Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção

Dissertações Defendidas - 2011

Título: Cadeias de Suprimentos Leagile - Modelando o Novo Perfil das Cadeias de Suprimentos
Autor(a): Alexandre Arnaldo Boschi
Orientador(a): Mario Mollo Neto
Data da defesa: 16/03/2011
Resumo: A globalização da economia e a crescente demanda pressionam as empresas em busca de vantagens competitivas para manter a lucratividade e atender os clientes nos prazos, na qualidade, no custo e no tempo requerido. A fidelidade do cliente passou a exigir novas formas de atuação. A concorrência já não é mais uma disputa entre empresas, mas entre as cadeias de fornecimento. Os modelos de manufatura utilizados na história mostraram uma adaptabilidade ao momento em que eles ocorreram. A produção artesanal, a manufatura em massa de Henry Ford e o sistema de manufatura enxuta da Toyota são paradigmas estratégicos de gestão que possibilitaram as empresas obter resultados. A logística acompanhou a evolução da manufatura e desenvolveu novas formas de suprir os materiais no prazo, no custo, e na qualidade desejada. Anos mais tarde, os conceitos foram aplicados nas cadeias de suprimentos. O modelo “lean” alcançou resultados significativos em ambientes estáveis, com demanda conhecida e previsível. Em 1991, um novo modelo batizado de ágil, foi identificado como sendo o mais adequado para aplicação em mercados voláteis e de demanda incerta. Esse novo modelo cria um novo fator de competitividade, com respostas rápidas às demandas requeridas pelos clientes. A combinação dos modelos “lean” e ágil formam o modelo “leagile”, que se mostrou adequado para ser aplicado em ambientes de demanda volátil e variáveis. O modelo “leagile” permite as empresas e redes adequarem o perfil para enfrentar a volatilidade dos mercados obtendo assim, vantagens competitivas. O modelo é particularmente importante nos casos de cadeias de suprimentos que exploram os mercados em termos de custo, qualidade, tempo de resposta e nível de serviço. O objetivo deste trabalho é apresentar o processo estrutural do perfil de uma cadeia de suprimentos “leagile” por meio de propostas de ações que colaborem na modelagem deste novo modelo de gestão. A revisão bibliográfica baseia-se nos conceitos “lean” e ágil aplicados na manufatura, na logística e nas cadeias de suprimentos, e com as definições obtidas transportá-las para a cadeia de suprimentos “leagile”. Uma pesquisa exploratória qualitativa com especialistas no assunto comprovará a hipótese do modelo e confirmará uma proposta de ações implementadoras para transformar uma cadeia de suprimentos em “leagile”.

Palavras-chave: Cadeias de Suprimentos Lean; Ágil; Leagile; Desempenho.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: O caráter evolucionário do planejamento e controle da produção e as novas formas de organização do trabalho


Título: A qualidade na rede de operações produtivas das indústrias de porcelana de Pedreira
Autor(a): Pedro Mahfuz Junior
Orientador(a): Pedro Luiz de Oliveira Costa Neto
Data da defesa: 23/03/2011
Resumo: A presente dissertação buscou demonstrar, por meio de pesquisa bibliográfica e de campo, como funciona o processo de produção da porcelana na cidade de Pedreira - SP e qual modelo de qualidade é adotado pelas indústrias de porcelana pesquisadas da referida cidade. São abordados assuntos referentes à natureza da administração da produção, bem como à administração da qualidade, adotadas pelas empresas, no dia a dia de suas operações produtivas.
Os resultados do estudo também buscaram mostrar que possibilidades de melhoria poderiam ser adotadas pelas empresas, objetivando um melhor produto.
Esse estudo buscou demonstrar que a qualidade na produção da porcelana está relacionada aos materiais utilizados no processo produtivo, ao processo de fusão dos materiais, à temperatura máxima dos fornos e ao processo de acabamento com pintura final, bem como à utilização de ferramentas de práticas de gestão da qualidade.
O pesquisador apresenta propostas para obtenção de melhor qualidade, baseado em pesquisa bibliográfica e amparado pela pesquisa de campo.

Palavras-chave: Qualidade; Operações; Indústria; Porcelana.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Qualidade e produtividade


Título: Contabilidade ambiental em emergia na construção do protótipo fórmula UNIP
Autor(a): Carlos Alberto Ferreira de Lima
Orientador(a): Cecília Maria Villas Bôas de Almeida
Data da defesa: 27/06/2011
Resumo: A competição Fórmula SAE nasceu nos Estados Unidos na década de 80 e é destinada a alunos de graduação e pós-graduação em Engenharia, os quais são desafiados a conceber, projetar, fabricar e competir com um minicarro de corrida monoposto, tipo fórmula. O Projeto Fórmula UNIP envolve uma equipe composta por doze alunos de todos os semestres das Engenharias Mecânica, Mecatrônica, Elétrica e Eletrônica. Durante um ano, os alunos constroem um protótipo para a competição. Este estudo apresenta a contabilidade ambiental em Emergia deste projeto, assim como avalia a informação recebida pelo aluno nas etapas de construção, treino e corrida, utilizando a metodologia de Odum. A avaliação em emergia foi dividida em três etapas: avaliação da etapa de construção (uso de laboratórios, infraestrutura e mão de obra), avaliação da etapa de treino (infraestrutura da unidade de São José dos Campos) e avaliação da competição (pista de corrida). Calculou-se a emergia das entradas de materiais, da mão de obra e da  informação transmitida aos alunos durante cada etapa. A distribuição do uso de recursos é avaliada e observou-se que as etapas sob responsabilidade da Universidade Paulista empregam 78% da emergia total do projeto. Observou-se ainda que a informação recebida pelo aluno participante do projeto Fórmula UNIP tem um importante papel em sua formação, com um acréscimo de 16% no total de sua carga horária por causa de sua participação no projeto. A comparação entre o projeto Fórmula UNIP e as demais equipes que participam da competição, também é realizada, assim como o cálculo da emergia total da competição Fórmula SAE Brasil no ano de 2009.

Palavras-chave: Contabilidade em Emergia; Fórmula UNIP; Informação.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Produção Mais Limpa e Ecologia Industrial
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Produção e meio ambiente


Título: O impacto das tecnologias de informação sobre o corpo discente de instituições de ensino superior
Autor(a): Mara Cynthia Ferreira de Carvalho
Orientador(a): Ivan Pérsio de Arruda Campos
Data da defesa: 01/07/2011
Resumo: Este estudo propõe uma mudança de paradigmas na educação em relação à necessidade da utilização de tecnologias nas Instituições de Ensino Superior (IES). Tem como foco principal a preparação de uma geração muito habilidosa e competente – Geração Y - para um mercado de trabalho ainda despreparado para absorvê-la. A forma como as novas gerações, hoje chamadas gerações digitais, interagem com as tecnologias não pode mais ser desprezada pelas universidades.  A grande maioria dos professores universitários é imigrante digital, ao passo que os alunos são nativos digitais, portanto, parece claro que gerações diferentes reconheçam a tecnologia de maneira diferente, embora docente e discente se esforcem para interagir da melhor maneira possível. Pode haver um relacionamento muito produtivo entre os dois, desde que o professor se qualifique para poder utilizar as novas tecnologias e, assim, obter maior interesse e participação daquela que se constitui no objeto principal do presente estudo. Cabe ainda à universidade o apoio tecnológico ao professor e ao aluno, no que se refere a equipamentos e adequação de salas de aula para que se possa proporcionar um novo estilo de ensino. O embasamento teórico deste estudo está não só nas novas tecnologias aplicadas ao ensino, como no desenvolvimento, necessidades e ansiedades da Geração Y. Explora-se, ainda, a história da educação, que contextualiza a problemática aqui abordada. Estuda-se o surgimento de tecnologias e suas aplicações nas universidades. Com a intenção de investigar as necessidades educacionais das gerações digitais, tanto no ensino presencial como no ensino a distância (EaD), realizou-se pesquisa de campo com alunos universitários das Gerações X e Y, oriundos de universidades, cursos e ciclos diferentes. Os resultados dessa investigação apresentam real necessidade de mudança de paradigmas, pois não basta apenas a inclusão das tecnologias nas universidades. É necessária a customização não só do ensino presencial como do EaD, para que se possa atender às necessidades educacionais da Geração Y.

Palavras-chave: Geração Y; Tecnologia; Educação; Qualidade; Efetividade.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Métodos Quantitativos em Engenharia de Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq:


Título: Análise e critérios de tomada de decisões baseados na técnica de data mining
Autor(a): Pedro Duarte Filho
Orientador(a): Ivan Pérsio de Arruda Campos
Data da defesa: 01/07/2011
Resumo: Os problemas encontrados nos hospitais em diagnóstico do câncer de colo de útero são devido à falta de um critério de decisão no encaminhamento correto de atendimento ambulatorial  por envolver análise citológica, de diferentes laboratórios, gerando altas taxas de ocupação dos profissionais envolvidos, e de mão de obra especializada e  equipamentos hospitalares.
O objetivo deste trabalho  consistiu na escolha de um critério de decisão que possa atuar como um ferramenta de otimização dos tempos profissionais e melhoria no aproveitamento da mão de obra e equipamentos hospitalares, baseado na técnica do Data Mining  desenvolvida especialmente para esse caso e com aplicação genérica em outros casos que não os da área médica. 

Palavras-chave: Tomada de decisões;técnica de data mining.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Métodos Quantitativos em Engenharia de Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq:


Título: Um Simulador de Aprendizagem Organizacional e o seu Relacionamento com as Operações de Manufatura
Autor(a): Edson Correia de Melo
Orientador(a): José Benedito Sacomano
Data da defesa: 01/07/2011
Resumo: As empresas vêm buscando seu desenvolvimento com resultados que as tornem competitivas. Oferecer aos seus clientes velocidade, flexibilidade e baixos custos é uma questão de sobrevivência no mercado, afora a qualidade, inerente ao produto/serviço. A tecnologia tem sido uma grande aliada, mas também, uma preocupação; o mercado não dispõe de mão de obra suficientemente qualificada para suprir essa demanda crescente. A baixa oferta de profissionais capacitados tem feito com que as instituições, educacionais ou empresariais, procurem novas formas de oferecer ao profissional diferenciais que garantam também a sua própria competitividade. Diante de tal necessidade e da ineficiência dos conceitos, até então usados para a formação do adulto profissional, a andragogia passou a ser mais estudada e aplicada à formação do “aluno-aprendiz”, que diante de situações que simulam suas atividades profissionais, atuais ou futuras, sente-se mais seguro em discutir os resultados obtidos. As simulações ou jogos de empresa têm se mostrado uma excelente ferramenta para a formação adequada do profissional e podem colocar a empresa em melhores condições de responder às exigências do mercado.

Palavras-chave: Aprendizagem; Competitividade; Conhecimento; Qualificação.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Qualidade e produtividade


Título: Prospecção do cenário da exportação de suco de laranja brasileiro utilizando análise de redes
Autor(a): Renato Marcio dos Santos
Orientador(a): Irenilza de Alencar Nääs
Data da defesa: 01/07/2011
Resumo: Este estudo analisa a cadeia de suprimentos do suco de laranja para entender a dependência dos atores que compõem esta rede de empresas e como eles se comportaram em um período temporal (2005 a 2009). Foram levantados os dados de produção de suco de laranja no período visando à exportação, bem como as seguintes características da cadeia de suco de laranja brasileira: influência individual e coletiva dos atores na cadeia, os efeitos resultantes do comportamento e do relacionamento deles, as estratégias elaboradas para minimizar possíveis impactos negativos para toda a rede, os fatores de risco do negócio e as prováveis soluções que as empresas do setor estão adotando para mantê-las competitivas. A análise foi elaborada utilizando-se o programa computacional UCINET® e a interface gráfica NETDRAW®. Foi usado um questionário on-line para verificar outros indicadores que contribuem para manter a cadeia de suprimentos do suco de laranja equilibrada e produtiva. Os resultados indicaram que houve certa variação do fluxo de suco no período estudado. Foi possível identificar que as relações entre importadores, exportadores de suco de laranja e produtores de laranja apresentaram crescimento durante o período, constando crescimento do volume de suco exportado, bem como o aumento nos fluxos financeiros. Nas respostas do questionário foi possível identificar que 59% dos participantes consideram que a confiança é um fator relevante dentro da rede e que 28% acreditam existir alianças estratégicas em alguns casos, enquanto que 24% defendem a possibilidade de sempre haver essas alianças, e que os principais responsáveis por essas alianças são os produtores de laranja, a indústria de processamento e os transportadores de suco de laranja, e que se apresentam ainda, como complicadores da comercialização desta cadeia, os órgãos fiscalizadores do governo.

Palavras-chave: Rede de Empresas; Cadeia de Suprimentos; Alianças Estratégicas; Produção de Suco de Laranja.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Redes de empresas e cadeias produtivas - Redepro


Título: Estudo de Estações de Tratamento de Água a partir da Síntese em Emergia
Autor(a): Pedro José Gabriel Ferreira
Orientador(a): Silvia Helena Bonilla
Data da defesa: 02/08/2011
Resumo: Neste estudo foi utilizada a Contabilidade em Emergia para avaliação de duas estações de tratamento de água, localizadas no Estado de São Paulo, que captam água de mananciais localizados em duas porções de uma mesma bacia hidrográfica - uma preservada e outra ocupada por uma grande quantidade de habitantes, o Alto e o Baixo Cotia. O gerenciamento adequado dos recursos hídricos se faz necessário, considerando o trabalho da natureza para gerar a água, o uso e a ocupação dos solos dentro da bacia hidrográfica, a coleta e o tratamento de esgoto doméstico e industrial e a destinação adequada do lodo gerado. A comparação e simulação de novos cenários foram realizadas utilizando o Diagrama Emergético Ternário, que mostrou a dependência de cada sistema aos recursos renováveis, não renováveis e provenientes da economia. Para a avaliação dos sistemas hídricos, contemplando não só o tratamento, mas também as condições da bacia hidrográfica, foi desenvolvido o Diagrama da Água, ferramenta que possibilita a avaliação da eficiência global das ETA e a necessidade de adequação das políticas públicas de preservação. Como resultado do estudo é apresentada a Emergia por volume, necessária para o tratamento de água na ETA Baixo e na ETA Alto Cotia, respectivamente, 1,68x1013 e 1,19x1012 sej/m³. A transformidade específica do lodo gerado (em base seca) foi calculada, possuindo valor de 2,82x1011 sej/g para a ETA Baixo Cotia e 3,73x1010 sej/g para a ETA Alto Cotia. A melhor alternativa para a disposição do lodo em ambas as ETA é a disposição em aterro sanitário, com emergia de 3,13x1016 sej/ ano para o Baixo Cotia e 2,29x1016 sej/ano para o Alto Cotia. Os resultados do estudo indicam que existe a necessidade de se criar um sistema de gerenciamento adequado para os recursos hídricos na RMSP, com ferramentas de análise apropriadas, que contemplem o uso e ocupação do solo das bacias hidrográficas, a coleta e tratamento do esgoto doméstico, possibilitando uma melhor eficiência global dos sistemas de tratamento de água e alternativas de disposição do lodo.

Palavras-chave: ETA; Emergia; Diagrama da Água; Diagrama Emergético Ternário.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Produção Mais Limpa e Ecologia Industrial
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Produção e meio ambiente


Título: Aterro sanitário São João: estudo dos indicadores ambientais em emergia
Autor(a): Geslaine Frimaio da Silva
Orientador(a): Cecília Maria Villas Bôas de Almeida
Data da defesa: 03/08/2011
Resumo: Este estudo realiza o cálculo dos indicadores da síntese em emergia do aterro sanitário São João na cidade de São Paulo, que possui um Projeto de Compensação Ambiental e Produção de Energia Elétrica utilizando o biogás como combustível. Comparam-se três cenários: o aterro sanitário (cenário 1), o aterro sanitário com Projeto de Compensação Ambiental (cenário 2) e o aterro sanitário com Projeto de Compensação Ambiental e Produção de Energia Elétrica (cenário 3). A metodologia apresenta resultados sintéticos e de fácil entendimento, que auxiliam na busca do desenvolvimento ambientalmente correto e sustentável. As análises realizadas indicam que o cenário 3 faz melhor uso de recursos renováveis, qualificando-se como o sistema mais sustentável entre os estudados, contribuindo assim para a redução do estresse ambiental.

Palavras-chave: Emergia; Aterro Sanitário; Biogás; Compensação Ambiental; Sustentabilidade.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Produção Mais Limpa e Ecologia Industrial
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Produção e meio ambiente


Título: A Gestão de Organizações por Redes de Empresas como Estratégia Competitiva - Um Estudo de Caso de uma Empresa do Setor de Telecomunicações
Autor(a): Oswaldo Egydio Gonçalves Junior
Orientador(a): José Benedito Sacomano
Data da defesa: 23/08/2011
Resumo: O setor de telecomunicações mundial e no Brasil está sendo pressionado por maior rentabilidade e competitividade entre as empresas. A variedade de soluções tecnológicas existentes traz não só incertezas quanto à adoção das novas tecnologias, mas também em relação à implantação de modelos de negócios. Essa pressão pela competitividade levou as operadoras de telecomunicações a adotarem a formação de alianças empresariais como uma alternativa eficiente para aumentar sua competitividade. A estruturação da empresa em redes e a formação de redes de cooperação objetivam criar uma diferenciação e manutenção de sua posição no mercado. Nessa conjuntura de elevada competitividade e de incertezas em que se situam as empresas de telecomunicações, é importante e relevante que não só as iniciativas estratégicas relativas à formação de redes de cooperação sejam adotadas, mas também, deverão ser adequadamente geridas, tornando-se um elemento diferenciador e sustentador da competitividade empresarial.
Este estudo teve como objetivo identificar e analisar as estratégias de cooperação que buscam aumentar a competitividade e o desempenho das empresas do setor de telecomunicações por meio de um estudo de caso, no qual foi focada a empresa Telefônica SP (São Paulo), pertencente a holding “Telecomunicações de São Paulo S/A – TELESP“. Segundo os principais resultados do estudo, tanto a empresa, ao se constituir em rede, bem como os demais participantes da mesma, tiveram como principais benefícios as ações de marketing, o aumento do poder de negociação, maior penetração no mercado em diferentes segmentos e o acesso a novas tecnologias. As redes de empresas constituem-se em uma importante alternativa competitiva e são necessárias atividades que estimulem o desenvolvimento de cultura cooperativa e associativa de empresas em rede.

Palavras-chave: Redes de Empresas; Redes de Cooperação; Competitividade; Governança.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: O caráter evolucionário do planejamento e controle da produção e as novas formas de organização do trabalho


Título: Estudo das iniciativas tecnológicas para suporte ao BPM: análise de ferramentas CASE e sua aderência aos padrões de negócio das organizações. Um Estudo de Caso.
Autor(a): Fábio Luiz Quirino Homem
Orientador(a): Ivanir Costa
Data da defesa: 29/08/2011
Resumo: As organizações têm complexos desafios competitivos em gestão: a concorrência global, a adequabilidade dos produtos e serviços a diversos clientes, formas e nichos, a redução de custos e o uso conveniente do computador e sistemas de informação. A Tecnologia da Informação (TI) tem contribuído na automação de sistemas administrativos e operacionais, na permissão de facilidade de acesso e na mobilidade e redução dos custos, permeando e permitindo à organização e aos seus gestores, a tomada de decisões de forma mais acurada e precisa. As iniciativas de melhorias organizacionais, por outro lado, têm contribuído para a otimização estrutural das organizações e no entendimento estruturado e organizado dos seus processos de negócio. As atividades de negócio das organizações, ou processos de negócio, têm sido alvo das ações de uso da TI, por meio de ferramentas computacionais especialistas, que permitem o registro e mapeamento estruturado dessas atividades, levando ao redesenho e automação. O uso destas ferramentas contribui para a eficiência e eficácia das ações internas e externas à organização, do uso adequado da TI em sistemas aderentes ao negócio e para a gestão por meio de informações gerenciais corretas, simulação e orquestração de processos e indicadores de desempenho. Este trabalho desenvolveu um levantamento de iniciativas da indústria de software orientado à gestão e modelagem dos processos de negócio, comparando seus resultados em uma matriz. Além disso, realizou um estudo de caso, pesquisando a usabilidade prática de uma Ferramenta CASE, em uma empresa do ramo logístico, mapeando os resultados práticos de tal uso. Trata-se de um trabalho orientado ao estudo das ferramentas de modelagem de processos de negócio, demonstrando diversas metodologias, técnicas, notações e artefatos metodológicos.

Palavras-chave: Processos de Negócio; Ferramentas CASE; Modelagem.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Produção em software


Título: Um Estudo de Caso em Instituição Pública de Ensino Superior na Gestão da Aquisição de Bens e Serviços
Autor(a): Éder Gulart Monteiro
Orientador(a): Ivanir Costa
Data da defesa: 30/08/2011
Resumo: Nas instituições públicas de ensino superior (IES), o processo de aquisição de bens e serviços é regulamentado por leis que determinam as condições legais e a forma de adquiri-los. Devido à crescente demanda de informações para tomada de decisão pelos gestores e devido à sua complexidade, existe a necessidade de se aprimorar o processo de execução das compras públicas. Com este foco, a utilização do Business Process Management (BPM), como uma ferramenta de gerenciamento de processos de negócio, pode contribuir de forma significativa, uma vez que seu enfoque está na habilidade de reconhecer, descobrir e descrever processos de negócio. O objetivo desse trabalho é, utilizando o método do estudo de caso, avaliar a situação atual dos procedimentos e do fluxo de informações para realização das atividades de compras e contratações de bens e serviços de uma IES do estado de Santa Catarina. Com apoio da ferramenta BPM, identificaram-se as necessidades e os tipos de informações relevantes ao processo de compras. Posteriormente, diagramou-se o processo atual, apontaram-se possíveis melhorias e, finalmente, propôs-se uma remodelagem do processo.  

Palavras-chave: Gestão por processos, BPM, licitação.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Produção em software


Título: Modelo de gerenciamento do atendimento a alunos nas instituições de ensino superior: um estudo de caso
Autor(a): Ruy Guérios
Orientador(a): Ivanir Costa
Data da defesa: 28/11/2011
Resumo: O segmento de Ensino Superior privado no Brasil tem crescido vertiginosamente, de 1990 até hoje. A competitividade no setor está muito acentuada, principalmente com a entrada dos grandes grupos educacionais no mercado de ações a partir de 2006. Estes operam a sua expansão por meio da aquisição de Instituições de Ensino Superior (IES) e impõem disputa de preços no segmento, voltada à dominação do mercado de Ensino Superior no País. Por este motivo, as IES estão buscando soluções que envolvem o uso de tecnologias educacionais como a do EAD (Ensino a Distância) para se diferenciarem no mercado, e também a utilização de Tecnologias de Informação (TI) aplicadas na sua gestão, para se profissionalizarem, reduzindo seus custos e melhorando seu gerenciamento. Este trabalho apresenta um estudo de caso de desenvolvimento de modelo de gerenciamento do processo de atendimento ao aluno em IES, de modo a mitigar as altas taxas de evasão do setor. Para a sua realização, alguns passos foram seguidos: a partir do referencial teórico e revisão bibliográfica, identificaram-se os cenários atuais e futuros da educação superior no Brasil e no mundo, de modo a levantar os principais fatores relevantes no processo de gestão do relacionamento com os alunos clientes das IES. Outro passo foi o estudo das ferramentas de TI e de gestão atuais, possíveis de serem aplicadas à gestão dos atendimentos administrativos aos alunos. Entre muitas se estudou: a SNA (Análise das Redes Sociais), a BPMN (Modelagem de Processos de Negócio) e a CRM (Gestão do Relacionamento com o Cliente), para utilizá-las no levantamento do processo e do modelo de atendimento na IES foco do estudo. Os resultados obtidos, no estudo da rede de atendimento da IES, demonstram: que o atributo densidade da rede pode ser utilizado como um indicador de desempenho geral, permitindo análises de desempenho e estudos de melhoria dos serviços da rede; que a utilização de BPMN para modelar o processo atual permite um conhecimento mais detalhado do processo de atendimento, promovendo um aprimoramento da relação de responsabilidade pelo atendimento entre os responsáveis pelos vários setores envolvidos e uma maior integração da equipe de trabalho composta pelos atores da rede, para propor melhorias no trinômio Pessoas - Processos - TI e Sistemas, com o objetivo de apresentar e modelar um novo processo de atendimento que possa ser implantado e melhor gerenciado.

Palavras-chave: Atendimento ao aluno; Análise de redes sociais; Ensino Superior.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Processos, métodos e ferramentas de TI aplicados à Engenharia de Produção


Título: Concorrências públicas e o desperdício de recursos públicos pela (não) qualidade.
Autor(a): Nicola Acquaviva Neto
Orientador(a): Pedro Luiz de Oliveira Costa Neto
Data da defesa: 30/11/2011
Resumo: O tema ‘Qualidade’ para o mundo ocidental tornou-se importante a partir da década de 1970 quando se deu a invasão dos mercados americanos e europeus por produtos oriundos do Japão, mas para os orientais, o assunto já vinha sendo tratado com seriedade desde os anos 1950.  A partir dos anos 1990, o mundo assiste à globalização e a consequente redução de custos de produção, com consequente aumento de produtividade e competitividade. Surgem  normas sobre qualidade, meio ambiente e outras, além da introdução de novas ferramentas de gestão, tais como: Critérios de Excelência, como os da Fundação Nacional da Qualidade, Balanced ScoreCard, Aprendizado Organizacional, Gestão do Conhecimento, Desenvolvimento Sustentável e Cultura da Inovação, dentre outras. A partir de 1988 ocorre no Brasil a promulgação da Constituição Federal e de leis que normalizam as mais diversas atividades do ESTADO. Por outro lado, pouco se tem dito sobre os custos que envolvem o ESTADO e muito menos sobre o desperdício de recursos públicos pela não Qualidade associada a estas atividades.  A proposta desta dissertação é buscar suprir esta lacuna e, a partir de um estudo de caso, iniciar uma discussão a respeito dos mesmos. O caso estudado é a Linha 4 – Amarela do metrô de São Paulo, no qual estão presentes todas as disciplinas da engenharia, da economia, da administração e outros ramos do saber, suas interações e o benefício que esta obra representa para a sociedade paulistana, paulista e brasileira.

Palavras-chave: Qualidade; Custos; Legislação; Normas.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Qualidade e produtividade


Título: Sistema de treinamento autoadaptável para empresas e instituições de ensino
Autor(a): Claudio Ferreira de Carvalho
Orientador(a): Ivan Pérsio de Arruda Campos
Data da defesa: 01/12/2011
Resumo: Este trabalho propõe “Sistemas de Treinamento Autoadaptáveis”, utilizando tecnologias oriundas de “Sistemas de Tutores Inteligentes (STI)”, de maneira que o sistema interaja com o aprendiz, procurando identificar suas dificuldades e, em função destas, proponha revisões e novas atividades focadas nos pontos fracos demonstrados durante a realização de atividades anteriores. Esses “Sistemas de Treinamento Autoadaptáveis” podem ser utilizados por diversos tipos de organizações, tais como: “Instituições de Ensino”, “Cursos que se dedicam a treinamento e reciclagem de pessoal”, “Departamentos de treinamento de empresas”, ou seja, qualquer entidade que deseje produzir treinamentos que tenham como diferencial a adaptação às necessidades individuais de cada um de seus aprendizes. Para facilitar a integração do usuário com o aprendizado e a utilização dos resultados por empresas e instituições, este trabalho propõe que o material seja dispo-nibilizado em “Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVAs)”, permitindo ao aprendiz utilizar-se da comunicação com tutores e orientadores para o atendimento a dúvidas e propiciando à empresa um histórico do cumprimento das metas de aprendizagem. Ainda objetivando maior disponibilidade do material, este poderá também ser distribuído na forma de M-learning, de maneira a possibilitar a aprendizagem por meio de telefones celulares, PDAs, smartphones, iPads, iPhones, tablets e até e-books.

Palavras-chave: Treinamento Inteligente; Treinamento por Computador; EAD; STI.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Métodos Quantitativos em Engenharia de Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Processos, métodos e ferramentas de TI aplicados à Engenharia de Produção


Título: Reconhecimento de caracteres numéricos manuscritos utilizando redes neurais artificiais paraconsistentes
Autor(a): Fábio Luís Pereira
Orientador(a): Jair Minoro Abe
Data da defesa: 06/12/2011
Resumo: Esta pesquisa dirige-se ao desenvolvimento de uma aplicação da Lógica Paraconsistente Anotada Evidencial Et como modo de tratar problemas fenomenais, utilizando-se evidências empíricas e levantamentos teóricos. No caso deste trabalho, a questão a ser resolvida está circunscrita pelo Reconhecimento de Padrões, especificamente de caracteres numéricos manuscritos, implementado em sistema computacional. O objeto de pesquisa tem como foco a forma pela qual a aplicação é desenvolvida, excetuando-se a delimitação, a extração e o tratamento de imagens. Partindo-se da Célula Neural Artificial Paraconsistente padrão (CNAP) foram desenvolvidas as outras células que compõem a Rede Neural Paraconsistente (RNAP). Além do levantamento teórico, elaborou-se o Reconhecedor de Caracteres Numéricos Manuscritos Paraconsistente, composto por três tipos de CNAP’s: na parte primária, há as Células Neurais Artificiais Paraconsistentes de aprendizado (CNAPa’s), que memorizam e propagam os padrões apresentados; na segunda camada, tem-se as Células Neurais Artificiais Paraconsistentes de decisão (CNAPd’s), com o objetivo de estabelecer o Grau de Evidência entre os padrões armazenados nas diversas CNAPa's e os apresentados na entrada da rede; e a terceira é composta pelas Células Neurais Artificiais Paraconsistentes de Conexão lógica simples (CNAPCls's) e formatada para maximização estabelecendo um valor como vencedor.

Palavras-chave: Lógica Paraconsistente Anotada Evidencial Et; Algoritmo Para-analisador; Reconhecimento de Padrões.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Métodos Quantitativos em Engenharia de Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Grupo de lógica paraconsistente e inteligência artificial


Título: Redes sociais intraorganizacionais: uma análise da utilização de telefonia VoIP intercampi de uma instituição de ensino público estadual
Autor(a): Ecila Alves de Oliveira
Orientador(a): Mario Mollo Neto
Data da defesa: 12/12/2011
Resumo: A presente pesquisa tematiza o uso da telefonia VoIP no intento de verificar o mapeamento das interações entre as unidades universitárias de uma instituição de ensino que possui unidades em 23 cidades do Estado de São Paulo. Para esta universidade, o uso das ferramentas de análise de redes sociais – ARS (SNA, Social Network Analysis), por meio de seus indicadores, torna-se útil quanto à utilização eficaz da tecnologia VoIP nestas unidades. Os resultados mostram uma rede com densidade classificada entre boa e ótima entre os atores, e uma subutilização do recurso por parte de cada ator da rede em relação à quantidade de segundos utilizados no período da pesquisa. A principal dificuldade apontada reside no desconhecimento por parte dos usuários na forma de utilização. Por causa desta subutilização foram feitas propostas de melhoria para aprimorar o uso do sistema, aperfeiçoar a comunicação, estreitar o relacionamento entre os pares e, desta forma, reduzir custos com telefonia. Neste sentido, a aplicação da ferramenta proposta torna-se de grande utilidade ao ser aplicada em um plano de gestão administrativo.

Palavras-chave: Análise de Redes Sociais; Indicadores Estruturais; Instituição de Ensino Superior Estadual; Rede Intraorganizacional.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Processos, métodos e ferramentas de TI aplicados à Engenharia de Produção


Título: Estruturação da gestão de conhecimento na área da pesquisa acadêmica
Autor(a): Graziella Elisandra de Lima
Orientador(a): Ivanir Costa
Data da defesa: 19/12/2011
Resumo: Este estudo apresenta o compartilhamento e a transferência de informações entre docentes e alunos do curso de Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção da Universidade Paulista (UNIP). A proposta constitui o desenvolvimento de uma estruturação da Gestão de Conhecimento na área da pesquisa acadêmica. A revisão teórica incluiu o levantamento bibliográfico que tratou de temas teóricos como a definição do que é conhecimento, buscando exemplos de aplicação do modelo na área acadêmica e relacionando-os com Tecnologia de Informação, sistema de informações, o banco de dados e o sistema de classificação por facetas. Foi utilizado um questionário, para avaliar como e de que forma ocorre a transferência de informações e ainda perceber de que maneira a transferência de informação pode facilitar e potencializar a Gestão do Conhecimento (GC) no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção. A pesquisa de campo foi realizada  junto aos docentes e discentes do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção da UNIP.
Os resultados sinalizaram para a construção de um banco de dados, com um sistema de busca por facetas, como apoio para o processo de seleção, organização, armazenagem e recuperação de informações na pesquisa acadêmica.  Com base nesses resultados, pode-se afirmar que a Engenharia de Produção da Instituição de Ensino Superior  (IES) estudada precisa do apoio da GC de uma tecnologia que permita o uso simultâneo por todo o Programa de Pós-Graduação, estabelecendo um bom fluxo de transferência de informações entre docentes e discentes, tornando possível que a IES alcance um ambiente que propicie a criação de conhecimento e a elevação de seu nível acadêmico.

Palavras-chave: Gestão do Conhecimento; Banco de dados; Instituição de Ensino Superior.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Processos, métodos e ferramentas de TI aplicados à Engenharia de Produção


Título: Sistema de frenagem de máquina de rotulagem com controle baseado na Lógica Paraconsistente Anotada Evidencial Et
Autor(a): Hélio Corrêa de Araújo
Orientador(a): Jair Minoro Abe
Data da defesa: 20/12/2011
Resumo: Nesta dissertação apresenta-se o desenvolvimento de um sistema de frenagem para máquinas de rotulagem em geral, que utiliza a Lógica Paraconsistente Anotada Evidencial Et para o tratamento dos sinais e controle do sistema. Esse sistema é composto por um cilindro de freio eletromagnético, um sensor de ultrassom, um inversor de frequência, um controlador lógico programável (CLP) e uma placa de circuito impresso. Nessa placa fica acoplado um microcontrolador PIC, que faz o tratamento das informações vindas do sensor e do CLP. O sensor indica o tamanho da bobina de rótulo e o CLP indica a rotação do motor. Esse microcontrolador possui um software em sua memória baseado na Lógica Paraconsistente Anotada Evidencial Et, que faz o tratamento dos sinais vindos do sensor e do CLP, efetuando assim o cálculo do Grau de Certeza (Gce), para determinar com que intensidade será aplicada a frenagem no eixo de sustentação da bobina de rótulos.

Palavras-chave: Frenagem; Freio Eletromagnético; Lógica Paraconsistente Anotada Evidencial Et.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Métodos Quantitativos em Engenharia de Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Grupo de lógica paraconsistente e inteligência artificial