferentes nos períodos letivos que compõem o curso e não serão obrigatoriamente oferecidas na mesma ordem. Inclusive, disciplinas poderão ser cursadas concomitantemente por alunos que ingressaram na Universidade em diferentes épocas. 2 - Todos os cursos da UNIP são constituídos de atividades curriculares e extracurriculares. 3 - Se o número de alunos matriculados após o término do Processo Seletivo não atingir 80% (oitenta por cento) do total de vagas oferecidas no curso em determinado campus, ou turno, a UNIP, ao seu critério, poderá cancelar o oferecimento dessa opção. Nesse caso, será oferecida ao aluno pelo menos uma das seguintes opções: a) o mesmo curso no mesmo campus, em outro turno; b) o mesmo curso em outro campus, em turno disponível; c) outro curso em campus e turno disponíveis; d) devolução da(s) quantia(s) paga(s), o que será feito vinte dias após o aluno requerê-la na Secretaria. 4 - Se, no transcorrer do curso, a partir do 2.º período, o número de alunos matriculados em determinado campus, período e turno não atingir 40 (quarenta), ao critério da UNIP, os alunos poderão ser transferidos para outro turno do mesmo campus ou para outro campus e turno disponíveis. 5 - Para determinados cursos dos turnos da manhã e da tarde, poderão ser concedidos, ao critério da UNIP, descontos extras que vigorarão até o mês de dezembro do ano de ingresso do aluno. Os alunos que gozarem desse desconto extra, ao critério da UNIP, poderão ser transferidos, a partir do ano subsequente ao do ingresso, para o turno da noite, no campus em que está matriculado, ou para um turno disponível em outro campus. 6 - Ao critério da UNIP, parte da carga horária total do curso, até o limite permitido pela legislação vigente, poderá ser ministrada pela modalidade de ensino a distância. As disciplinas cursadas em regime de dependência serão ministradas dessa forma. 7 - De acordo com o Art. 3º da Portaria MEC nº 1.428, de 28/12/2018, publicada no DOU em 31/12/2018, parte da carga horária total dos cursos, nas referidas unidades universitárias/campi relacionados a seguir, até o limite de 40%, será ministrada pela modalidade de educação a distância. Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e Língua Inglesa), nas unidades universitárias de Campinas, Distrito Federal (Brasília), Santos e Sorocaba; CST em Comércio Exterior, na unidade universitária de Manaus; e CST em Gestão Comercial, no campus Anchieta da Grande São Paulo. 8 - Na modalidade presencial, são oferecidos cursos nos quais predominam as atividades em que o professor interage com os alunos nas aulas teóricas e/ou práticas, nos diferentes ambientes de aprendizagem da Instituição, como sala de aula, biblioteca e laboratórios didáticos e de informática. Essas atividades são realizadas preferencialmente de segunda a quinta-feira, e as sextas-feiras são destinadas às atividades de pesquisa e Atividades Complementares (AC). 9 - Aos sábados, os alunos podem participar de outras atividades, realizar estudo individual ou em grupo, receber orientação de estágio, desenvolver trabalho de conclusão de curso etc. Esse dia pode ser destinado, também, para reposição de aulas e atividades curriculares ou extracurriculares. 10 - Em razão da demanda social, a UNIP poderá alterar e redistribuir as vagas oferecidas entre os turnos e/ou campi, em ato aprovado pelos Colegiados Superiores, nos termos da legislação. 11 - A UNIP também poderá conceder ao aluno, segundo critérios e condições fixados por ela, diploma de Curso Superior de Formação Específica - Formação Executiva, ao final de dois, dois e meio ou três anos. MATRÍCULA – A matrícula será realizada pela Internet. Para isso, o candidato deverá: a) acessar o site www.unip.br; b) no item Vestibular, clicar em “Lista de Aprovados” e informar o número do seu CPF ou o número de sua inscrição no Processo Seletivo 2020-1.º Semestre. Aparecerá o link Matrícula se o candidato foi aprovado; c) clicar no link “Matrícula” e preencher os dados solicitados; d) ao visualizar o Requerimento de Matrícula e Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, leia-o atentamente e clique em Aceito o Contrato; e) imprimir tanto o boleto para pagamento da primeira parcela da semestralidade quanto o Requerimento de Matrícula e Contrato de Prestação de Serviços Educacionais; f) efetuar o pagamento do boleto na rede bancária até a data do vencimento. Decorridos dois dias úteis do pagamento, comparecer, o mais breve possível, antes de começar a frequentar as aulas, ao campus em que foi aprovado para entregar o Requerimento de Matrícula e Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, devidamente assinado pelo aluno, e pelo pai (ou responsável) se o aluno for menor de 18 anos, e duas fotos 3x4 recentes; entregar duas cópias autenticadas (ou apresentar os originais e entregar duas cópias) dos seguintes documentos: histórico escolar do ensino médio ou equivalente; diploma ou certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente; certidão de nascimento ou casamento; cédula de identidade; título de eleitor; prova de quitação do serviço militar; comprovante de residência (conta de luz ou água ou telefone etc.); Cadastro de Pessoa Física (CPF) do aluno, e do pai (ou responsável) se o aluno for menor de 18 anos; Boletim de Desempenho Individual de Notas do ENEM (caso o aluno tenha realizado o Exame). Prazo e local: as matrículas dos candidatos classificados e convocados serão feitas para o local de funcionamento dos cursos, no período de matrículas indicado no edital de convocação. O candidato convocado que não efetuar sua matrícula no prazo estipulado só poderá matricular-se posteriormente ao critério da UNIP e desde que haja vagas. Ao critério dos Conselhos Superiores da Universidade, a renovação da matrícula do aluno poderá ser determinada para um turno e/ou campus diferente(s) daquele(s) frequentado(s) no semestre anterior. Número de alunos por turma: os candidatos classificados e matriculados serão divididos em grupos de 50 (cinquenta) alunos. Em aulas teóricas e/ou expositivas, haverá a junção de dois grupos ou mais. Em aulas de laboratório, poderá haver a subdivisão dos grupos. Início das aulas: a data de início das aulas será comunicada por ocasião da matrícula. Os alunos matriculados para o 1.º período semestral deverão assistir às aulas nos locais especificados no Manual do Candidato ou em outro local a ser indicado pela Universidade. 3. DAS VAGAS, TURNO E LOCAIS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS. Para os campi Anchieta, Chácara Santo Antônio, Cidade Universitária/Marginal Pinheiros, Indianópolis, Marquês, Norte, Paraíso/Vergueiro, Paulista, Pinheiros, Tatuapé, da UNIP da Grande São Paulo, e nas unidades universitárias da UNIP, nas cidades de Araçatuba, Araraquara, Assis, Bauru, Campinas, Distrito Federal (Brasília), Goiânia, Jundiaí, Limeira, Manaus, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Pardo, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba, os cursos com o número de vagas e os respectivos turnos são os especificados a seguir: 3.1. Cursos Superiores Tradicionais (Bacharelado e Licenciatura) – Administração: 500M, 150T e 500N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 575M e 575N – para os demais campi; Arquitetura e Urbanismo: 345M e 345N; Biomedicina: 180M, 100T e 180N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 230M e 230N – para os demais campi; Ciência da Computação: 230M e 230N; Ciências Biológicas (Bacharelado): 115M, 115T e 115N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília), Goiânia e Manaus, e 115M e 115N – para os demais campi; Ciências Biológicas (Licenciatura): 115M, 115T e 115N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília), Goiânia e Manaus, e 115M e 115N – para os demais campi; Ciências Contábeis: 180M, 100T e 180N – para o campus Manaus, e 230M e 230N – para os demais campi; Ciências Econômicas: 230M e 230N; Comunicação Social (Publicidade e Propaganda): 230M e 230N; Design: 115M e 115N; Direito: Anchieta – 90M e 270N, Chácara Santo Antônio – 160M, 80T e 360N, Cidade Universitária/Marginal Pinheiros – 80M e 160N, Indianópolis – 80M e 80N, Marquês – 200M, 80T e 440N, Norte – 160M e 240N, Paraíso/Vergueiro – 280M, 80T e 440N, Pinheiros – 80M e 160N, Tatuapé – 200M, 80T e 257N, Araçatuba – 230M e 230N, Araraquara – 230M e 230N, Assis – 160M e 160N, Bauru – 230M e 230N, Campinas – 420M, 80T e 420N, Jundiaí – 230M e 230N, Limeira – 230M e 230N, Ribeirão Preto – 180M, 80T e 200N, Santana de Parnaíba (Alphaville) – 120M, 80T e 173N, Santos – 89M, 80T e 160N, São José do Rio Pardo – 230M e 230N, São José do Rio Preto – 180M, 80T e 200N, São José dos Campos – 85M, 80T e 100N, Sorocaba – 180M, 80T e 200N, Distrito Federal (Brasília) – 328M, 80T e 520N, Goiânia – 420M, 80T e 420N, Manaus – 164M, 80T e 163N (Obs.: Os ingressantes nas turmas de julho deverão participar de programa institucional de nivelamento); Educação Física (Graduação Plena): 115M, 115T e 115N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília), Goiânia e Manaus, e 115M e 115N – para os demais campi; Educação Física (Licenciatura): 115M, 115T e 115N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília), Goiânia e Manaus, e 115M e 115N – para os demais campi; Enfermagem: 180M, 100T e 180N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília), Goiânia e Manaus, 115M e 115N – para os campi Assis e Limeira, e 230M e 230N – para os demais campi; Engenharia Aeronáutica: 230M e 230N; Engenharia Civil: 500M, 150T e 500N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 575M e 575N – para os demais campi; Engenharia da Computação: 230M e 230N; Engenharia de Controle e Automação (Mecatrônica): 230M e 230N; Engenharia de Petróleo: 230M e 230N; Engenharia de Produção: 230M e 230N; Engenharia Elétrica (Eletrônica, Eletrotécnica): 230M e 230N; Engenharia Mecânica: 230M, 230T e 230N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília), Goiânia e Manaus, e 230M e 230N – para os demais campi; Farmácia: 230M, 230T e 230N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 345M e 345N – para os demais campi; Fisioterapia: 230M, 230T e 230N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 230M e 230N – para os demais campi; Jornalismo: 230M e 230N; Letras (Bacharelado em Tradução em Língua Portuguesa e Língua Inglesa): 115M e 115N; Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa): 115M e 115N; Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e Língua Inglesa): 115M e 115N; Matemática (Licenciatura): 115M, 115T e 115N – para o campus Manaus, e 115M e 115N – para os demais campi; Medicina Veterinária: 230D; Nutrição: 180M, 100T e 180N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 230M e 230N – para os demais campi; Odontologia: 207D – para o campus sede - São Paulo, na unidade Indianópolis, e nas unidades universitárias de Campinas/SP e Sorocaba/SP, 184D na unidade universitária de Brasília/DF, 172D na unidade universitária de Goiânia/GO, 195D na unidade universitária de Manaus/AM e 100D – para o campus sede - São Paulo, na unidade Marquês, e na unidade universitária de Santana de Parnaíba/SP – Alphaville; Pedagogia: 230M, 230T e 230N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 230M e 230N – para os demais campi; Propaganda e Marketing: 230M e 230N; Psicologia: 180M, 100T e 180N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília), Goiânia e Manaus, 90M, 50T e 90N – para o campus Tatuapé, 115M e 115N – para os campi Anchieta, Cidade Universitária/Marginal Pinheiros, Norte, Araçatuba, Assis, Bauru e São José do Rio Pardo, e 230M e 230N – para os demais campi; Relações Internacionais: 230M e 230N; Secretariado Executivo: 115M e 115N; Serviço Social: 115M e 115N; Sistemas de Informação: 230M e 230N; Turismo: 230M e 230N. 3.2. Cursos Superiores de Tecnologia (menor duração) – Todos os Cursos Superiores de Tecnologia foram adequados às novas denominações constantes do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia 2016 (3ª edição), atendendo à Portaria Ministerial n.o 413, de 11/5/16, conforme seguem: Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 230M e 230N; Automação Industrial: 115M e 115N; Comércio Exterior: 180M, 100T e 180N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 230M e 230N – para os demais campi; Design de Interiores: 180M, 100T e 180N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 230M e 230N – para os demais campi; Design de Moda: 115M e 115N; Design Gráfico: 230M e 230N; Estética e Cosmética: 115M, 115T e 115N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília), Goiânia e Manaus, e 115M e 115N – para os demais campi; Fotografia: 115M e 115N; Gastronomia: 115M e 115N; Gestão Ambiental: 115M e 115N; Gestão Comercial: 115M e 115N; Gestão da Qualidade: 115M e 115N; Gestão da Tecnologia da Informação: 115M e 115N; Gestão de Recursos Humanos: 230M, 230T e 230N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 345M e 345N – para os demais campi; Gestão de Segurança Privada: 115M e 115N; Gestão Financeira: 230M e 230N; Gestão Portuária: 115M e 115N; Jogos Digitais: 115M e 115N; Logística: 180M, 100T e 180N – para os campi Chácara Santo Antônio, Marquês, Paraíso/Vergueiro, Tatuapé, Campinas, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba (Alphaville), Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Distrito Federal (Brasília) e Goiânia, e 230M e 230N – para os demais campi; Marketing: 230M e 230N; Petróleo e Gás: 115M e 115N; Processos Gerenciais: 230M e 230N; Produção Audiovisual: 115M e 115N; Radiologia: 115M e 115N; Redes de Computadores: 230M e 230N; (M = manhã, T = tarde, N = noite e D = diurno). 3.3. Cursos oferecidos pela metodologia de Educação a Distância. Todos os cursos presenciais que constam dos itens 3.1 e 3.2 também poderão ser ofertados pela metodologia de Educação a Distância. Funcionarão como polos de educação a distância em todo o território nacional todos os campi da UNIP e os polos de apoio presencial credenciados pelo MEC. O Processo Seletivo adotado poderá ser por meio de Prova Tradicional, de Prova por Agendamento aplicada nos laboratórios de informática da instituição especificada, ou por meio de outra sistemática aprovada pelo Conselho de Ensino e Pesquisa, CONSEPE. O Processo Seletivo para os cursos ofertados pela metodologia de Educação a Distância será regulamentado por meio de Edital específico a ser publicado no site www.unip.br. Observações: 1 – Os cursos de Engenharia têm duração de cinco anos (dez semestres) e são constituídos de dez períodos letivos. A partir do 5.º período, ao critério da UNIP, todas as aulas ou algumas ou somente as de laboratório poderão ser ministradas à noite (ou de manhã) (ou à tarde), mesmo para aqueles que optarem pelo turno da manhã (ou da tarde) (ou da noite). A UNIP reserva-se o direito de, a partir do 5.º período, não formar turmas das áreas (habilitação/modalidade) com número de matriculados inferior a 40 alunos. Para os cursos de Engenharia dos campi da Grande São Paulo: Alphaville, Anchieta, Chácara Santo Antônio, Indianópolis, Marquês e Tatuapé, a partir do 5.º período, ao critério da UNIP, todas as aulas ou algumas ou somente as de laboratório poderão ser ministradas em qualquer campus da Grande São Paulo a ser indicado pela Universidade. A modalidade Eletrotécnica do curso de Engenharia Elétrica será oferecida no campus Indianópolis ou em outro campus a ser indicado pela Universidade. 2 – Para os demais cursos (diferentes de Engenharia), a qualquer início de ano, se o número de alunos matriculados na sala for inferior a 40, ao critério da UNIP, todas as aulas ou algumas ou somente as de laboratório poderão ser ministradas em qualquer turno, mesmo que seja diferente daquele ao qual o aluno optou (ou está matriculado). 3 – No curso de Letras, após completar a Licenciatura em Língua Portuguesa e Língua Inglesa, os interessados poderão fazer o Bacharelado em Tradução em Língua Portuguesa e Língua Inglesa, no turno da noite, no campus Paraíso/Vergueiro da Grande São Paulo, ou Campinas, Ribeirão Preto ou Sorocaba, do Interior do Estado de São Paulo, ou Distrito Federal, Goiânia ou Manaus, desde que o número de interessados seja superior a 40 alunos. 4 – Em relação às modalidades Licenciatura e Bacharelado/Graduação Plena dos cursos de Ciências Biológicas e Educação Física, a UNIP reserva-se o direito de não dispor o funcionamento da modalidade se o número de matriculados for inferior a 40 alunos. 5 – Os Estágios da área da Saúde e também de outras áreas poderão ser realizados em turnos diferentes daquele em que são ministradas as aulas. 6 – Para o curso de Automação Industrial do campus da Grande São Paulo: Alphaville, Anchieta, Chácara Santo Antônio, Cidade Universitária/Marginal Pinheiros, Marquês e Tatuapé, ao critério da UNIP, todas as aulas ou algumas ou somente as de laboratório poderão ser ministradas em qualquer campus da Grande São Paulo a ser indicado pela Universidade. 7 – Ao critério da UNIP, os cursos superiores de menor duração do campus Paraíso/Vergueiro poderão ser transferidos para o turno da noite do campus Paulista ou para outro campus com disponibilidade. 8 – Para os cursos de Enfermagem, Pedagogia, CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e CST em Design Gráfico, todas as aulas ou algumas ou somente as de laboratório poderão ser minis­tradas no campus Goiânia da UNIP, na Rodovia BR-153, km 503, Fazenda Botafogo e/ou na Av. T2, 1.993, e/ou na Av. T1, 363, Setor Bueno. 9 – Ao critério da UNIP, as aulas e as outras atividades curriculares dos cursos poderão ser ministradas de segunda-feira a sábado, em turno e/ou campus diversos daquele em que o aluno está matriculado. 10 – Ao  critério  da  UNIP,  as observações  anteriores  são  aplicáveis  tanto  para  os  ingressantes  por  meio  do Processo Seletivo quanto para os ingressantes  via  transferência  ou  apresentação  de  diploma  de  nível  superior.  4. ATOS DE AUTORIZAÇÃO, RECONHECIMENTO E/OU RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DOS CURSOS. 4.1. Cursos Superiores Tradicionais (Bacharelado e Licenciatura): Administração – Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Arquitetura e Urbanismo – Reconhecimento Portarias MEC n.º 300/15; 647/18; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 26 e 923/18. Biomedicina – Reconhecimento Portarias MEC n.º 382 e 383/17; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 99, 133 e 659/18. Ciência da Computação – Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 286/12; 27, 36, 637 e 923/18. Ciências Biológicas (Bacharelado) – Autorização Resoluções CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; 180329/3 de 29/3/18; Reconhecimento Portaria MEC n.º 686/16; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 763/17; 923/18. Ciências Biológicas (Licenciatura) – Autorização Resoluções CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; 180329/3 de 29/3/18; Reconhecimento Portaria MEC n.º 135/12; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 923/18. Ciências Contábeis – Autorização Resolução CONSUNI n.º 180329/3 de 29/3/18; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Ciências Econômicas – Autorização Resolução CONSUNI n.º 180329/3 de 29/3/18; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Comunicação Social (Publicidade e Propaganda) – Autorização Resoluções CONSUNI n.º 090316B de 16/3/09; 20130620 de 20/6/13; Reconhecimento Portaria MEC n.º 1.340/17; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Design – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13. Direito – Reconhecimento Portaria MEC n.º 1.637/94; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 689/17; 36, 37 e 38/18. Educação Física (Graduação Plena) – Autorização Resolução CONSUNI n.º 090316B de 16/3/09; Reconhecimento Portaria MEC n.º 114/17; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 99 e 133/18. Educação Física (Licenciatura) – Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 923/18. Enfermagem – Reconhecimento Portaria MEC n.º 2.445/01; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 1/12; 824/14; 133, 375, 620, 659 e 823/18. Engenharia Aeronáutica – Reconhecimento Portaria MEC n.º 219/19; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 286/12. Engenharia Civil – Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 923/18. Engenharia da Computação – Autorização Resolução CONSUNI n.º 084/89, de 16/11/89; Reconhecimento Portaria MEC n.º 1.013/96; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 1.099/15, 374 e 923/18. Engenharia de Controle e Automação (Mecatrônica) – Reconhecimento Portaria MEC n.º 686/16; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 286/12; 340/16; 1.199/17 e 923/18. Engenharia de Petróleo – Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 923/18. Engenharia de Produção – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13. Engenharia Elétrica (Eletrônica, Eletrotécnica) – Autorização Resolução CONSUNI n.º 02/05, de 02/8/2005; 04/88, de 16/11/88; Reconhecimento Portaria MEC n.º 114/17; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 796 e 848/17; 923/18. Engenharia Mecânica – Reconhecimento Portarias MEC n.º 794/17 e 772/18; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 923/18. Farmácia – Reconhecimento Portaria MEC n.º 615/14; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 1/12; 824/14;133, 659 e 823/18. Fisioterapia – Autorização Resolução CONSUNI n.º 084/89, de 16/11/89; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 1/12; 824/14; 133 e 659/18. Jornalismo – Autorização Resoluções CONSUNI n.º 20130620/13 e 180329-3/18; Reconhecimento Portarias MEC n.º 580/16; 857/17; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Letras (Bacharelado em Tradução em Língua Portuguesa e Língua Inglesa) – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; Reconhecimento Decreto n.º 77.546/76 e Portaria MEC n.º 560/87; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 27/18. Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa) – Reconhecimento Portaria MEC n.º 36, 421 e 858/17. Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e Língua Inglesa) – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; Reconhecimento MEC Decreto n.º 77.546/76; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 1 e 286/12; 824/14; 1.099/15 e 923/18. Matemática (Licenciatura) – Reconhecimento Portaria MEC n.º 297/15; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 411/11; 286/12; 916/17 e 923/18. Medicina Veterinária – Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 133/18. Nutrição – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; Reconhecimento Portarias MEC n.º 217/12; 382/17; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 1/12; 1.015/17 e 133, 659, 678 e 823/18. Odontologia – Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 824/14; 133/18, para o campus sede - São Paulo, na unidade Indianópolis, e nas unidades universitárias de Brasília/DF, Campinas/SP, Goiânia/GO, Manaus/AM e Sorocaba/SP; e Parecer de Força Executória n.º 22/2017/AGU/PRU3/CSP/LMG (Processo SEI 23000.043583/2017-15), para o campus sede - São Paulo, na unidade Marquês, e na unidade universitária de Santana de Parnaíba/SP (Alphaville). Pedagogia – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 411/11 e 923/18. Propaganda e Marketing – Autorização Resolução CONSUNI n.º 02/90, de 3/5/90; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 707/13; 273/17. Psicologia (Psicólogo) – Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 707/13; 273 e 1.346/17. Relações Internacionais – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Secretariado Executivo – Autorização Resolução CONSUNI n.º 02/05, de 2/8/05; Reconhecimento Portaria MEC n.º 36/17; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 707/13; 273 e 933/17. Serviço Social – Reconhecimento Portarias MEC n.º 745 e 857/17; 92, 245 e 275/18; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 824/14; 133/18. Sistemas de Informação – Reconhecimento Portaria MEC n.º 36 e 382/17; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 923/18. Turismo – Reconhecimento Portaria MEC n.º 890/16; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 707/13; 273/17. Observações: A Licenciatura em Pedagogia, nos termos dos Pareceres CNE/CP n.ºs 5/2005 e 3/2006 e da Resolução CNE/CP n.º 1, de 15 de maio de 2006, assegura a formação de profissionais do magistério de educação infantil e fundamental (séries iniciais), além do suporte pedagógico previsto no art. 64, em conformidade com o inciso VIII do art. 3.º da Lei n.º 9.394/96. A Lei n.º 12.014, de 6 de agosto de 2009, altera o art. 61 da Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que reconhece os funcionários de escolas, habilitados, como profissionais da educação. As Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Psicologia foram instituídas de acordo com a Resolução CNE/CES n.º 8, de 7 de maio de 2004, e Parecer CNE/CES n.º 153/2007, e confere aos egressos desse curso o título de Psicólogo ou de Formação de Psicólogo, conforme Ofício CES/CNE/MEC n.º 95, de 7 de maio de 2010. As Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Turismo foram instituídas de acordo com a Resolução CNE/CES n.º 13, de 24 de novembro de 2006. 4.2. Cursos Superiores de Tecnologia (menor duração): Análise e Desenvolvimento de Sistemas – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; Reconhecimento Portaria MEC n.º 493/11; 36/17; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 1.099/15 e 923/18. Automação Industrial – Reconhecimento Portarias MEC n.º 135/12; 48/15; 212/16; 382/17; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 286/12; 1.099/15; 583 e 828/16; 277 e 765/18. Comércio Exterior – Autorização Resolução CONSUNI n.º 08/02, de 15/8/02; Reconhecimento Portaria MEC n.º 515/05; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 763/17 e 37/18. Design de Interiores – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; Reconhecimento Portarias MEC n.º 426 e 430/14; 212/16; 36/17; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Design de Moda – Autorização Resolução CONSUNI n.º 180329/3, de 29/3/18; Reconhecimento Portaria MEC n.º 43/15; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 598/13. Design Gráfico – Autorização Resolução CONSUNI n.º 09/02, de 10/9/02; 20130620 de 20/6/13; Reconhecimento Portarias MEC n.º 970 e 1.109/17; 390/18; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 215/13; 273/17. Estética e Cosmética – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13; 180329/3, de 29/3/18; Reconhecimento Portarias MEC n.º 429/14; 36/17 e 668/18; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 133, 659, 823/18 e 91/19. Fotografia – Autorização Resolução CONSUNI n.º 09/02, de 10/9/02; Reconhecimento Portarias MEC n.º 276/12; 655/13; 575/14; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 215/13. Gastronomia – Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Gestão Ambiental – Reconhecimento Portaria MEC n.º 36/17; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 824/14. Gestão Comercial – Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Gestão da Qualidade – Reconhecimento Portarias MEC n.º 730/13; 425/14; 294/16; 382/17; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273/17. Gestão da Tecnologia da Informação – Autorização Resolução CONSUNI n.º 09/02, de 10/9/02; Reconhecimento Portarias MEC n.º 298 e 306/12; 728/13 e 45/15; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 678 e 923/18. Gestão de Recursos Humanos – Autorização Resolução CONSUNI n.º 08/02, de 15/8/02; Reconhecimento Portarias MEC n.º 645/16; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 707/13; 273/17 e 37/18. Gestão de Segurança Privada – Reconhecimento Portarias MEC n.º 21 e 134/12; 650/13; 217 e 308/14; 327/16; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 678/18 e 823/18. Gestão Financeira – Reconhecimento Portarias MEC n.º 487/11; 21 e 301/12; 652/13; 447/17; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 707/13; 273/17. Gestão Portuária – Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 846/17. Jogos Digitais – Autorização Resolução CONSUNI n.º 20130620 de 20/6/13. Logística – Reconhecimento Portarias MEC n.º 648/13; 429/14; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 707/13; 273/17. Marketing – Autorização Resolução CONSUNI n.º 02/05, de 2/8/05; Reconhecimento Portarias MEC n.º 652 e 655/13; 54/16; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 79/11 e 707/13; 273/17. Petróleo e Gás – Reconhecimento Portaria MEC n.º 735/13; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 316/16. Processos Gerenciais – Autorização Resolução CONSUNI n.º 09/02, de 10/9/02; Reconhecimento Portarias MEC n.º 729/13; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 273 e 764/17. Produção Audiovisual – Autorização Resolução CONSUNI n.º 09/02, de 10/9/02; Reconhecimento Portaria MEC n.º 695/13; e Renovação de Reconhecimento Portaria MEC n.º 41/14. Radiologia – Reconhecimento Portarias MEC n.º 445 e 857/17; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 824/14; 582/16 e 133/18. Redes de Computadores – Autorização Resolução CONSUNI n.º 09/02, de 10/9/02; Reconhecimento Portaria MEC n.º 216/12; e Renovação de Reconhecimento Portarias MEC n.º 286/12; 797/16. 5. DOS CONCEITOS DE CADA CURSO. 5.1. Conceitos de Cursos resultantes das Avaliações in loco. (referência: 2017/2018/2019 até 7/6/19). Arquitetura e Urbanismo: 3 ou 4; Biomedicina: 3 ou 4; Ciência da Computação: 3 ou 4; Ciências Biológicas: 3 ou 4; Ciências Contábeis: 3 ou 4; Ciências Econômicas: 4; Comunicação Social (PP): 3 ou 4; Desenho Industrial: 4; Direito: 4; Educação Física: 3 ou 4; Enfermagem: 3, 4 ou 5; Engenharia Aeronáutica: 3 e 4; Engenharia Civil: 3 ou 4; Engenharia da Computação: 3; Engenharia de Controle e Automação (Mecatrônica): 3 ou 4; Engenharia de Petróleo: 3; Engenharia de Produção Mecânica: 3 ou 4; Engenharia Elétrica: 3 ou 4; Engenharia Mecânica: 3 ou 4; Farmácia: 3 ou 4; Fisioterapia: 3 ou 4; Hotelaria: 5; Jornalismo: 3 e 4; Letras: 3 ou 4; Matemática: 3 ou 4; Medicina Veterinária: 3 ou 4; Nutrição: 3 ou 4; Odontologia: 3; Pedagogia: 3 ou 4; Propaganda e Marketing: 3; Psicologia: 3 ou 4; Relações Internacionais: 4; Secretariado Executivo: 3 ou 4; Serviço Social: 3, 4 ou 5; Sistemas de Informação: 3 ou 4;  Turismo: 3 ou 4;  CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 3 ou 4; CST em Automação Industrial: 3 ou 4; CST em Comércio Exterior: 3 ou 4; CST em Design de Interiores: 3 ou 4; CST em Design de Moda: 3 ou 4; CST em Design Gráfico: 3 ou 4; CST em Estética e Cosmética: 3 ou 4; CST em Fotografia: 3 ou 4; CST em Gestão Ambiental: 4; CST em Gestão Comercial: 4; CST em Gestão da Qualidade: 3 ou 4; CST em Gestão da Tecnologia da Informação: 3 ou 4; CST em Gestão de Recursos Humanos: 3 ou 4; CST em Gestão de Segurança Privada: 3 ou 4; CST em Gestão Financeira: 3, 4 ou 5; CST em Gestão Hospitalar: 3; CST em Gestão Portuária: 4; CST em Hotelaria: 4; CST em Jogos Digitais: 3; CST em Logística: 3 ou 4; CST em Marketing: 4; CST em Petróleo e Gás: 3 ou 4; CST em Processos Gerenciais: 3 ou 4; CST em Produção Audiovisual: 3; CST em Produção Multimídia: 3; CST em Radiologia: 3 ou 4; CST em Redes de Computadores: 3 ou 4. 5.2. Aqui estão considerados os valores do CPC (ciclo 2015/2016/2017) obtidos pelos cursos nos diversos campi da UNIP. Administração: 3, 4 ou 5; Arquitetura e Urbanismo: 3, 4; Biomedicina: 3, 4 e 5; Ciência da Computação: 2, 3 e 4; Ciências Biológicas (Bacharelado): 2, 3, 4 e 5; Ciências Biológicas (Licenciatura): 3, 4 e 5; Ciências Contábeis: 3, 4 ou 5; Ciências Econômicas: 3 ou 4; Comunicação Social (Publicidade e Propaganda): 2, 3 ou 4; Desenho Industrial (Design): 3; Direito: 3, 4 ou 5; Educação Física (Licenciatura): 3, 4 e 5; Educação Física (Bacharelado): 3, 4 e 5; Enfermagem: 3, 4 e 5; Engenharia Civil: 3; Engenharia da Computação: 2, 3 e 4; Engenharia de Controle e Automação (Mecatrônica): 2, 3 e 4; Engenharia de Produção: 3 e 4; Engenharia Elétrica: 2, 3 e 4; Engenharia Mecânica: 2, 3 e 4; Farmácia: 3, 4 e 5; Fisioterapia: 3, 4 e 5; Jornalismo: 3 ou 4; Letras: 3 e 4; Matemática: 3; Medicina Veterinária: 3, 4 e 5; Nutrição: 3, 4 e 5; Odontologia: 3, 4 e 5; Pedagogia: 3, 4 e 5; Psicologia: 3 ou 4; Relações Internacionais: 4; Secretariado Executivo: 3; Serviço Social: 2, 3 e 4; Sistemas de Informação: 3 e 4; Turismo: 3 ou 4; CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 2, 3 e 4; CST em Design de Interiores: 2, 3 ou 4; CST em Design de Moda: 2; CST em Design Gráfico: 3; CST em Estética e Cosmética: 2, 3 e 4; CST em Gastronomia: 4; CST em Gestão Ambiental: SC; CST em Gestão Comercial: 4; CST em Gestão da Qualidade: 2, 3 ou 4; CST em Gestão da Tecnologia da Informação: 2, 3 e 4; CST em Gestão de Recursos Humanos: 2, 3 ou 4; CST em Gestão Financeira: 3; CST em Logística: 2, 3 ou 4; CST em Marketing: 3 ou 4; CST em Processos Gerenciais: 3 ou 4; CST em Radiologia: 2, 3, 4 e 5; CST em Redes de Computadores: 2 e 3. 6. DOS ENDEREÇOS. Os endereços para funcionamento dos cursos são os relacionados a seguir. Na região metropolitana de São Paulo: ANCHIETA – Av. Gal. Leite de Castro, 201, e Rua Amadeu Giusti, 15, Jardim Sta. Cruz, e Rua Francisco Bautista, 334, Jardim Sta. Emília (km 12 da via Anchieta); CHÁCARA SANTO ANTÔNIO – Rua Cancioneiro Popular, 145, 210 e 214, Rua São Sebastião 639, Rua da Paz, 700, 704, 740, 769 e 797, 821, Rua Henri Dunant,151 e 203, e Av. Santo Amaro, 5.355 (Esporte Clube Banespa) Chácara Santo Antônio; CIDADE UNIVERSITÁRIA/MARGINAL PINHEIROS – Av. Torres de Oliveira, 330, e Av. Marechal Mário Guedes, 77, Jaguaré; INDIANÓPOLIS – Rua Dr. Bacelar, 902 e 1.212, e Av. José Maria Whitaker, 290 e 320, Mirandópolis, Rua Luis Góis, 2.163, 2.185/2.187, 2.191, 2.195 e 2.211, e Av. Dr. Altino Arantes, 1.260/1270, Vila Clementino; MARQUÊS – Av. Marquês de São Vicente, 3.001, Av. Santa Marina, 950, e Rua Ado Benatti, 53, Água Branca, e Av. Carlos Vicari, 124, Pompeia; NORTE – Rua Amazonas da Silva, 737, Vila Guilherme; PARAÍSO/VERGUEIRO – Rua Vergueiro, 1.211, Paraíso; Rua Apeninos, 267, 294 e 595, Rua Pires da Mota, 1.116, e Rua Galachos, 285 (Tênis Clube Paulista), Aclimação; PAULISTA – Av. Paulista, 900, Cerqueira César; PINHEIROS – Rua Padre Carvalho, 566, Rua Sumidouro, 190 e 325, e Rua Ferreira de Araújo, 809, Pinheiros, e Av. Carlos Vicari, 124, Pompeia; TATUAPÉ – Rua Antonio Macedo, 505 e 170 e Rua São Jorge, 560, Parque São Jorge, Tatuapé. No interior do Estado de São Paulo e outros Estados: ARAÇATUBA – Av. Baguaçu, 1.939, Parque Baguaçu; ARARAQUARA – Av. Alberto Benassi, 200, Parque das Laranjeiras, e Av. Torello Dinucci, 450, Jardim Manacás (Coeducar); ASSIS – Rua Myrtes Spera Conceição, 301, Conjunto Nelson Marcondes, e Av. Otto Ribeiro, 2.318 e 2.378, Jardim Canadá; BAURU – Rua Luiz Levorato, 2-140, Chácaras Bauruenses (Rodovia Marechal Rondon, km 335), e Av. Nossa Senhora de Fátima, 9-50, Jardim América; BRASÍLIA (DF) – SGAS/Sul – Quadra 913 – Conjunto B – Blocos A/B/C/D/E/I, SMAS – Setor de Múltiplas Atividades Sul Trecho 04 – Lotes 04/06 – Brasília/DF (EAJ - FÓRUM DESEMBARGADOR JOSÉ JÚLIO LEAL FAGUNDES), e SEPS 712/912 – Conjunto D – Bloco 1 – Asa Sul (CLUBE DOS PREVIDENCIÁRIOS); CAMPINAS – Campus I (Vitale), Rua Pedro Domingos Vitale, 644, Parque Itália, Campus II (Swift), Av. Comendador Enzo Ferrari, 280 e Rua Martinho Calsavara, s/n.º, Vila Joaquim Inácio, Campus III (Cambuí), Rua Capitão Francisco de Paula, 333, e Rua Sampainho, 45, Cambuí; GOIÂNIA (GO) – Rodovia BR. 153, Área 01 a 05, km 503, Fazenda Botafogo, e Av. João Leite, 915, Setor Santa Genoveva (SESI); JUNDIAÍ – Av. Armando Giassetti, 577, Vila Hortolândia, Trevo Itu/Itatiba; LIMEIRA – Rua Miguel Guidotti, 405, Parque Egisto Ragazzo, e Rua Gustavo Nilson, 339, Vila São Luís; MANAUS (AM) – Av. Mário Ypiranga, 4.390, Parque 10 de Novembro, e Rua Silva Ramos, n° 653, Centro; RIBEIRÃO PRETO – Av. Carlos Consoni, 10, Jardim Canadá e Rua Mariana Junqueira, 1.346, Centro; SANTANA DE PARNAÍBA (ALPHAVILLE) – Av. Yojiro Takaoka, 3.500, Santana de Parnaíba, e Alameda Amazonas, 458 e 492, Bairro Industrial Alphaville, Barueri; SANTOS – Av. Francisco Manoel, s/n.º, Av. Ana Costa, 63/65, e Rua Antonio Bento, 22, Vila Mathias, Av. Conselheiro Nébias, 766 e 772, Boqueirão, e Rua Fausto Felício Bruzarosco, s/n.º, Jardim Castelo (Centro Esportivo e Recreativo Antônio Feliciano); SÃO JOSÉ DO RIO PARDO – Rua Santa Terezinha, 160, e Av. Deputado Eduardo Vicente Nasser, 894 e 894/A, Centro, e Rua Prefeito Antônio Martins de Oliveira, 104, e Rua Saint’ Clair Junqueira, s/n.º, Bela Vista; SÃO JOSÉ DO RIO PRETO – Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, s/n.º, Jardim Tarraf II,   Rua Dr. Mário Clapier Urbinatti, 940, Jardim Moisés Miguel Haddad (COOPEN), e Av. Anísio Haddad, 7045 (Oficial Acadêmia); ​SÃO JOSÉ DOS CAMPOS – Rodovia Presidente Dutra, km 157,5, Pista Sul, Rua Dr. Pedro Luiz de Oliveira Costa, 856, Jardim Limoeiro, Av. Adhemar de Barros, 1.010, Vila Adyanna e Av. Francisco José Longo, 1.320, Jardim São Dimas; SOROCABA – Av. Independência, 210, Éden, e Rua Gustavo Teixeira, 285 e 536, Mangal.
São Paulo, 12 de junho de 2019.
Prof. Dr. FÁBIO ROMEU DE CARVALHO
Vice-Reitor de Planejamento, Administração e Finanças e Presidente da Comissão do Processo Seletivo – UNIP – 2020.