Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção

Dissertações Defendidas - 2009

Título: Diretrizes Estratégicas para Empresas Desenvolvedoras de Software com Foco em Produto
Autor(a): Valerio Fernandes Del Maschi
Orientador(a): Marcelo Schneck P. Pessoa
Data da defesa: 20/01/2009
Resumo: A micro e a pequena empresa brasileira do setor de software representam mais de 90% do mercado nacional. Neste cenário figuram pequenas empresas desenvolvedoras e/ou produtoras de software para atender demandas específicas orientadas a produtos. O objetivo deste trabalho é demonstrar como a revisão do propósito da organização e a elaboração de um plano estratégico com abordagem em diferentes perspectivas contribuem para o aumento da competitividade no curto prazo. As características de iteratividade e resolução de problemas demandadas pela organização objeto de estudo foram fatores determinantes para a definição dos procedimentos metodológicos como pesquisa-ação. O resultado obtido foi a garantia da competitividade por meio da medição das iniciativas do plano estratégico. A pesquisa foi realizada em apenas uma empresa, impossibilitando a generalização dos resultados. Todavia, esta característica não impede a percepção de valor e originalidade do trabalho reforçada pela aplicação dos conceitos de planejamento estratégico, parcerias, alianças estratégicas e competitividade, pouco comuns na pequena empresa brasileira.

Palavras-chave: Planejamento Estratégico. Competitividade. Software. 
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Modelos e Ferramentas para Gestão da Informação
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq:


Título: Contabilidade Ambiental e Ecodesign: Avaliação da Carga Ambiental da Produção de Embalagens para Bebidas no Brasil
Autor(a): Antonio José Monteiro Rodrigues
Orientador(a): Cecília Maria Villas Boas Almeida
Data da defesa: 02/02/2009
Resumo: O cenário atual aponta para um quadro de colapso dos recursos naturais e nos  alerta quanto à necessidade de mudanças significativas do modelo de produção e consumo atuais para alcançarmos o desenvolvimento sustentável. Nesse ponto, o Ecodesign apresenta-se como importante instrumento para o atendimento dos requisitos ambientais. Recentemente muitas propostas foram apresentadas com o intuito de auxiliar o designer no desenvolvimento de produtos ecoeficientes. Essas propostas fornecem parâmetros gerais e não servem para analisar especificamente um produto ou processo. No intuito de buscar novas formas de contribuição do design no desenvolvimento de produtos ecoeficientes, propõe-se neste trabalho a introdução da contabilidade ambiental na metodologia do design de produtos, por meio do uso de indicadores de sustentabilidade. Esta pesquisa apresenta uma ferramenta simplificada para auxiliar a metodologia do design de produtos na tomada de decisão no processo de seleção de materiais e de processos industriais. Para verificar a possibilidade de aplicação desta ferramenta, como um instrumento complementar à metodologia do design de produtos, tomam-se, para efeito de estudo de caso, os sistemas de produção das embalagens para bebidas de PET - polietileno tereftalato (0%, 40% e 51,3% de reciclagem), de alumínio (0%, 80% e 94,4% de reciclagem) e de vidro (0%, 25% e 46% de reciclagem). O estudo mostra que tanto a produção de garrafas PET como a de latas de alumínio e de garrafas de vidro utilizando matéria-prima reciclada são mais eficientes ambientalmente que os processos sem reciclagem. O trabalho também revelou que, em relação ao estresse que a atividade industrial produz no ambiente, a produção de garrafas de vidro com 46% de reciclagem apresenta-se como melhor opção para a produção de bebidas no Brasil.
Com base nestes resultados, o designer pode interferir na escolha da matéria-prima para a produção de embalagens para bebidas, durante o desenvolvimento de um produto, sugerindo o processo que apresente o melhor uso dos recursos naturais e o menor índice de carga ambiental, contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento de produtos ecoeficientes.

Palavras-chave: Desenvolvimento Sustentável; Ecodesign; Contabilidade Ambiental; Emergia.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Produção Mais Limpa e Ecologia Industrial
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Físico-química teórica e aplicada


Título: Estudo da Sustentabilidade Ambiental da Produção de Café - Com o Uso da Contabilidade em Emergia
Autor(a): Yoshisuke Ogura
Orientador(a): Biagio Fernando Giannetti
Data da defesa: 03/02/2009
Resumo: Este estudo é uma aplicação da metodologia da contabilidade em emergia de uma fazenda de café no Cerrado. No período de dez anos, entre 1997 e 2006, calculou-se as transformidades, o fluxo e os indicadores de emergia em cada ano. Constatou-se a existência de valores, em que a produtividade e a qualidade ambiental são otimizadas pela conjunção dos gráficos da transformidade e da sustentabilidade dos dois indicadores ambientais estudados. Mediante o uso da ferramenta gráfica, o estudo comparou os resultados obtidos com sistemas de plantio de café em fazendas similares na Nicarágua e no Estado de São Paulo, fora da área do Cerrado. Também apresentou-se o comportamento dos indicadores ambientais em relação à safra anual, bem como a produção. O diagrama ternário mostrou claramente que, analisando-se somente a área cultivada, a mesma se situou na região de não sustentabilidade. Ao conceito de mitigação, juntando-se a área preservada, este conjunto se situou na região de sustentabilidade a médio termo, trazendo contribuições sustentáveis para a economia. Como a produção da fazenda é primordialmente voltada para a exportação, avaliou-se as trocas ambientais e econômicas para os países importadores. Também calculou-se a contabilidade em emergia da área nativa de oitenta hectares apresentando a relação entre as áreas cultivadas e as preservadas. A fazenda atende à legislação brasileira vigente relativa à manutenção de vinte por cento de terra nativa mas, para assumir o limite mínimo de sustentabilidade ambiental, os resultados indicaram que a fazenda deveria possuir duzentos hectares de mata nativa. Também no período estudado, os resultados apresentaram um intervalo de produção, entre dez e vinte e cinco sacas de café por hectare, na qual a eficiência e o desempenho ambiental são maximizados compatibilizando, desta forma, o que se produz com a sobrevivência do ecossistema.

Palavras-chave: Emergia. Indicadores Ambientais. Cultivo do Café. Sustentabilidade Ambiental na Agricultura.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa:
Produção Mais Limpa e Ecologia Industrial
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Físico-química teórica e aplicada


Título: Gestão Estratégica da Qualidade em EAD - Educação a Distância como Fator de Competição das Instituições de Ensino: um estudo de caso
Autor(a): Jean Carlos Cavaleiro
Orientador(a): Pedro Luiz de Oliveira Costa Neto
Data da defesa: 27/02/2009
Resumo: Essa pesquisa aborda conceitos da qualidade, mais especificamente, da qualidade em serviços. O serviço foco do estudo é a Educação a Distância – EAD, que por ser uma modalidade de ensino que está em ampla ascensão, requer um estudo direcionado para entender o que é, sua realidade, os tipos existentes e as expectativas dos clientes em relação a esse serviço- fulcro da investigação. O estudo se propôs explorar conceitos, modelos e o fator qualidade na educação a distância, como também contribuir para direcionar instituições de ensino na melhoria da gestão dessa emergente modalidade.
Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratória que incluiu revisão da literatura em ensino a distância, ensino presencial, qualidade e serviços, como subsídio para um melhor entendimento dessa problemática. A fim de atingir um dos objetivos específicos da pesquisa, foi feito um estudo comparativo entre a EAD e o ensino presencial tradicional. A mensuração do padrão de qualidade foi direcionada pelo ponto de vista do aluno e foi constatado que os alunos da modalidade presencial estão mais satisfeitos do que aqueles da modalidade à distância. Esta constatação no caso estudado vai de encontro às afirmações da literatura, o que levou a considerações críticas sobre o resultado, sendo apontadas as oportunidades para melhorias cabíveis, em especial quanto ao aspecto interatividade.
A pesquisa pretende servir de direção para instituições de ensino que atuem ou pretendem atuar na EAD, pontuando o que os alunos dessa modalidade esperam do curso, o que pode facilitar uma gestão estratégica na busca da qualidade.

Palavras-chave: Qualidade. Serviços. Educação a Distância. Interatividade.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq:


Título: A Qualidade e o Conhecimento como Fatores para Melhoria de Processos
Autor(a): Paulo José Gnidarxic
Orientador(a): Pedro Luiz de Oliveira Costa Neto
Data da defesa: 27/03/2009
Resumo: Desde os primórdios, o conhecimento desempenha papel fundamental na história. Sua aquisição e aplicação sempre representaram o estímulo para as conquistas de muitas civilizações. No entanto, “saber muito” sobre algo não proporciona por si só maior poder de competição para uma organização. A satisfação do cliente é o ponto crucial para a sobrevivência no mercado competitivo. Entretanto, novas máquinas, equipamentos e tecnologias, frequentemente, são fatores de igualdade para muitas empresas que, para se destacar no mercado, investem na qualidade. Novas exigências do mercado são acompanhadas por novos processos e as suas atualizações necessitam de novos conhecimentos. As questões ligadas à qualidade e à produtividade também despontam, no mundo moderno, como essenciais à competitividade do mercado. Portanto, a gestão da qualidade e do conhecimento aparecem com relevância no contexto atual. Assim, este trabalho de pesquisa tem por objetivo verificar não só a influência do conhecimento nas principais etapas do processo produtivo da indústria de autopeças e na qualidade dos produtos fabricados como a importância do aprendizado como parte integrante da melhoria contínua da qualidade e da produtividade. A metodologia utilizada na investigação foi a pesquisa-ação, pois o autor do trabalho teve participação ativa durante a sua realização, e para a obtenção dos dados, valeu-se do estudo de caso de uma empresa de molas para veículos. Para tanto, além do referencial teórico, são apresentadas duas pesquisas: uma preliminar, na qual se verificou, pelos dados quantitativos, que os índices de qualidade melhoraram consideravelmente em função de a organização estudada ter tido preocupação com a disseminação do conhecimento, e uma pesquisa central, envolvendo os níveis de gerência e chão de fábrica, em que se examinou os diversos aspectos relativos à qualidade e ao conhecimento. As conclusões do trabalho envolvem aspectos qualitativos e quantitativos; os resultados evidenciaram que a empresa estudada aplica conceitos que podem servir de base para a Gestão do Conhecimento, embora não tenha plena consciência disso.

Palavras-chave: Conhecimento. Gestão da Qualidade. Competitividade. Produtividade. Gestão do Conhecimento.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Qualidade e Produtividade


Título: Planejamento e Controle da Produção em Usina Sucroalcooleira
Autor(a): Silvânio Márcio Fernandes
Orientador(a): José Benedito Sacomano
Data da defesa: 14/04/2009
Resumo: O presente trabalho analisa o Planejamento e Controle da Produção de uma unidade produtora de açúcar e álcool e busca entender o processo de fabricação destes produtos levando-se em conta as características de um produto completamente diferente dos processos produtivos de outros segmentos como, por exemplo, o do metal mecânico. O trabalho tem por objetivo estudar como é realizado o planejamento e controle da produção e quais são os recursos disponibilizados para este controle, atentando-se para as características da Produção em Massa ou Processo Contínuo do setor sucroalcooleiro. A investigação procura identificar as adequações dos Paradigmas Estratégicos de Gestão da Manufatura - PEGEMs e sua relação com as estratégias do Planejamento e Controle da Produção – PCP, direcionando as decisões a serem tomadas para a melhor forma de administração da produção do setor. O estudo de caso examina as técnicas e evoluções usadas no Planejamento e Controle da Produção e identifica qual ou quais PEGEMs deverão ser implantados para auxiliar a empresa a alcançar determinados objetivos de desempenho, aumentando, desta forma, seu poder competitivo. Nesta fase compreende também a visualização e comparações dos sistemas de controle da produção utilizados pela usina e sua relação com a revisão bibliográfica realizado pelo autor.

Palavras-chave: Usinas Sucroalcooleiras. Controle da Produção. Planejamento e Controle da Produção.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: O caráter evolucionário do planejamento e controle da produção e as novas formas de organização do trabalho


Título: Gestão da Qualidade Total integrada ao Gerenciamento pelas Diretrizes - Uma avaliação após dez anos de implementação
Autor(a): Nivaldo Luiz Palmeri
Orientador(a): Oduvaldo Vendrametto
Data da defesa: 17/04/2009
Resumo: A partir da Segunda Grande Guerra, o mundo se reestruturou política e socialmente. O polo sob influência capitalista iniciou um processo de recuperação do pós-guerra com profundo reflexo na forma, nos meios e na gestão da produção. Essa evolução tornou-se intensiva e revolucionária a partir, principalmente, da década de setenta. Tecnologias, qualidade, sistemas de fornecimento, atenção ao cliente, estão entre os muitos itens incluídos como exigência em um mercado em que a oferta cada vez mais supera a demanda. Esse cenário acirrou competição pela disponibilidade e diversidade de produtos, impôs às empresas líderes de mercado um estado de alerta permanente e de amplo espectro. As mudanças requeridas vão do chão de fábrica ao atendimento do cliente, envolvendo desde a alta administração até o funcionário mais simples da empresa ou terceirizado. Esse trabalho relata a decisão e avalia os resultados de uma empresa do setor automotivo em reestruturar-se para manter sua posição no mercado. A amplitude da reestruturação envolveu a fábrica toda, incluindo tecnologias de produção e controle, programas de qualidade, cadeias de fornecimento, organização do trabalho e novas filosofias e técnicas de produção. O desafio maior foi adequar sistemas de gestão que tornassem a reestruturação eficiente e eficaz. A empresa adotou o Gerenciamento pelas Diretrizes, como forma de controle, associado às inúmeras outras ferramentas para que um universo superior a doze mil pessoas se orientasse de maneira pró-ativa em busca dos objetivos propostos pela reestruturação.

Palavras-chave: Gerenciamento pelas Diretrizes. Gestão da Qualidade Total. Produção Enxuta. Montadora de Veículos. Auditoria.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Redes de empresas e cadeias produtivas - Redepro


Título: Análise de Questionários apoiada por Lógica Paraconsistente
Autor(a): Olavo Tomohisa Ito
Orientador(a): Ivan Pérsio de Arruda Campos
Data da defesa: 17/04/2009
Resumo: Atualmente, temos presente em nossas vidas questionários de pesquisa de opinião, de avaliação de produtos e de medida de satisfação. Por um lado, a aplicação de questionários é simples e eles são largamente difundidos e aceitos como forma de se medir valores tão intangíveis como preferência, satisfação, cortesia e felicidade. Por outro lado, a confecção de questionários, a ordem das questões, seu número e a sequência em que são apresentadas as alternativas podem influenciar o resultado da pesquisa. Em particular, muitas vezes a formulação das questões pode levar a uma compreensão equivocada das mesmas, conduzindo a resultados inesperados, ou ainda, resultar em questões irrespondíveis. Estes problemas são bem conhecidos desde a invenção desta forma de aquisição de dados por Sir Francis Galton, em meados do século XIX, de forma que, desde então, inúmeros processos e técnicas vêm sendo desenvolvidos na tentativa de se obter resultados mais reprodutíveis e de se eliminar esses desvios. No presente trabalho, um novo instrumento foi desenvolvido, usando técnicas da Lógica Paraconsistente Anotada, para detectar as contradições e inconsistências nas respostas apuradas por meio de um dado questionário, conduzindo a uma melhor análise dos resultados de pesquisas já realizadas, bem como a uma contínua política de readequação do questionário em si.

Palavras-chave: Lógica Paraconsistente. Questionários. Redundância. Algoritmo Para-Analisador.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Modelos e Ferramentas para Gestão da Informação
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Novos paradigmas em tomadas de decisão


Título: Apresentação de Critérios Qualitativos Empíricos para Formalização dos Processos de Negócios na Automação da Gestão Estratégica
Autor(a): Roberto Aures Antonio de Moura
Orientador(a): Ivanir Costa
Data da defesa: 23/06/2009
Resumo: As empresas brasileiras buscam atender melhor o cliente e aumentar as vendas de seus produtos e serviços. A competitividade está cada vez mais acirrada devido ao aquecimento do mercado e à concorrência. Esta competitividade obriga a cadeia produtiva a reduzir custos e buscar um diferencial competitivo para não entrar em colapso. Este problema foi o que motivou uma concessionária a revisar e formalizar seus processos de negócios para implantar a gestão estratégica de clientes. Por outro lado, há uma empresa de consultoria de tecnologia de software que não formalizou seus processos de negócios. Com as entrevistas, aplicação de questionários, documentos multimídias e embasamento teórico, pretendeu-se reforçar a aplicabilidade dos conceitos envolvidos no estudo dessas duas empresas. O trabalho objetivou apresentar alguns critérios empíricos para apoio à tomada de decisão: “Em quais condições devemos formalizar ou não os processos de negócios na automação da gestão estratégica”.

Palavras-chave: Processos de Negócios. Concorrência. Competitividade. Automação da Gestão Estratégica.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Modelos e Ferramentas para Gestão da Informação
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq:


Título: Redes de Cooperação como Estratégia Competitiva das Empresas e o Surgimento de um Novo Paradigma Organizacional: um Estudo Teórico
Autor(a): Raul Hidetoci Mioshi Júnior
Orientador(a): José Benedito Sacomano
Data da defesa: 24/08/2009
Resumo: A proposta do presente estudo é contribuir para uma discussão sobre uso de redes de cooperação tanto como vantagem competitiva, como também para o estabelecimento de um novo paradigma organizacional. Para tanto, foi sugerida a investigação das principais escolas de administração como fundamento teórico do estudo e o seu rompimento para o novo paradigma organizacional. No atual ambiente empresarial, a formação de redes de cooperação surge como forma viável para que as organizações possam obter a vantagem competitiva. As organizações passaram a ser instadas a alterar o modelo tradicional vigente de relacionamento e cooperação com fornecedores e clientes. Para alcançar um melhor posicionamento estratégico, as organizações devem modificar os modos tradicionais de negócios vigentes – visão de curto prazo, comportamento oportunista e vantagens insustentáveis. A literatura acadêmica relevante sobre redes de cooperação destaca uma série de atributos e características que devem estar presentes neste tipo de relacionamento, para que as organizações possam atingir os resultados a que se propuseram. O resultado do estudo pretende gerar a percepção de que, embora tenha havido um melhor entendimento sobre as vantagens das redes de cooperação, ainda existe um caminho a ser trilhado para atingir uma vantagem competitiva.

Palavras-chave: Escolas de Administração. Redes de Cooperação. Vantagem Competitiva.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: O caráter evolucionário do planejamento e controle da produção e as novas formas de organização do trabalho


Título: Planejamento e Controle da Produção na Indústria de Borracha Voltada à Mineração: Um Estudo de Caso
Autor(a): Luiz Eduardo de Carvalho Chaves
Orientador(a): José Benedito Sacomano
Data da defesa: 01/09/2009
Resumo: O presente trabalho levou em consideração a importância de três setores fundamentais para a economia e evolução industrial do Brasil, que nessa investigação estão juntos, mas na literatura sempre são estudados separadamente: Mineração, Indústria de Artefatos de Borracha e o Planejamento e Controle da Produção. Um agravante silencioso foi verificado no contato deste pesquisador ao longo dos anos nos segmentos de Mineração e indústrias de Artefatos de Borracha concomitantemente, que é o desconhecimento dos profissionais de um segmento com relação ao outro e vice-versa. Para a maior parte dos profissionais de borracha, as empresas de mineração são grandes e para os profissionais da mineração as empresas de borracha são pequenas, mas o que cada um representa para o outro tem o mesmo grau de importância, e isso eles não sabem. Quando se conhecem, mesmo que superficialmente, passam a respeitar e exigir produtos com qualidade, pois sabem o potencial do outro. Além do conhecimento a ser adquirido, será muito mais consciente e respeitosa a interação entre eles. Este trabalho pode ser utilizado como um guia para se ter uma noção da Mineração e da indústria de Artefatos de Borracha, bem como da teoria dos sistemas de Planejamento e Controle da Produção e, mais, permite visualizar um estudo de caso que mostra a inter-relação entre eles e como é o trâmite do pedido numa produção de artefatos de borracha.

Palavras-chave: Planejamento e Controle da Produção (PCP). Indústria de Artefato de Borracha. Mineração. 
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: O caráter evolucionário do planejamento e controle da produção e as novas formas de organização do trabalho


Título: Dispositivo Eletrônico Para Auxílio na Locomoção de Deficientes Visuais e/ou Auditivos Baseado na Lógica Paraconsistente Anotada Evidencial Eτ
Autor(a): Uanderson Celestino
Orientador(a): Jair Minoro Abe
Data da defesa: 26/10/2009
Resumo: Este trabalho apresenta as etapas de desenvolvimento e construção de um dispositivo eletrônico para auxílio na locomoção de deficientes visuais e/ou auditivos. O dispositivo é composto basicamente de dois sensores de ultrassom. O tratamento das informações captadas pelos sensores é processado por meio de um microcontrolador da família 8051 dotado de um algoritmo de controle que se baseia na Lógica Paraconsistente Anotada Evidencial Eτ (Para-analisador). Um dos sensores indica o grau de evidência favorável (μ) e o outro indica o grau de evidência contrária (λ), ambos relativos à proposição considerada: “não há obstáculo à frente”. A existência de obstáculos é transmitida pela vibração gerada por dois micromotores vibratórios. Assim, o usuário do dispositivo pode identificar obstáculos e escolher o melhor caminho a seguir.

Palavras-chave: Lógica Paraconsistente Anotada Evidencial Eτ; Microcontrolador; Sensor de Ultrassom.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Modelos e Ferramentas para Gestão da Informação
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Lógica paraconsistente e inteligência artificial


Título: Avaliação em Emergia para Tomada de Decisão na Substituição das Soldas à Base de Estanho e Chumbo
Autor(a): Marco Antonio Madureira
Orientador(a): Cecília Maria Vilas Boas Almeida
Data da defesa: 30/10/2009
Resumo: As soldas Estanho/Chumbo 63Sn/37Pb são largamente utilizadas no Brasil e no mundo, em cadinho ou máquina “Reflow” ou “Wave”, na forma de barras ou vergas, e apresentam um índice de retorno de borra em torno de 25% para ligas com chumbo e 30% para as livre de chumbo. A substituição das soldas com chumbo ocorre desde 2004, principalmente na Europa e no Japão. Na empresa em estudo, as soldas sem chumbo representam apenas 10% da produção total de soldas em suas diversas ligas. Observou-se, nos últimos anos, uma baixa preocupação com a logística reversa por parte dos clientes e fabricantes, assim como pelas questões da recuperação de resíduos. Neste trabalho, foram utilizados a avaliação em emergia e o indicador DALY para verificar o efeito dos resíduos das soldas, bem como da recuperação da borra, no processo de produção das soldas 63 Sn/ 37 Pb, 99 Sn/ 0,3 Ag/ 0,7 Cu e 96,5 Sn/ 3 Ag/ 0,5 Cu, visando à tomada de decisão na substituição das ligas com chumbo. Com os resultados obtidos pela síntese em emergia, e pelo indicador DALY, pode-se fazer a comparação entre as soldas com e sem chumbo, possibilitando a decisão não só pelos ganhos financeiros, como também pelos aspectos da gestão dos resíduos, ambos fortemente influenciados pela logística reversa e pela reciclagem, bem como pelo DALY das soldas em estudo. Os resultados apontam para utilização das soldas livres de chumbo (SAC).

Palavras-chave: Emergia. Recuperação. SnPb. SAC. DALY.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Produção Mais Limpa e Ecologia Industrial
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Físico-química teórica e aplicada


Título: Avaliação da Carga e Custos Ambientais em uma Plantação Comercial de Bambu: Estudo de Alternativas de Produto Final e Substituição de Recursos
Autor(a): Luiz Ghelmandi Netto
Orientador(a): Biagio Fernando Giannetti
Data da defesa: 18/12/2009
Resumo: O principal atributo da Avaliação Multi-Critério (AMC) é a superação das limitações de avaliações baseadas em um único tipo de metodologia. No presente trabalho, a AMC foi aplicada a uma plantação comercial de bambu e as metodologias foram: Análise de Energia Incorporada, Intensidade dos Fluxos de Materiais, Consumo de Exergia Cumulativa, Contabilidade Ambiental em Emergia e Contabilidade dos Fluxos de CO2. Constatou-se que os insumos que mais contribuem para a carga ambiental são o óleo diesel, o fertilizante 14-20-14 e o calcário. Complementarmente, foram adotados cenários para a simulação de diferentes destinos do produto final (estoque de biomassa, fibra de celulose e energia). Os custos ambientais de produção para cada um dos cenários adotados foram avaliados com o objetivo de constatar a melhor relação custo-benefício de cada um deles. Por fim, a substituição dos insumos com maior carga ambiental por insumos mais ”limpos” (óleo diesel por biodiesel, fertilizante por esterco bovino curtido e calcário por cinzas de madeira ou biossólidos) foi realizada por intermédio de uma análise de sensibilidade, a fim de diminuir a carga ambiental da plantação comercial de bambu.

Palavras-chave: Avaliação Multi-Critério; Bambu; Energia Incorporada; Intensidade de Materiais; Exergia; Emergia; CO2.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Produção Mais Limpa e Ecologia Industrial
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Físico-química teórica e aplicada


Título: Estudo da Sustentabilidade Ambiental em Diferentes Sistemas de Criação de Tilápias
Autor(a): José Luiz Pierobom
Orientador(a): Silvia Helena Bonilla
Data da defesa: 21/12/2009
Resumo: O consumo mundial de pescado teve aumento significativo de 10 kg para 27,7 kg/ano nos últimos anos, ultrapassando o limite da sustentabilidade, onde a produção natural não é suficiente. Para abastecer os mercados, a aquicultura passou a ser incentivada, tanto em águas doces como marítimas. Em países tropicais de águas doces, a criação de tilápia é a que mais se destaca em crescimento e desenvolvimento. Certamente a produção sem controle trouxe consequências ambientais desfavoráveis. Por isso se faz necessário o uso de metodologias adequadas para efetuar a contabilidade ambiental dos sistemas de produção de tilápias da aquicultura de água doce. No presente trabalho, compara-se e avalia-se a sustentabilidade ambiental em três diferentes sistemas de criação de tilápias, que são: 1- sistema tradicional, 2- sistema aquapônico e, 3- sistema de tanques rede, usando como ferramenta a contabilidade em emergia. A contabilidade em emergia é uma metodologia que permite quantificar todos os recursos empregados pagos e naturais em uma métrica comum. A avaliação dos sistemas de criação de tilápias permite comparar o desempenho de cada sistema e contribuir para tomadas de decisões. O diagrama ternário de emergia foi empregado para ajudar na comparação dos sistemas em estudo. Cotejando as transformidades nos três casos, o sistema aquapônico evidenciou-se como o mais eficiente, 4 vezes mais do o tradicional e 2 vezes do que o sistema tanques rede. O indicador do índice de sustentabilidade (ESI) mostrou que o sistema tradicional, com valor de 4,9 está no limite superior da sustentabilidade em curto prazo, podendo facilmente entrar nos limites de sustentabilidade de longo prazo, em que o valor superior é 5. O sistema aquapônico caracteriza-se como não sustentável, abaixo de 0,1. O sistema tanques rede está dentro dos limites da sustentabilidade de curto prazo, com 1,21.

Palavras-chave: Contabilidade Ambiental; Sustentabilidade; Emergia.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Produção Mais Limpa e Ecologia Industrial
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: