Exposição pré-natal ao Astemizol: efeitos sobre o desenvolvimento físico e neurocomportamental, comportamento sexual e parâmetros reprodutivos da prole

Obra: Exposição pré-natal ao Astemizol: efeitos sobre o desenvolvimento físico e neurocomportamental, comportamento sexual e parâmetros reprodutivos da prole
Autor: Maria Martha Bernardi et Alii

Resumo

O astemizol, um anti-histamínico H1, não sedativo, foi administrado em ratas (10 mg/kg, s.c. uma vez ao dia) durante toda a gestação. A exposição ao astemizol reduziu o peso corporal das ninhadas, retardou o dia de ocorrência do desdobramento das orelhas e do reflexo de sobressalto, sem alterar o peso materno durante a gestação. Observou-se redução no comportamento sexual dos filhotes machos na idade adulta, bem como no peso dos testículos sem modificações naqueles da vesícula seminal e ducto deferente.
Sugeriu-se que o astemizol causa várias alterações no comportamento sexual dos machos por interferir com mecanismos hormonais diretamente relacionados com a masculinização do cérebro ou por uma ação direta da droga nos filhotes em desenvolvimento.