Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia

Dissertações Defendidas - 2000

Título: Estudo das Patologias Peri-implantares em Seus Aspectos Etiopatológicos.
Autor(a): Elizabeth Moreira Pedrozo Bisetto
Orientador(a): Claudio Costa
Data da defesa: 20/03/2000
Resumo: Estudamos as diferentes formas das entidades patológicas que afetam os tecidos peri-implantares, através de uma revisão da literatura que abrangeu vários aspectos, quais sejam: etiopatogenia, microbiota e fatores biomecânicos associados, critérios estabelecidos para determinação de sucesso ou fracasso, causas mais frequentes de fracassos e métodos de avaliação clínica e radiográfica de diagnóstico. Considerando o uso crescente dos implantes dentais, torna-se evidente a necessidade de o clínico, que se propõe a executá-Ios, inteirar-se de todo o conhecimento possível, para que obtenha cada vez mais sucesso em seu intento. Várias são as causas que podem deteminar o insucesso de um implante. Aquelas, associadas à dificuldade de estabelecimento de osseointegração e denominadas de falhas precoces, acontecem nos primeiros meses após a colocação e, normalmente, são associadas a falhas ocorridas no próprio ato cirúrgico ou, ainda, a uma quantidade ou qualidade óssea inadequada. Falhas que venham a ocorrer após a implementação de carga sobre o implante são denominadas de tardias e, normalmente, vêm associadas à biomecânica deficiente da prótese. Em ambos os casos, o que se estabelece é um processo patológico denominado de peri-implantite. Essa entidade patológica associada aos implantes tem alguns aspectos comuns com as patologias periodontais dos adultos, sendo, no entanto, uma doença específica, com características próprias e tratamento diferenciado.

Palavras-chave:Implantes dentais; Peri-implantite; Osseointegração.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: A Deglutição Atípica na Etiologia das Desordens Crânio­mandibulares.
Autor(a): José Gonçalves Vieira Filho
Orientador(a): José Gonçalves Vieira Filho
Data da defesa: 20/03/2000
Resumo: As desordens crânio-mandibulares são, de longa data, motivo de preocupação e estudo entre os profissionais de saúde. Sua etiologia e sintomas abrangem uma vasta gama de variações, o que pode muitas vezes confundir o diagnóstico e, consequentemente, seu tratamento, levando-se em consideração que este só pode ter um bom resultado, se o profissional possuir conhecimento das causas do problema. Portanto, o estudo da etiologia das desordens deve ser anterior às tentativas de tratamento. Historicamente, o estudo e o tratamento das desordens crânio-mandibulares datam de 3.000 anos a.C., relatados em documentos da terceira dinastia egípcia. Entretanto, até os dias atuais, é grande a controvérsia em torno do assunto, merecendo ainda, por parte dos pesquisadores, muitos estudos. Dentre os fatores etiológicos citados na literatura, encontramos desde fatores relacionados a defeitos congênitos do paciente até alterações da fisiologia provocadas pelo estresse emocional. A teoria de que o fator etiológico principal das desordens seria o desequilíbrio oclusal está cada vez mais ocupando um lugar secundário, dando lugar à teoria de que as desordens têm uma etiologia multifatorial. Para tanto, é necessário que se trate do indivíduo portador de DCM por inteiro, desde fatores locais até fatores de ordem externa. A deglutição atípica entra neste universo, de causas e efeitos, como um fator o qual podemos denominar de predisponente dos dentes e, ainda, desiquilíbrio na fisiologia dos músculos responsáveis pela movimentação mandibular.

Palavras-chave: ATM; Desordens; Deglutição.
Área de Concentração: Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Estudos aplicados à Ortodontia - Ortopedia Facial.


Título: Estudo Longitudinal Cefalométrico do Crescimento Transverso Craniofacial e suas Correlações Com a Altura Corporal em Crianças Brasileiras na Fase de Dentição Mista.
Autor(a): Mara Cristina Vieira da Cruz Rebecchi
Orientador(a): Kurt Faltin Junior
Data da defesa: 10/05/2000
Resumo: Este estudo longitudinal cefalométrico teve como objetivo avaliar o crescimento transverso craniofacial através de medidas realizadas em telerradiografias póstero-anteriores e correlacionar com o crescimento em altura corporal. A amostra constou de 49 crianças brasileiras, de ambos os sexos, sendo 22 do sexo masculino e 27 do sexo feminino, todas elas na fase de dentição mista, sem nunca terem se submetido a tratamento ortodôntico. As crianças foram acompanhadas por um período médio de 19 meses, quando foram feitas 4 telerradiografias póstero-anteriores de cada criança com intervalos médios de 6 meses entre as tomadas radiográficas. Os registros de altura corporal foram feitos nas mesmas datas das telerradiografias ou dentro do mesmo mês. As grandezas cefalométrico selecionadas para a pesquisa foram as seguintes: Dimensão Transvers Facial (DTF), Dimensão Transversa Nasal (DTN), Dimensão Vertical Nasal (DVN), Dimensão Transversa Maxilar (DTMx), Dimensão Transversa Mandibular (DTMd) e Dimensão Transversa Intermolar Inferior (DTII). Após a avaliação estatística dos dados, concluímos que houve uma correlação positiva entre o crescimento craniofacial transverso e o crescimento em altura corporal para as grandezas DTF, DTN, DVN, DTMx, DTMd. Observamos também que houve crescimento transverso durante o período estudado, verificado através do aumento das médias das grandezas cefalométricas DTF, DTN, DVN, DTMx, DTMd, nos 4 momentos por nós avaliados. A grandeza DTII não apresentou um aumento significativo nesse período. Não foram encontradas diferenças de crescimento significantes em relação ao sexo para as grandezas avaliadas; o que observamos foi que as médias das grandezas DTF e DTII foram maiores para o sexo masculino nos 4 momentos avaliados.

Palavras-chave: Altura corporal, crescimento cranifacial , brasileiros.
Área de Concentração: Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.


Título: Alteração Dimensional e Distorção das Resinas Acrílicas Ativadas Termicamente Para Bases de Próteses Totais.
Autor(a): Abel Augusto Batista
Orientador(a): Ruy Fonseca Brunetti
Data da defesa: 26/06/2000
Resumo: As resinas acrílicas vêm sendo aprimoradas com o passar dos anos, para melhorar suas propriedades físico-químicas e proporcionar diferentes métodos de polimerização. A adaptação das bases é um dos mais importantes fatores numa prótese total. Esta adaptação pode ser comprometida por alterações dimensionais que são inerentes aos materiais de resinas acrílicas. Essas alterações, ocorridas desde a manipulação e fase de prensagem, são dependentes das técnicas de polimerização e da de prensagem, são dependentes das técnicas de polimerização e da adaptação igual ou melhor que as bases produzidas com resinas convencionais, bem como da criação de uma técnica laboratorial mais rápida e eficiente.. Através de uma revisão da literatura dos autores pesquisados, foi possível concluir que: as bases processadas por microondas parecem ter melhor estabilidade dimensional quando comparadas às convencionais processamento por microondas e as resinas de ciclo curto podem ser utilizadas quando necessitamos de reembasamentos e consertos, a muralha convencional de gesso pode ser substituída pela muralha de silicone.

Palavras-chave: Alteração dimensional; Resinas acrílicas termoativadas; Bases de prótese dental.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Biocompatibilidade e propriedades físicas de materiais odontológicos.


Título: Contribuição ao Estudo do Comportamento Clínico das Próteses Parciais Fixas Adesivas.
Autor(a): Humberto Zanetti
Orientador(a): Fernando Luis B. Montenegro
Data da defesa: 26/06/2000
Resumo: A maior desvantagem das próteses parciais fixas adesivas é a alta taxa de falhas/insucessos, principalmente o descolamento. Este, na maioria das vezes, ocorre mesmo com o aperfeiçoamento dos preparos dentários, pesquisas com metais e cerâmicas e o desenvolvimento de agentes cimentantes adesivos. Estudando a longevidade destas próteses, observamos que os dados variam muito e as conclusões são frequentemente conflitantes, principalmente pelo tempo em que cada pesquisa é realizada. Outros fatores são: tipo de material utilizado (metais, agentes cimentantes), padronização de técnicas empregadas em laboratórios e habilidade do dentista.

Palavras-chave: Prótese Adesiva; Longetividade; Comportamento clínico.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Porosidade em Resinas para Base de Próteses Totais Considerando Como Variáveis o Ciclo de Polimerização e as Marcas Comerciais.
Autor(a): Juvenal Motta Neto
Orientador(a): Ruy Fonseca Brunetti
Data da defesa: 26/06/2000
Resumo: Um dos desafios para o efetivo sucesso das próteses totais é a necessidade da fase laboratorial não apresentar comprometimento nas propriedades que as resinas para base de dentaduras oferecem. Voltamos a nossa atenção para o fenômeno das porosidades que ocorrem, principalmente, quando não existe o cuidado devido na relação temperaturaItempo de polimerização, notadamente quando se pretende agilizar o tempo de processamento. Este trabalho, além de uma revisão da literatura, apresenta um experimento que produziu amostras de alguns tipos de resinas e variáveis de processamento para, através de análise comparativa, obter resultados de abreviação do tempo de trabalho laboratorial sem prejudicar as qualidades do material, sob o aspecto das porosidades. Dentre os materiais avaliados, a resina AC20, conhecida no mercado como sendo do tipo das resinas "rápidas", foi a que apresentou o melhor resultado.

Palavras-chave: Dentaduras; Próteses completas; Polimerização.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Biocompatibilidade e propriedades físicas de materiais odontológicos.


Título: Estudo de Lesões Hiperplásicas da Mucosa Bucal de Pacientes Jovens por Métodos de Coloração com Picosirius – Red e Microscopia de Luz Polarizada.
Autor(a): Orlando Pauletti Júnior
Orientador(a): José Barbosa
Data da defesa: 27/06/2000
Resumo: Por meio da técnica histológica de coloração com Picrosirius - red e microscopia com luz polarizada, foi estudado o aspecto óptico de coloração e birrefringência do colágeno tecidual de lesões hiperplásicas da mucosa bucal em jovens. A análise dos cortes histológicos mostrou um predomínio da cor verde nessas lesões que se acentua quanto maior for a intensidade do processo inflamatório existente. A relação idade cronológica e tempo de evolução da lesão não interfere nos resultados de forma significativa.

Palavras-chave: Picrosírius-red; Hiperplasia fibrosa inflamatória; Pacientes jovens; Patologia bucal; Estomatologia.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Contribuição ao Estudo do Laser de Nd:YAG, Como Coadjuvante à Terapêutica Periodontal. Estudo Clínico.
Autor(a): Idelana Maria Luz Lopes
Orientador(a): Eduardo De Bertoli Groth
Data da defesa: 27/06/2000
Resumo: Este estudo teve a finalidade de avaliar, "in vivo", os efeitos das aplicações do laser de Nd:YAG subgengivalmente, em associação aos procedimentos convencionais periodontais básicos (raspagem, alisamento e polimento dentários) , como um recurso adicional à terapêutica periodontal não-cirúrgica, analisando os resultados por meio de parâmetros clínicos. Foram selecionados 20 pacientes acometidos por doença periodontal, diagnosticadas como periodontite do adulto, e que estivessem totalmente informados sobre os objetivos da pesquisa e tivessem consentido em participar da mesma, por escrito. Todos receberam instruções e treinamento de higiene bucal e após uma semana, sofreram as intervenções terapêuticas que consistiram em raspagem, alisamento e polimento dentário (grupo controle), e o grupo teste (lado direito), recebeu, também, nesta mesma consulta, a aplicação do laser de Nd:YAG, com as seguintes características: energia por pulso de 100 mJ; potência média de 1,5 W, frequência de 15 Hz, tempo de 30 segundos; fibra óptica de 300J.UIl; em contato com a parede mole da bolsa, paralelamente ao longo do eixo do dente. Os controles clínicos foram realizados nas semanas subsequentes ao tratamento e constituíram-se de levantamento e anotação para futura comparação e análise dos resultados, obtidos nos dois diferentes grupos, bem como dos registros fotográficos de cada fase. A análise foi realizada levando-se em conta o grau de resolução do quadro inflamatório de cada grupo de dentes estudados e os parâmetros clínicos anteriormente descritos. Como resultados, obtiveram-se características clínicas visuais de aceleração da reparação, com remissão dos sinais inflamatórios teciduais, no lado teste. Foram detectadas diferenças estatisticamente significantes em alguns momentos, sempre favoráveis ao grupo tratado complementarmente com o laser, concluindo-se que o laser de Nd:YAG pode ser usado satisfatoriamente como coadjuvante à terapêutica periodontal básica, nos parâmetros utilizados.

Palavras-chave: Laser de Nd:YAG; Índices Periodontais; Tratamento Periodontal Básico.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: O Uso da Hipnose em Clínica Odontológica: Avaliação da Indução das Fases Leve e Hipnoidal.
Autor(a): Ricardo Gouvêa Badra
Orientador(a): Antonio Silvio Nosé
Data da defesa: 27/06/2000
Resumo: Este trabalho é sobre hipnose e visa explicar a aplicação e o uso deste procedimento em odontologia. Foi efetuada uma pesquisa, em ambulatório da Universidade Paulista, para analisar a possibilidade do uso desta técnica em laboratório universitário, e os resultados estão descritos neste trabalho.

Palavras-chave: Índice de cárie; Desnutrição; Dente decíduo
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa:Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Efeito Antimicrobiano do Verniz de Clorexidina na Superfície Oclusal de Primeiros Molares Permanentes em Erupção.
Autor(a): Ana Maria Peixoto Guimarães
Orientador(a): Adolpho Chelotti
Data da defesa: 26/07/2000
Resumo: O propósito deste estudo foi avaliar o efeito antimicrobiano do verniz Cervitec®, aplicado nas superfícies oclusais de primeiros molares permanentes em erupção. A faixa etária das crianças variava entre 6 a 8 anos, e apresentavam pelo menos 2 molares permanentes contra-laterais hígidos. Os dentes selecionados encontravam-se na mesma arcada. No início e após 1 ano, todas as crianças foram avaliadas em relação aos índices de cárie CPOS e CEOS. Orientações de higiene bucal foram dadas a todos os participantes. Amostras de placa dos dentes-teste e dos dentes-controle foram coletadas no início, após 3 e 6 meses, para estimar o número de estreptococos do grupo mutans na placa bacteriana do molar permanente. Amostras de saliva estimulada também foram coletadas no início e após 9 meses para avaliar os níveis salivares de estreptococos do grupo mutans (E.G.M.). O verniz Cernitec®, contendo 1% de clorexidina associada a 1% de timol, reduziu significativamente o aparecimento de cárie nos dentes tratados com esta substância. Três meses após a primeira aplicação do verniz, houve uma redução significante na contagem E. G. M. na amostra de placa coletada. Pode-se concluir que o uso do verniz foi efetivo em controlar E.G.M. na placa oclusal, reduzindo significativamente o risco de desenvolvimento de cárie nas fissuras oclusais de molares permanentes.

Palavras-chave: Clorexidina; Molar permanente; Cárie.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa:
Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Estudo das Correlações Entre as Estruturas da Base Craniana e o Padrão Facial em Indivíduos Brasileiros Leucodermas com Oclusão Normal.
Autor(a): Kátia Regina Izola Simone
Orientador(a): Claudio Costa
Data da defesa: 02/08/2000

Resumo: Considerando-se que a base craniana é composta por estruturas que estabelecem sua deflexão e estabilidade precocemente, avaliou-se a possibilidade de usar o Ângulo da Base Craniana como parâmetro de comparação entre ângulos e áreas que expressam as dimensões faciais. Foi aplicada a análise de correlação de Pearsons entre o Ângulo da Base Craniana, Ângulo do Eixo Facial, Ângulo Facial e da Dentição, além das áreas correspondentes a estes ângulos, através de radiografias cefalométricas de 47 jovens do sexo masculino e 53 jovens do sexo feminino, com idade média de 13 anos e 5 meses, leucodermas, com harmonia facial, oclusão normal e dentição permanente. Aferimos que o Ângulo da Base Craniana, o Ângulo do Eixo Facial e Ângulo Facial apresentaram correlação direta e estatísticamente significante, enquanto que a correlação entre o Ângulo da Base Craniana e o Ângulo da Dentição apresentou-se inversa e estatísticamente significante, concluindo que o Ângulo da Base Craniana é um parâmetro confiável, podendo ser utilizado na avaliação do desenvolvimento facial normal do paciente infantil. A área da Base Craniana correlacionou-se de maneira direta e estatísticamente significante com a área Facial e a área da Dentição.
Palavras-chave: Base craniana; Padrão facial; Oclusão normal.

Área de Concentração: Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Aplicação de laser em Odontologia.


Título: Estudo da Caracterização Química, Metalográfica e das Propriedades Mecânicas de Uma Liga de Níquel-Crômio Fundida Empregando­-se Maçarico e Indução.
Autor(a): Euripedes Vedovato
Orientador(a): Ruy Fonseca Brunetti
Data da defesa: 07/08/2000
Resumo: As ligas metálicas alternativas às ligas metálicas áuricas são uma realidade em nosso país. A liga de níquel-crômio é amplamente utilizada pelos dentistas brasileiros e está indicada para a construção de próteses fixas unitárias ou parciais, com recobrimento tanto de resina quanto de cerâmica. O presente estudo tem por objetivo interpretar a caracterização química, metalográfica e as propriedades mecânicas de uma liga de níquel-crômio, empregando-se, para sua fundição, o maçarico gás-oxigênio, a indução ou a indução em atmosfera de argônio como fontes de calor. A liga de níquel-crômio foi analisada quimicamente antes e após as fundições. Foram fundidos corpos-de-prova, utilizando uma mesma liga, os quais foram estudados através da caracterização metalográfica e de suas propriedades mecânicas. Os resultados permitiram concluir que, independentemente da fonte de calor utilizada para a fundição, a liga tem um comportamento semelhante quanto a estrutura metalúrgica, composição química, dureza e resposta aos ensaios de tração

Palavras-chave: Ligas de níquel-crômico; fundição; análise química; propriedades mecânicas.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Biocompatibilidade e propriedades físicas de materiais odontológicos.


Título: Avaliação dos Efeitos do Laser de Baixa Intensidade do Tipo Semicondutor de Arseneto de Gálio-Alumínio na Evolução dos Processos de Reparação Tecidual.
Autor(a): Letícia Maria Cecília Hohagem
Orientador(a): José Barbosa
Data da defesa: 29/08/2000
Resumo: Foram observados os efeitos do laser de Arseneto de Gálio-Alumínio aplicado em feridas realizadas com punches de 4mm de diâmetro em 2mm de profundidade no dorso de ratos. Foram utilizados 28 ratos divididos em 2 grupos: controle e experimental. As feridas do grupo experimental receberam 3 aplicações de 5,4 J em intervalos de 48 horas, durante 3 minutos. Os animais foram sacrificados após 24, 48 e 72 horas e 7, 14, 21 e 30 dias da 3ª irradiação. As observações histológicas foram realizadas em cortes corados com hematoxilina - eosina e Sirius Red, em microscópio óptico comum e microscópio de luz polarizada. Os resultados mostraram aceleração do processo de reparação nas fases iniciais e melhor arranjo das fibras colágenas nos espécimes irradiados com laser.

Palavras-chave: Laser, Reparação tecidual, Ratos.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Aplicação de laser em Odontologia.


Título: Aspectos Morfológicos e Histométricos da Reparação Tecidual de Lesões Cutâneas Provocadas em Ratos (Rattus novergicus, albinus, Wistar) e Irradiadas com Laser Nd: YAG
Autor(a): Maria Cristina Duarte Ferreira
Orientador(a): Jose Leonardo Simone
Data da defesa: 30/08/2000
Resumo: Este trabalho visa avaliar, através de análises histológicas, os efeitos decorrentes da irradiação com laser Nd:YAG, emitindo baixa intensidade de energia nos processos de reparação de lesões cutâneas provocadas na região dorsal de ratos. Foram utilizados 18 ratos da raça Rattus novergicus,albinus, Wistar dos quais foram removidos, da região dorsal, 2 fragmentos com punch de 6mm de diâmetro com profundidade da lesão padronizada em 2mm, sendo a lesão direita irradiada com laser e a esquerda não recebendo nenhum tratamento. A aplicação foi feita do modo não-contato, a uma distância aproximada de 2 mm por um tempo de 1 mn, logo após a execução da lesão, utilizando-se uma potência de 1 W, comprimento de onda de 10Hz e uma energia de 100 mJ. Os animais foram divididos em 6 Grupos: Grupo 1 - sacrifício após 24 h da aplicação do laser; Grupo 2 ­- sacrifício após 3 dias; Grupo 3 - sacrifício após 5 dias; Grupo 4 – sacrifício após 7 dias; Gupo 5 - sacrifício após 14 dias; Grupo 6 – sacrifício após 21 dias. Após a preparação das peças, os cortes histológicos foram corados pelas Técnicas da hematoxilina-eosina e Tricrômico de Masson para análise histológica e histométrica em microscópio óptico. Através da análise morfológica, verificou-se uma aceleração no processo de reparação com maior retração cicatricial das lesões irradiadas com laser, apresentando uma redução do infiltrado inflamatório e do edema. Observou-se também uma estimulação e melhor organização do colágeno fibrilar e aceleração da regeneração do epitélio em toda a extensão da ferida quando comparado com as lesões não irradiadas. A análise histométrica revelou que, em todos os grupos estudados, as lesões irradiadas apresentaram um maior número de fibroblastos e vasos sanguíneos, fato também constatado com as fibras colágenas nos grupos 1, 2 e 3. Portanto podemos concluir que a irradiação laser promove um aumento do número de fibroblastos e uma estimulação da neovascularização, assim como também uma aceleração na formação das fibras colágenas que, ao exame morfológico, apresentaram uma melhor ordenação em período menor de tempo.

Palavras-chave: Laser Nd: Yag , reparação tecidual , ratos.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Estudo da Adesividade e do Embricamento dos Cimentos Resinoso e Fosfato de Zinco Para Coroas Metálicas de Ligas Nobres e Não-Nobres
Autor(a): Carlos Eduardo Manetta
Orientador(a): Dan Mihall Fichman
Data da defesa: 15/09/2000
Resumo: Este trabalho analisa, através de revisão da literatura, os cimentos resinosos, diante do já consagrado cimento de fosfato de zinco, para a cimentação de coroas totais metálicas em ligas nobres e não nobres, apresentando suas características e particularidades referentes ao seu uso e desempenho clinico. Em função dos autores consultados, há uma tendência clara na indicação dos cimentos resinosos para a fixação de coroas totais metálicas pelas suas características de insolubilidade aos fluidos orais, adesividade à estrutura dentária e resistência de união entre o agente cimentante e a liga metálica, quando esta recebe tratamento prévio em sua superfície interna. Como desvantagens clínicas, os cimentos resinosos apresentam sensibilidade à técnica, custo e prazo de validade. Já o cimento de fosfato de zinco, apesar de apresentar resistência à compressão inferior quando comparado aos cimentos resinosos, presta-se efetivamente bem para a fixação de trabalhos protéticos, pela sua confiabilidade clínica de longo prazo, baixo custo, fácil manipulação,. Com prazo de validade quase limitado do pó, onde o embricamento mecânico é o maior fator de ação destes agentes cimentantes, o cimento de Fosfato de Zinco apresenta-se com restrições para o uso em grande parte dos materiais estéticos.

Palavras-chave: Fosfato de Zinco, Cimento Resinoso, Adesisvidade, Embricamento.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Biocompatibilidade e propriedades físicas de materiais odontológicos.


Título: Análise do Preparo das Superfícies Dentárias para Aplicação de Facetas Laminadas de Porcelana ( Método Indireto)
Autor(a): Antonio Fagá Junior
Orientador(a): Fernando L. B. Montenegro
Data da defesa: 25/09/2000
Resumo: As facetas laminadas de porcelana são hoje uma realidade, pois apresentam requisitos básicos como estética, função, mínimo desgaste e pouco tempo de trabalho. O sucesso deste tipo de tratamento deve-se às pesquisas feitas nos últimos trinta anos, procurando melhorar cada vez mais a qualidade das porcelanas e dos agentes cimentantes. No preparo de dentes para receber facetas laminadas de porcelana, usualmente se desgasta 0,5 mm da face vestibular. Dentes muito pigmentados, às vezes, necessitam de uma redução adicional de 0,1mm a 0,2 mm. Quando se deseja aumentar a espessura do dente ou o seu tamanho, nos casos de dentes lingualizados, conóides e com diastemas o desgaste pode ser em torno de 0,3mm. A redução da borda incisal deve ser de 1,0 mm e na face palativa deve ser de 0,5 mm. O término em esmalte proporciona melhor adesão da faceta laminada. Por fim, os preparos para facetas laminadas de porcelana requerem embasamento científico, experiência do profissional e instrumentação especial.

Palavras-chave: Facetas laminadas; Preparo; Dentina.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Contribuição ao Estudo dos Preparos nos Dentes Pilares das Próteses Parciais Fixas Adesivas indiretas Posteriores.
Autor(a): Carlos Kenji hotsumi Shimizu
Orientador(a): Fernando L. B. Montenegro
Data da defesa: 25/09/2000
Resumo: A indicação da prótese parcial fixa adesiva indireta na região posterior apresentada como vantagem, em relação à prótese parcial fixa convencional, tem por objetivo o preparo menos invasivo sobre os dentes pilares. A importância destes preparos está na retenção da infraestrutura metálica e na neutralização das forças que atuam durante a função mastigatória. De acordo com os trabalhos consultados, conclui-se que, para obtermos um preparo adequado, devemos planejar e analisar o modelo de estudo com um paralelômetro, que nos vai orientar a quantidade de áreas retentivas do dente a serem desgastadas. Todos os componentes envolvidos em um preparo têm uma função especifica e devem incluir planos-guia, para determinar um único eixo de inserção da prótese; apoios, impedindo a intrusão da peça na gengiva; o envolvimento de mais de 180 graus dos retentores; e sulcos proximais para aumentar a retenção mecânica. Enfatiza-se, portanto, a necessidade de se obterem preparos bem definidos e com todos os elementos constituintes realizados nos dentes pilares, para que as próteses parciais fixas adesivas indiretas posteriores sejam bem sucedidas na pratica diária.

Palavras-chave: Prótese adesiva, Prótese parcial fixa, Preparo da Cavidade Dentária.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Avaliação “In Vitro” da Infiltração Marginal em Restaurações Classe II em Molares Decíduos, Utilizando o Cimento de Ionômero de Vidro Modificado por Resina, Com Duas Técnicas Diferentes de Inserção.
Autor(a): Cristiane Cardoso Rodrigues
Orientador(a): Adolpho Chelotti
Data da defesa: 06/10/2000
Resumo: A proposta deste estudo in vitro foi de avaliar a microinfiltração em cavidades classe II de molares decíduos restaurados com cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Vi tremer - 3M), com duas diferentes técnicas de inserção: única ou 3 incrementos. Foram utilizados vinte e três segundos molares decíduos, clinicamente hígidos, recém-extraídos, onde foram confeccionados preparos cavitários do tipo s/ot vertical nas faces mesial e distal. As amostras foram divididas aleatoriamente em dois grupos. No G 1 (n=23) foi utilizada a técnica de inserção única. No G2 (n=23) a inserção foi realizada em três incrementos no sentido horizontal. Em ambos os grupos, o material restaurador foi manipulado e fotopolimerizado segundo as recomendações do fabricante. Após as restaurações, as amostras foram submetidas ao processo de ciclagem térmica (700 ciclos - SOC e SSo C - 30 segundos de imersão em cada banho), impermeabilizados com esmalte de unha até 1 mm da margem cervical das restaurações, imersos em solução de azul de metileno a O,S%, seccionados e avaliados por cinco examinadores, os quais estabeleceram o grau de microinfiltração. Os dados obtidos revelaram altos níveis de infiltração marginal em ambos os grupos, e a análise estatística (Teste de Mann-Whitney, p>0,05) demonstrou não haver diferença significante entre eles. Concluiu-se que as duas diferentes técnicas restauradoras não foram capazes de impedir a penetração do corante, não havendo diferença significante entre elas.

Palavras-chave: Dente decíduo; Cimento de ionômero de vidro modificado por resina; Infiltração marginal.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Estudo dos Tecidos Envolvidos na Anquilose de Molares Decíduos em Infra-Oclusão e Retenção Prolongada, Utilizando Métodos Histológicos, Microscopia Óptica e Luz Polarizada.
Autor(a): Lucila Bastos de Camargo
Orientador(a): José Barbosa
Data da defesa: 06/10/2000
Resumo: Nesta pesquisa foram avaliados os tecidos envolvidos na retenção prolongada e/ou infra-oclusão de molares decíduos, diagnosticadas ao exame clínico e radiográfico. Foram utilizados 24 dentes removidos com finalidade terapêutica. Após a exodontia cuidadosa, os dentes foram fixados, descalcificados, seccionados e corados para que o material fosse devidamente avaliado e documentado em fotomicrografias. Os resultados mostraram variadas combinações de tecido ósseo ou osteóide, tecido conjuntivo fibroso denso e hipercementose, tanto nos casos de infra-oclusão como nos de retenção prolongada. Desta forma, concluímos que os tecidos envolvidos naqueles processos são de natureza óssea, fibrosa ou cementária e que na presença de molares decíduos com retenção prolongada, devemos suspeitar da existência de anquilose, seja ela óssea ou fibrosa.

Palavras-chave: Anquilose; Infra-oclusão; Retenção prolongada.
Área de Concentração: Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Estudos aplicados à Ortodontia – Ortopedia facial.


Título: Estágio Atual das Aplicações do Mapeamento Cintilográfico dos Ossos da Face em Odontologia.
Autor(a): Sérgio Tadeu Souza Meirelles
Orientador(a): Harry Davidowicz
Data da defesa: 06/10/2000
Resumo: O diagnóstico em Odontologia norteia-se, muitas vezes, por dados subjetivos e recursos carentes de total veracidade. Desta forma, a detecção de processos patológicos ou fisiológicos, importantes para o tratamento e prognóstico dos elementos dentais e tecidos de suporte, dá-se tardiamente em relação ao desencadeamento dos mesmos.
Dentre os recursos rotineiros mais utilizados, cabe ressaltar o exame radiográfico que, apesar de suas limitações, é um importante coadjuvante do clínico na busca pelo correto diagnóstico.
As alterações que atingem o tecido ósseo alveolar são importante fator de preocupação na manutenção do elemento dental, em cumprimento de seus papéis funcionais e estéticos, ou mesmo na reposição protética de elementos perdidos. O diagnóstico correto e precoce de tais alterações é condição obrigatória para o sucesso do tratamento.
Atualmente, diversos métodos de diagnóstico por imagem têm sido sugeridos em Odontologia no intuito de dizimar as limitações impostas pelo exame radiográfico. Dentre todos, o mapeamento cintilográfico dos ossos da face destaca-se por ser o único de caráter dinâmico, isto é, sensível a alterações metabólicas do osso alveólar e, portanto, extremamente precoce quando comparado às radiografias.
Diversos estudos têm sido conduzidos de forma a confirmar e ampliar as indicações dos mapeamentos cintilográficos ósseos em Odontologia nas diversas especialidades. Nossa dissertação procurou posicionar o leitor em relação às qualidades e indicações deste método em Endodontia, Periodontia, Ortodontia e Implantodontia.
A partir de extenso levantamento bibliográfico, pudemos verificar que o mapeamento cintilográfico ósseo crânio-facial é de extrema valia no diagnóstico precoce de alterações dos ossos alveolares, no acompanhamento do crescimento ósseo fisiológico ou induzido, na preservação das reabilitações protéticas e implantares e na pesquisa de novos materiais ou técnicas operatórias.

Palavras-chave: Cintilografia; Ossos da face; Odontologia.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Imaginologia aplicada à Odontologia.


Título: Estudo morfométrico das Alterações Craniofaciais em Pacientes Classe II, Divisão 1º com Retrognatismo Mandibular Tratados com o Binator de Balters, Utilizando-se a Análise Escalar de Elementos Finitos.
Autor(a): Renato Bigliazzi
Orientador(a): Kurt Faltin Junior
Data da defesa: 25/10/2000
Resumo: Foi realizado um estudo morfométrico retrospectivo, utilizando a Análise Escalar de Elementos Finitos, com a finalidade de avaliar as alterações anatômicas e morfológicas do tratamento, a curto prazo, com o Bionator de Balters em pacientes portadores de más-oclusões de Classe II, divisão 19 com retrognatismo mandibular. A amostra tratada contou com um total de 45 pacientes, sendo 27 do sexo feminino e 18 do sexo masculino, com média de idade de 9.8 anos e tempo médio de controle radiográfico de 19.9 meses. O grupo Controle contou com um total de 20 pacientes, sendo 8 do sexo feminino e 12 do sexo masculino, com média de idade de 10.2 anos e o tempo médio de controle radiográfico foi de 24 meses.
Após a análise dos resultados, concluímos que com relação à Base do Crânio não observamos diferenças entre os grupos Controle e Bionator. As alterações de forma na Base do Crânio, em ambos os grupos, foram mais relacionadas ao tamanho (alometria) do que ao formato (anisotropia). Na Maxila, as alterações de forma no grupo Controle foram mais alométricas (aumento de tamanho), enquanto no grupo Bionator foram mais relacionadas ao formato (anisotropia), principalmente nos pontos A.- 118 e DM8 . Na Mandíbula, as diferenças entre os grupos Controle e Bionator foram marcantes. A principal diferença nas alterações regionais entre os grupos foi no ramo mandibular, principalmente no côndilo, evidenciando um maior crescimento regional, nesta região, no grupo Bionator quando comparado ao grupo Controle.

Palavras-chave: Classe II; Bionator de Balters; Morfometria
Área de Concentração: Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Estudos aplicados à Ortodontia - Ortopedia Facial.


Título: Avaliação Tomográfica da Posição Condilar em Pacientes com Má-Oclusão de Classe II. Divisão 1ª Correlacionada com Sinais e Sintomas de Disfunção Têmporo-Mandibular.
Autor(a): Décio Marcelo Jassogne Viola
Orientador(a): Kurt Faltin Junior
Data da defesa: 29/11/2000
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar a posição condilar em relação à fossa articular por meio de 82 tomografias laterais corrigidas de 41 pacientes brasileiros leucodermas (18 meninos e 23 meninas) portadores de má-oclusão de classe II divisão 1º, com idade média de 11 anos e 1 mês. A posição condilar foi também correlacionada com a avaliação clínica da presença de sinais e sintomas de disfunção têmporo-mandibular (dor, ruídos articulares e limitação da abertura da boca). Os espaços articulares anterior e posterior foram mensurados e avaliados segundo índices de porcentagem e proporcionalidade entre o espaço anterior e posterior. Os resultados mostraram uma tendência a um posicionamento para anterior de ambos os côndilos, sendo que o lado esquerdo se mostrou mais anteriorizado (68,3%) quando comparado com o lado direito (56,1%), mas sem significância estatística. A presença de dor foi observada em 17,1% dos casos, ruídos em 12,2% e limitação da abertura da boca em 12,2%. Apesar desses resultados não foram encontradas correlações estatisticamente significantes entre posição condilar, má-oclusão de classe II divisão 1º e sinais e sintomas de DTM em ambos os lados estudados. Não foi observada, também, correlação entre posição condilar, idade e sexo.

Palavras-chave: Tomografia lateral axial corrigida; Côndilo mandibular; Má-oclusão II divisão 1ª; Disfunção têmporo-mandibular.
Área de Concentração: Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Estudos aplicados à Ortodontia - Ortopedia Facial.


Título: Avaliação da Frequência de Utilização de Protetores Intrabucais Junto a Entidades de Esportes de Contato na Cidade de São Paulo.
Autor(a): Guilherme Borges Pietro
Orientador(a): Abílio Albuquerque Maranhão de Moura
Data da defesa: 29/11/2000
Resumo: Cada vez mais a busca de um organismo saudável integra-se aos anseios da sociedade, sendo, neste aspecto, a consciência da saúde bucal fator de crescente preocupação. No que concerne ao fato acima aludido, sabe-se que são inúmeras as situações, dentro da chamada vida moderna, que colocam em risco as estruturas orofaciais, tais como: prática de esportes, principalmente os chamados de contato, recreações infanto-juvenis e acidentes, entre outros.
O objetivo deste estudo foi o de analisar a atual situação dos traumatismos orofaciais, com especial atenção aos dentários, na população da cidade de São Paulo, frente a sete entidades esportivas. Para tanto, embasado na situação dos países de primeiro mundo, foi elaborado um questionário dirigido à análise do conhecimento e emprego de métodos preventivos aos traumas orofaciais, tendo como área-alvo, em primeiro momento, Associações Desportivas da cidade de São Paulo.
Chegamos à conclusão de que há incidência de 100% de utilização de protetores intra-orais no boxe, devido à sua obrigatoriedade tanto no Brasil quanto nos países de primeiro mundo; porém, ao se comparar o Brasil com estes outros paises, em relação a outras modalidades como basquete, vôlei, rugby e jiu-jítsu sua utilização é mínima e, em algumas vezes, nula; já nos países desenvolvidos, a utilização é de aproximadamente 65% nos esportes analisados.

Palavras-chave: Protetor bucal; Esportes de contato; Entidades esportivas.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Epidemiologia e prevenção, das patologias bucais; saúde coletiva.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Adequação da Antibioticoterapia na Clínica Cirúrgica Odontológica em Pacientes com Risco de Emdocardite Bacteriana.
Autor(a): Mércio Mitsuo Kuramochi
Orientador(a): Marcos Vianna Gayotto
Data da defesa: 07/12/2000
Resumo: O trabalho tem por objetivo investigar e descrever a conduta clínica de cirurgiões-dentistas frente à Endocardite Bacteriana, apresentando sua etiologia e prevenção de interesse para a Odontologia no que tange à prática cirúrgica em pacientes portadores de valvopatias coronarianas, alertando-os a respeito dos cuidados e terapêutica antibiótica a serem instituídos.

Palavras-chave: Endocardite bacteriana; Antibioticoterapia; Valvopatia.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Avaliação Crítica do Conhecimento Científico, dos Alunos Quarto–anistas do Curso de Odontologia em Relação a Fluorterapia, Após Terem Completado Todo Ciclo de Graduação, nos Anos de 1996, 1997 e 1998.
Autor(a): Jesuíno Irineu Argentino Junior
Orientador(a): Paschoal Laércio Armonia
Data da defesa: 11/12/2000
Resumo: O autor neste trabalho avaliou, através de entrevistas com a utilização de questionário padrão, o conhecimento científico de alunos quarto-anistas, após terem completado todo o ciclo de graduação, sobre alguns aspectos do uso clínico e toxicidade dos compostos fluorados. Foram analisadas as turmas de 1996, 1997 e 1998. Em função das respostas dos alunos de graduação discutiu-se os eventuais riscos de toxicidade crônica e aguda que os pacientes poderiam estar submetidos, frente ao desconhecimento da terapêutica correta com os compostos fluorados de aplicação tópica elou sistêmica em odontologia. O autor, ainda, encontrou um comportamento estatístico semelhante entre as diferentes turmas avaliadas.

Palavras-chave: Avaliação; Conhecimento; Fluor.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Estudos experimentais e clínicos em relação aos compostos fluorados e anestésicos locais.


Título: Revisão Bibliográfica das Diferentes Técnicas Cirúrgicas Mucogengivais que Visam o Recobrimento Radicular.
Autor(a): José Augusto Silveira Miranda
Orientador(a): Nelson Thomaz Lascala
Data da defesa: 12/12/2000
Resumo: Este trabalho tem como objetivo revisar a literatura, comparando os resultados obtidos no recobrimento radicular com a utilização das diferentes técnicas cirúrgicas mucogengivais envolvidas no procedimento. Foram avaliados os seguintes fatores: 1) a capacidade individual de cada técnica na resolução da retração da margem gengival; 2) os fatores relacionados ao sucesso ou insucesso no recobrimento radicular. Todos os procedimentos cirúrgicos descritos foram capazes de recobrir até 100% das retrações Classes I e II de Miller e Classes I, II, III e IV de Sullivan e Atkins. Nas retrações classes III e IV de Miller, o recobrimento total da superfície radicular não pode ser obtido, uma vez que existe perda de tecido ósseo interproximal que inviabiliza qualquer tentativa. Dentre os fatores relacionados ao sucesso, podemos citar: 1) adequado preparo mecânico da superfície radicular macroscopicamente (diminuição da convexidade radicular) e microscopicamente (remoção de bactérias e produtos bacterianos ); 2) importância da correta adaptação, estabilização e sutura dos retalhos e enxertos. As variações encontradas dentro de cada técnica cirúrgica, ou entre elas, podem estar relacionadas a: 1) retrações classificadas inadequadamente, alterando desta forma a previsibilidade; 2) ­falta de conhecimento técnico e biológico do procedimento que está sendo utilizado (por parte do operador); 3) indicação inadequada de uma técnica para a resolução da retração. O condicionamento químico da superfície radicular com ácido cítrico ph=1 ou hipoclorito de sódio não apresentou vantagens adicionais no recobrimento da superfície radicular exposta. A principal vantagem na utilização do ácido cítrico parece estar relacionada à estabilidade clínica dos tecidos após a cirurgia. Trabalhos futuros deverão esclarecer melhor esta questão. A utilização de materiais como dura-máter liofilizada e matriz dérmica acelular tem se mostrado com bons resultados, evitando um segundo tempo ou sítio cirúrgico e por ser uma fonte de tecido ilimitada.

Palavras-chave: Técnicas cirúrgicas; Mucogengivais; Recobrimento radicular.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Avaliação da Relação Entre Atividade de Cárie e Adequação do Meio Bucal Com Ganho de Peso Corporal de Crianças Com Dentadura Decídua.
Autor(a): Vera Lúcia dos Santos Nazareth da Silva
Orientador(a): Adolpho Chelotti
Data da defesa: 13/12/2000
Resumo: Este estudo avaliou a relação entre a adequação do meio bucal e o ganho de peso corporal assim como a influência da atividade de cárie dentária nesse ganho de peso, realizando a adequação do meio bucal, procedimentos preventivos e tomada do peso corporal em crianças com dentadura decídua, com idades entre 2 anos e 8 meses a 5 anos e 11 meses. O estudo foi realizado em 50 crianças, sendo que 25 pertenciam ao grupo com atividade de cárie e 25 ao grupo sem atividade de cárie. O grupo com atividade de cárie passou por sessões de adequação do meio e procedimentos preventivos e o grupo sem atividade de cárie passou por sessões de procedimentos preventivos. A tomada de peso corporal foi feita periodicamente, nos dois grupos, para avaliação do ganho de peso. Foi feita a análise estatística e pôde-se concluir que o ganho médio de peso foi maior nas crianças sem cárie do que nas com cárie, significante em nível de 5%.

Palavras-chave: Índice de cárie; Desnutrição; Dente Decíduo.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Esquemas Terapêuticos preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais; avaliação clínica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Esquemas terapêuticos, preventivos e curativos propostos e preconizados no tratamento das doenças bucais.


Título: Avaliação In Vitro da Microinfiltração na Interface da Parede Gengival de Restaurações Proximais Tipo Slot de Resina Composta Fotopolimerizável, Realizadas Pelas Técnicas Direta e Indireta (inlay) em Molares Decíduos Humanos.
Autor(a): Andréa Mara Mattar
Orientador(a): Adolpho Chelotti
Data da defesa: 22/12/2000
Resumo: A finalidade deste estudo foi avaliar in vitro a microinfiltração marginal presente na interface da parede gengival de cavidades proximais tipo Slot restauradas através da técnica direta e indireta (in/ay), com utilização de uma solução corante. Os preparos cavitários apresentavam a parede gengival com término em esmalte, sendo restaurados com dois tipos de resina composta: para uso em dentes anteriores e posteriores (FiltekTM Z 250) e, exclusivamente para uso em dentes posteriores (Filtek TM P60). Antes da avaliação quanto à microinfiltração, as amostras foram termocicladas (5º e 55º C, 700 ciclos), imersas em solução corante (azul de metileno) e seccionadas. Esta foi feita seguindo um critério pré-estabelecido (graus O a 3). Após a análise estatística dos resultados, concluiu-se que a técnica dos inlays apresentou-se discretamente superior, apesar de não ter eliminado completamente a micoinfiltração.

Palavras-chave: Microinfiltação; Inlay; Decisuo.
Área de Concentração: Endodontia
Linha de Pesquisa: Diagnóstico e Terapia Endodôntica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Biocompatibilidade e propriedades físicas de materiais odontológicos.


Título: Estudos Retrospectivos das Leucoplasias Bucais.
Autor(a): Marco Antonio Trevizani Martins
Orientador(a): Luciano Lauria Dib
Data da defesa: 22/12/2000
Resumo: No presente estudo foram avaliados 199 casos de leucoplasias diagnosticadas e acompanhadas no Centro de Tratamento e Pesquisa Hospital do Câncer, no período de 1953 a 2000. A prevalência das lesões voltou-se para o sexo masculino (70,9%), idade média de 52 anos, raça branca (92,0%). Quanto ao aspecto clínico, a maioria das lesões apresentou-se como manchas (51,3%), localizadas principalmente no lábio inferior, mucosa jugal, língua e rebordo alveolar. O tempo médio de sintomas apresentados antes do diagnóstico foi de 35 meses (variando de 1 a 480 meses). Quanto à associação com fatores de risco, verificou-se que 70,9% dos pacientes eram fumantes e 45,7% consumiam bebidas alcoólicas frequentemente. Os aspectos histopatológicos mais frequentes foram acantose e hiperqueratose, havendo 3,5% de casos com variado grau de atipia epitelial. O tratamento realizado foi predominantemente cirúrgico, com resolução da lesão em 69,5%. Os 7 casos com atipia epitelial foram tratados com remoção cirúrgica, não apresentando recorrência ou transformação maligna. O tratamento medicamentoso com vitamina A e derivados não apresentou resultados significativos. A taxa de transformação maligna no estudo foi de 2,0% , sendo que, em todos esses casos, a primeira biópsia não revelou sinais de atipia epitelial. Diante da dificuldade de padronização de dados coletados em função dos anos estudados, da impossibilidade de revisão histopatolágica dos casos e da própria diversidade de aspectos relacionados à lesão, não foi possível definir um critério de graduação de malignidade. Para o futuro, novos estudos prospectivos devem ser realizados, com rigorosa padronização de obtenção de dados clínicos e histopatológicos.

Palavras-chave: Leucoplasia oral; Câncer bucal; Lesão cancerizável. Diagnóstico; Precoce; Auto-exame.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Epidemiologia e prevenção, das patologias bucais; saúde coletiva.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: