Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção

Dissertações Defendidas - 2020

Título: Cadeia Produtiva do Setor de Cosméticos Orgânicos e sua Integração com as Práticas Verdes
Autor(a): Janaina Aparecida Ribeiro Nunes
Orientador(a): Profa. Dra. Silvia Helena Bonilla 
Data: 15/01/2020
Resumo: Tradicionalmente, o foco da cadeia de produção é diminuir o custo e aumentar a eficiência sem nenhuma abordagem ambiental. Empresas do setor de cosméticos, perfumaria e higiene pessoal estão recorrendo aos elos da cadeia produtiva com o objetivo de entender quais aspectos poderiam ser melhorados para ser tornarem mais sustentáveis. Para solucionar a falta de regulamentação sobre a produção de cosméticos orgânicos, as empresas estão contratando certificadores de produtos orgânicos como o COSMOS europeu e o IBD brasileiro, o que implica no atendimento de uma série de diretrizes que atingem quase todas as partes da cadeia produtiva. Esse processo resulta em um selo de aprovação, garantindo mais segurança e transparência ao consumidor. No entanto, as diretrizes em si não são suficientes para tornar a cadeia de produção mais sustentável devido a suas restrições, portanto, a adoção de práticas como os conceitos de Green Supply Chain e de Life Cycle Thinking podem promover alternativas limpas e reprogramar todo o ciclo de produção do produto. O objetivo desta pesquisa foi identificar possíveis práticas ao longo da cadeia de suprimentos de cosméticos, por meio das diretrizes COSMOS e IBD, com práticas de cadeia de suprimentos verdes, alinhar a cadeia de suprimentos de produtos sustentáveis ​​com a abordagem do pensamento do ciclo de vida e analisar os pontos de aderência e conflito de cosméticos orgânicos. A pesquisa bibliográfica foi utilizada para responder à pergunta da pesquisa, onde se concluiu que há necessidade de investir em tecnologia e inovação, além de promover conexões entre elos da cadeia, do fornecedor ao descarte do produto final.

O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil (CAPES) - Código de Financiamento 001

Palavras-chave:Cosméticos. Cosméticos orgânicos. Sustentabilidade. Green supply chain. Cadeia de suprimentos. Life cycle thinking
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Projeto: Indústria 4.0: Aspectos Tecnológicos, Econômicos, Sociais e Ambientais.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq:Indústria 4.0: Aspectos Tecnológicos, Econômicos, Sociais e Ambientais.


Título: Uma análise da gestão do estoque para tomada de decisões estratégicas no segmento de medicamentos
Autor(a): Adriana Formigone
Orientador(a): Prof. Dr. José Benedito Sacomano 
Data: 02/03/2020 
Resumo: O cenário mercadológico de medicamentos no Brasil vem crescendo a cada ano com o aumento do consumo de medicamentos. Considerando a grande variedade dos mesmos no mercado nacional, a gestão do armazenamento, movimentação e sua distribuição se tornaram um desafio para as indústrias farmacêuticas, e a gestão do estoque de medicamentos é uma das atividades logísticas de maior responsabilidade frente às exigências legislativas, comerciais e estratégicas das empresas. Sobre esse aspecto, a terceirização da gestão dos armazéns pelas indústrias fabricantes vem se apresentando como estratégica no desenvolvimento da integração de suas atividades junto aos fornecedores e clientes. Nesse cenário o objetivo proposto para este estudo será uma análise da aplicabilidade do uso do sistema de gestão WMS na tomada de decisão sobre o gerenciamento do estoque de medicamentos pelos Operadores Logísticos. A metodologia adotada foi a análise exploratória, composta de duas etapas, sendo a primeira, uma revisão bibliográfica através da busca por periódicos nas plataformas de pesquisa, ressaltando os possíveis benefícios do sistema WMS na gestão do estoque. Em uma segunda etapa, os dados foram confrontados através do estudo de caso da percepção dos usuários do sistema WMS. Para tanto, os usuários responderão sobre a performance do sistema frente às funções apontadas pelas referências pesquisadas. Os resultados indicaram que, em 100% dos entrevistados houve aplicabilidade do uso do sistema de gestão WMS nas atividades de armazenamento relacionadas ao direcionamento dos medicamentos, no controle do inventário e planejamento do estoque, específica da área de expedição, nas atividades documentais de entrega, nota fiscal, guia de remessa e no controle da saída de produtos do estoque. Os dados gerados neste estudo contribuirão para uma análise conclusiva sobre a percepção dos usuários sobre a eficiência do sistema WMS.

Palavras-chave: Medicamento, Gestão de Estoque, Estratégia, Integração, WMS.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Projeto: Indústria 4.0: Aspectos Tecnológicos, Econômicos, Sociais e Ambientais.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq:Indústria 4.0: Aspectos Tecnológicos, Econômicos, Sociais e Ambientais.


Título: Obstáculos Enfrentados pelo Empreendedorismo Inovador com Base Tecnológica no Brasil
Autor(a): Alan de Carvalho Gonçalves
Orientador(a): Profa. Dra. Márcia Terra da Silva
Data: 17/06/2020
Resumo: O empreendedorismo é de suma importância, não somente para a sociedade, mas também para o crescimento e desenvolvimento do país. O surgimento das startups mostra-se uma tendência de grande crescimento, principalmente pelos empreendedores iniciantes. Porém, as mudanças na forma de abrir, gerir e conduzir uma startup é diferente das empresas tradicionais, já conhecidas no mercado. Por esse motivo, o objetivo geral desse trabalho é enfatizar as dificuldades pelas quais os empreendedores passam para consolidar seu empreendimento no mercado brasileiro. Já os objetivos específicos são: identificar na literatura as dificuldades encontradas pelos empreendedores de startups no Brasil e verificar a maneira como os empreendedores atuam para contornar tais dificuldades. Para atingir os objetivos em questão, foi aplicado um questionário Likert contendo 18 perguntas fechadas para empreendedores em fase inicial de desenvolvimento de uma startup. Os resultados apontaram que a falta de conhecimento da administração financeira por parte dos sócios, restrições financeiras iniciais e conflito entre os sócios são as dificuldades mais presentes na opinião de empreendedores.

Palavras-chave: Empreendedorismo. Startup. Dificuldades encontradas pelos empreendedores.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Projeto: Indústria 4.0: Aspectos Tecnológicos, Econômicos, Sociais e Ambientais.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Indústria 4.0: Aspectos Tecnológicos, Econômicos, Sociais e Ambientais.


Título: Um Estudo Exploratório da Transição da Indústria 4.0 para a Sociedade 5.0
Autor(a): João José Giardulli Junior
Orientador(a): Prof. Dr. Rodrigo Franco Gonçalves
Data: 19/08/2020
Resumo: As inovações tecnológicas têm sido uma constante no mundo e têm provocado grandes revoluções não só na economia de escala, mas também nas possibilidades de personalização de produtos e na maneira como as pessoas estão vivendo. Este trabalho tem o objetivo de apresentar estas inovações ajudando a entender os fenômenos, tanto da Quarta Revolução Industrial como o da recém criada no Japão, Sociedade 5.0. Para isso foi desenvolvida uma revisão da bibliografia e análise documental. Como resultado alcançados temos que os desafios que se apresentam não são pequenos, porém suscitam oportunidades de melhorias em várias áreas da sociedade desde que, para isso, sejam criadas políticas públicas que fomentem a criação de manufaturas inteligentes, o aproveitamento de energias renováveis e uma melhor distribuição de renda na sociedade como forma de sobrevivência do próprio modelo capitalista vigente.

Palavras-chave: Indústria 4.0. Sociedade 5.0. IoT. CPS. Cibernética. Sistema.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Projeto: Indústria 4.0: Aspectos Tecnológicos, Econômicos, Sociais e Ambientais.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Indústria 4.0: Aspectos Tecnológicos, Econômicos, Sociais e Ambientais.