Mestrado em Comunicação

Dissertações Defendidas - 2012

Título: A desintrusão na Terra Indígena Raposa Serra do Sol e as estratégias discursivas de duas mídias locais: Folha de Boa Vista e TV Roraima.
Autor (a): Wenya Alves Alecrim
Orientador (a): Bárbara Heller
Data da defesa: 06/02/2012
Resumo: A decisão final do Supremo Tribunal Federal em abril de 2009, que confirmou a homologação contínua da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, foi apenas um dos episódios marcantes desta história. A determinação foi para que todos os não índios saíssem imediatamente das terras, quase 1,7 milhões de hectares entregues de volta aos índios. Foram retirados pequenos colonos e grandes empresários exportadores de arroz. Aos quase 20 mil índios coube comemorar.
Os veículos de comunicação “TV Roraima” (filiada da “Rede Globo”) e a “Folha de Boa Vista” são as maiores empresas de comunicação do Estado e desempenharam um papel importante neste processo. Não só pelo ato social de informar, como também por formar opiniões. Com tantos discursos contraditórios, analisamos de que forma as duas mídias noticiaram o processo de retirada dos não índios, as mediações e as representações dos grupos sociais envolvidos diretamente (indígenas, arrozeiros e políticos).
Para tanto, apoiamo-nos em alguns conceitos da Análise do Discurso – entre eles, condições de enunciação, de recepção, vozes e polifonia – para entender de que forma o jornal “Folha de Boa Vista” noticiou este processo, e poder compará-lo com a “TV Roraima”, preferencialmente nos dias em que as notícias eram veiculadas em ambos os meios. Buscamos saber quais são as estratégias discursivas que nos permitem afirmar que as duas mídias reforçam ou resistem ao poder hegemônico. Para isso, tomamos como corpus 23 matérias e 12 artigos publicados pelo jornal “FBV” no ano de 2009 (ano de retirada), além de 14 reportagens da “TVRR” do mesmo ano.
Acreditamos que este estudo, além de contribuir para o campo da comunicação, ao discutir mídia, mediações, representações de grupos sociais determinados e processos de enunciação, também revela detalhes desta história importante do Estado de Roraima, distante dos grandes centros e das mídias de maior penetração nacional.

Palavras-chave: Comunicação; Desintrusão; Estratégias Discursivas; Folha de Boa Vista; TV Roraima.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Contribuições da Mídia Para a Interação Entre Grupos Sociais
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia, cultura e política: identidades, representações e configurações do público e do privado no discurso midiático


Título: Entre teoria e prática: o tutor on-line como "ferramenta" na Educação Corporativa – Um estudo de caso
Autor (a): Thereza Cristina Guerra da Cunha
Orientador (a): Edilson Cazeloto
Data da defesa: 15/02/2012
Resumo: Este trabalho apresenta a discussão sobre o tutor on-line no campo corporativo com o objetivo de debater suas características e avaliar se a teoria pesquisada e a prática da área corporativa, diante das novas tecnologias mediadas pelo computador na era da Cibercultura, valorizam as competências do tutor.
A partir do histórico da Educação a Distância, da apresentação das principais universidades de outros países e do Brasil, que se utilizam do tutor com o intuito de mediar cursos a distância, e do destaque para a importância do e-learning, traçaram-se as competências comunicacionais do tutor como figura do processo de ensino-aprendizagem.  
O referencial teórico compõe-se de autores como Gilly Salmon, Marco Silva, Fredric Litto, Marcos Formiga, Otto Peters e Romero Tori, entre outros, cujas obras discutem as funções do tutor e destacam a importância da Educação a Distância.
O trabalho, a partir de pesquisa qualitativa da ABDIB (Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base), em parceria acadêmica com a FGV On-line, com os alunos do curso de Licenciamento Ambiental On-line, concluiu que, embora o tutor seja considerado uma “ferramenta” do sistema on-line, ele pode ser o condutor, motivador e mediador do e-learning corporativo.

Palavras-chave: Cibercultura; Educação Corporativa; Tutor On-line.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Contribuições da Mídia Para a Interação Entre Grupos Sociais
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mediações telemáticas em grupos sociais


Título: Carmen Miranda: a iconofagia na construção de um mito mediático
Autor (a): Julia Edenia Aparecida Proveti Weffort
Orientador (a): Malena Segura Contrera
Data da defesa: 26/03/2012
Resumo: A pesquisa visa analisar de que maneira o entorno cultural e a cultura mediática vigentes na época de Carmen Miranda promoveram sua fama artística, transformando-a em mito mediático por meio de um processo de iconofagia. O trabalho imagético realizado em torno da artista, visual e sonoro, foi determinante para a ascensão da “Pequena Notável”; essa pesquisa contribui, portanto, para elucidar como essa imagem foi elaborada no imaginário cultural. De acordo com a análise iconofágica do amplo material audiovisual pesquisado, verificamos como ocorreu a veiculação do seu trabalho artístico em filmes, fotografias, músicas e vídeos, a fim de obter os elementos que justificassem o fato de que a artista, por meio de sua imagem sonora e visual, devorou e foi devorada por uma cultura de massas mediática. Estudamos, ainda, como o indício de alteridade na personalidade de Carmen Miranda contribuiu para construir suas imagens, a sonora e a visual. O estudo do mito mediático nos ajudou a entender esse produto final, ainda contemporâneo, Carmen Miranda, eternizada por sua imagem: um It entre a criação e a produção, uma falsa baiana internacional, brasileiríssima, no Olimpo.

Palavras-chave: Mito Mediático; Alteridade; Iconofagia.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Contribuições da Mídia Para a Interação Entre Grupos Sociais
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia e estudos do imaginário


Título: Símbolos das Sinalizações Turísticas de Belém: considerações sobre os símbolos nas placas
Autor (a): Miriam Cristine Fernandes
Orientador (a): Eduardo Peñuela Cañizal
Data da defesa: 20/05/2012
Resumo: Esta é uma pesquisa sobre as sinalizações turísticas da cidade de Belém, capital do Estado do Pará, avaliando-as de acordo com significados, características e espaço territorial. Buscou-se, também, estabelecer mediações possíveis entre a comunicação com o turista e com a comunidade em geral, de modo a conduzir o estudo a uma reflexão crítica sobre a pertinência de um discurso único a respeito dos significados dos pictogramas gerados, quando observada a placa em relação ao seu destino final. A pesquisa foi realizada por meio de investigação em fontes bibliográficas e documentais. O estudo focalizou documentos de fonte secundária, como livros, publicações de revistas científicas e produções de mestrado e doutorado. Após a realização da pesquisa bibliográfica e de gabinete, foi executado um trabalho de campo, com o objetivo de identificar as placas de sinalização turística e os posicionamentos delas nos pontos turísticos da cidade de Belém, possibilitando a identificação e a elaboração de diagnósticos e análises. Esse trabalho permitiu que os principais pontos turísticos de Belém, e suas respectivas identificações, fossem visitados e reconhecidos, complementando informações obtidas na pesquisa bibliográfica e documental realizada anteriormente. As considerações levantadas por esta investigação nos levam a uma reflexão sobre como a linguagem dos símbolos é determinante no cotidiano de uma cidade. A força dos significados dos elementos que compõem a sinalização é essencial para a segurança do turista, pois ele se sente protegido durante seus deslocamentos, o que cria a sensação de bem-estar e, por conseguinte, satisfação, por poder conhecer o local sem riscos. Porém, ao mesmo tempo em que as placas e os símbolos transmitem sensação de segurança, podem demonstrar fragilidade, quando expressam muitos significados, ou significados contraditórios com a realidade e o local visitados.

Palavras-chave: Comunicação; Sinalização; Turismo.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia e cultura


Título: Tribuna Metalúrgica: o gênero feminino na cobertura jornalística das eleições presidenciais
Autor (a): Cristine Gleria Vecchi
Orientador (a): Bárbara Heller
Data da defesa: 25/05/2012
Resumo: O tema dessa pesquisa é a análise do jornal sindical “Tribuna Metalúrgica” (TM), no período anterior às eleições presidenciais de 2010, para verificar a maneira como a candidatura de duas mulheres – Dilma Rousseff e Marina Silva – foi construída pelo discurso do jornal. O trabalho teve como suporte metodológico a análise do discurso de linha francesa, ferramenta que permite investigar a ideologia do periódico e identificar os conteúdos implícitos e explícitos em sua estrutura narrativa. Para tanto, analisamos os textos que abordaram, explícita ou implicitamente, conteúdo eleitoral (seja citando diretamente o nome de candidatos, ou falando de ações desenvolvidas pelos partidos).

Palavras-chave: Comunicação; Jornalismo; Análise do Discurso; Imprensa Sindical; Estudos de Gênero.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Contribuições da Mídia Para a Interação Entre Grupos Sociais
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia, cultura e política: identidades, representações e configurações do público e do privado no discurso midiático


Título: Ficção e realidade nas narrativas televisuais: um estudo sobre o programa Almanaque Educação – TV Cultura
Autor (a): Marco Antonio Bichir
Orientador (a): Geraldo Carlos do Nascimento
Data da defesa: 15/06/2012
Resumo: Este trabalho discute a televisão a partir da análise dos programas destinados ao público juvenil na TV Cultura e, mais especificamente, o  programa “Almanaque Educação”,  em suas formas discursivas e narrativas. Analisa, também, questões relativas à multiplicidade de gêneros e formatos televisuais, assim como estuda as articulações narrativo-estitlísticas utilizadas no programa, elementos que ocupam lugar de destaque na pesquisa. A intertextualidade é a base de análise dos objetos estudados, em suas ramificações literárias e históricas, sociais e culturais. Tendo em vista o debate e o avanço do conhecimento da produção televisual, nosso estudo procurou debater a ficção seriada em seus múltiplos tipos e, especificamente, a série televisiva de caráter educativo.

Palavras-chave: Narrativa; Intertextualidade; Televisão; Séries.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Narrativa e discurso na TV e no Cinema Contemporâneos


Título: Estudo do novo projeto gráfico do jornal Folha de S. Paulo – maio de 2010
Autor (a): Rafael Romero
Orientador (a): Geraldo Carlos do Nascimento
Data da defesa: 15/06/2012
Resumo: O presente trabalho estuda a reforma gráfica de maio de 2010 do jornal impresso “Folha de S. Paulo”. Com a introdução de novos recursos tecnológicos, busca-se o que teria afetado o layout (distribuição de elementos do jornal em  determinado espaço: textos, gráficos e figuras) em cada uma das reformas gráficas constatadas ao longo da história do jornal (1921 – 2010), com ênfase na última reforma. A pesquisa identifica os principais destaques de cada mudança ocorrida nas diferentes reformas e a repercussão destas mudanças nos procedimentos da redação da “Folha”, que podem ser avaliados a partir do produto final.

Palavras-chave: Jornalismo; Tecnologia; Reforma Gráfica; Folha de S. Paulo.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Narrativa e discurso na TV e no Cinema Contemporâneos


Título: A mídia na comunicação da cultura política: a construção da imagem por linguagem visual por meio de cartazes
Autor (a): Carlos Reis Brioschi
Orientador (a): Anna Maria Balogh
Data da defesa: 18/06/2012
Resumo: O objetivo desse estudo é analisar os cartazes da propaganda política de Barack Obama para a presidência dos Estados Unidos, em 2008, como meios de divulgação das ideias e dos conceitos de sua plataforma eleitoral. A dissertação enfatiza a comunicação destas peças com o público eleitor de um modo geral, além de fazer uma análise mais aprofundada do uso de linguagens visuais de rápida absorção e de grande impacto na cultura visual contemporânea. Na pesquisa, são analisados os recursos utilizados pelos artistas que fizeram as obras espontaneamente em apoio à candidatura, diversificada em quantidade, linguagem artística e meios expressivos utilizados. O tempo de exposição para comunicação de ações culturais e ideias em lugares públicos de grande circulação de pessoas exige uma percepção rápida da mensagem a ser transmitida e impõe estratégias de construção da mensagem peculiares, estudadas em detalhes por meio dos instrumentos teóricos fornecidos pela linguagem e pela tradição crítica das artes plásticas e gráficas em geral. Além dos elementos mencionados, são analisados os padrões de diagramação, a tipologia, as cores e seus contrastes e, finalmente, as relações entre os componentes dos cartazes.

Palavras-chave: Comunicação; Cartaz; Design; Barack Obama. 
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Narrativa e discurso na TV e no Cinema Contemporâneos


Título: As tramas entre o global e o local na realidade quilombola: um reflexo da modernidade
Autor (a): Heloisa Helena Ribeiro de Castro
Orientador (a): Carla Reis Longhi
Data da defesa: 25/06/2012
Resumo: Esta dissertação de mestrado é resultado de pesquisa realizada na comunidade Remanso, localizada na Chapada Diamantina, Bahia, e reconhecida pelos órgãos competentes como “remanescente das comunidades dos quilombos”. O estudo trata da influência do global sobre o local e da consequente inserção de novas tecnologias, novas identidades que penetram no imaginário, nas tradições, na memória e nas significações locais, alterando os vínculos existentes e desarticulando uma ordem estabelecida, que antes era comum aos membros da comunidade, e hoje se encontra em processo de reconfiguração. A importância da figura do líder na interpretação e na solidificação da tradição também possui grande relevância no presente estudo.

Palavras-chave: Quilombo; Memória; Globalização; Identidade; Comunicação.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Contribuições da Mídia Para a Interação Entre Grupos Sociais
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia, cultura e política: identidades, representações e configurações do público e do privado no discurso midiático


Título: A sustentabilidade e o desenvolvimento sustentável nas entrelinhas do agronegócio: análise da revista Globo Rural
Autor (a): Fátima Costa do Nascimento
Orientador (a): Barbara Heller
Data da defesa: 25/06/2012
Resumo: A dissertação analisa como a revista Globo Rural – publicação da Editora Globo, mensal, direcionada ao agronegócio – representa os conceitos de "sustentabilidade" e  "desenvolvimento sustentável" – palavras de ordem no contexto atual do mundo globalizado – e as discussões sobre o meio ambiente nos mais diversos fóruns. Apenas em 2010, das doze edições, estes dois termos foram dispostos em oito; tanto na capa, como na seção “Entrevista” – nossos focos de análise. A metodologia adotada foi a Análise do Discurso, especialmente alguns conceitos do filósofo russo Mikhail Bakhtin, que nos permitiu, entre outros aspectos, investigar a construção dos enunciados (elementos verbais e não verbais), seus posicionamentos implícitos e explícitos, ideologia e vozes. Verificou-se que, nas entrevistas, os conceitos "sustentabilidade" e/ou "desenvolvimento sustentável" são representados explicitamente, enquanto nas capas, em sua maioria, implicitamente. A revista Globo Rural é multivocal, pois dá vozes a políticos e empreendedores bem-sucedidos do agronegócio. Ela é a voz predominante, pois edita os textos, seleciona as imagens, elabora as legendas, etc. Portanto, conclui-se que ela manipula os dois conceitos a seu favor para garantir a venda de seus exemplares.

Palavras-chave: Comunicação; Revista Globo Rural; Agronegócio; Sustentabilidade: Desenvolvimento Sustentável; Análise do Discurso.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Contribuições da Mídia Para a Interação Entre Grupos Sociais
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia, cultura e política: identidades, representações e configurações do público e do privado no discurso midiático


Título: Transformações transmediáticas da estética noir
Autor (a): Rita de Cássia Ibarra
Orientador (a): Anna Maria Balogh
Data da defesa: 26/06/2012
Resumo: O objetivo desta dissertação é apresentar uma possibilidade de resposta ao seguinte questionamento sobre o film noir: “Por que os filmes pertencentes a essa estética transmutam-se em inúmeras outras obras, permanecendo jovens por tanto tempo?” Para tanto, foi realizado um estudo bibliográfico sobre semiótica francesa, o que deu suporte para a análise das estruturas narrativas dos filmes. Também foram feitas pesquisas relativas ao film noir e a revisão de bibliografias sobre cinema; em especial, sobre as estéticas que influenciaram o tipo de filme estudado, como o expressionismo alemão e os personagens (detetives “durões” e mulheres fatais) da literatura policial. A análise dos filmes “Laura”, “Chinatown” e “Veneno” serviram de base para a descrição dos principais elementos do film noir. Enfim, a adaptação do esquema narrativo do Groupe d´Entrevernes aos elementos essenciais à narrativa noir nos permitiu desvendar os fatores de transnarratividade desta estética.

Palavras-chave: Narrativa Fílmica; Transnarrativa; Transmediação; Film Noir; Cinema.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Narrativa e discurso na TV e no Cinema Contemporâneos


Título: Coronation Street e o Modelo Inglês de Teledramaturgia
Autor (a): Elaine Nogueira Dias
Orientador (a): Antonio Adami
Data da defesa: 29/06/2012
Resumo: Esta pesquisa tem como proposta a reflexão sobre o paradigma inglês de produção em teledramaturgia e como objeto de estudo a telenovela inglesa “Coronation Street”, no ar, na Inglaterra, desde 1960. O fato de uma telenovela se manter no ar por mais de 50 anos constitui-se em um fenômeno bastante diferenciado em relação às telenovelas brasileiras, motivo pelo qual há interesse em se trabalhar o modelo inglês de produção televisiva. Para identificar os fatores que levam a este fenômeno, contextualizamos historicamente o advento do rádio e da televisão no Reino Unido como meios de comunicação de massa, para estabelecer as raízes ideológicas no que se refere à forma de se fazer televisão na Inglaterra e sua evolução com o passar das décadas. Analisamos 50 momentos da telenovela “Coronation Street”, dos anos 60 ao presente, para compreender como este modelo se consolida e se reflete na produção desta telenovela.

Palavras-chave: Coronation Street; Rádio e TV na Inglaterra; Telenovela Inglesa; Modelo Inglês de teledramaturgia.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Narrativa e discurso na TV e no Cinema Contemporâneos


Título: Comparações das transmutações fílmicas de André Klotzel e Júlio Bressane baseadas na obra “Memórias Póstumas de Brás Cubas”
Autor (a): Florcema Fernandes Bacellar
Orientador (a): Geraldo Carlos do Nascimento
Data da defesa: 29/06/2012
Resumo: Esta dissertação reflete a respeito do processo de transposição de textos consagrados da tradição literária para a linguagem audiovisual, tendo em vista a produção de obras destinadas ao grande público em veículos como o cinema. O corpus é constituído pelo livro “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis, e pelos filmes “Brás Cubas” (1981), de Júlio Bressane, e “Memórias Póstumas” (2001), dirigido por André Klotzel. Na análise comparativa dessas duas obras, o intuito é identificar e analisar, além das divergências e convergências observadas, as transformações a que o texto original é submetido no processo de transposição, em função da mudança de suporte e dos diferentes contextos e modos de produção.

Palavras-chave: Literatura; Cinema; Narrativa Cinematográfica.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Narrativa e discurso na TV e no Cinema Contemporâneos


Título: Máscaras: Etmologias Iconográficas na representação imagética de Michael Jackson
Autor (a): Márcia Martins Escudero
Orientador (a): Eduardo Peñuela Cañizal
Data da defesa: 29/06/2012
Resumo: A presente pesquisa busca identificar um dado concreto: apesar de três anos terem se passado desde sua morte, Michael Jackson continua presente na mídia. Sua vida é relatada e divulgada em biografias, músicas e homenagens, em aparições da família e parceiros, ou mesmo em narrativas de pessoas influenciadas por esse ser humano incomum, que utilizam a mídia em favorecimento próprio, usurpando sua fama. Neste trabalho, são mostrados o registro imagético e vários aparatos da mídia de massa que o criou, algo que se chama processo de mitificação. A base desta análise são os elementos que contribuem com a configuração das figuras midiáticas. Em consequência da complexidade que caracteriza esse processo de pesquisa, buscou-se uma forma de análise que auxilie na elucidação do processo de formação do mito na mídia. A pesquisa fundamenta-se na discussão de duas fotos do fotógrafo e artista LaChapelle, que oferecem informações para capturar experiências a partir das próprias perspectivas. Uma das bases teóricas que norteiam a análise do tema é a Teoria da Complexidade, proposta por Edgard Morin, principalmente as reflexões do autor aplicadas à mídia e à morte. Autores como J. Baudrillard, J. Campbell, M.Contrera, M. Eliade e N. Baitello Jr., constantes da bibliografia, forneceram pressupostos teóricos essenciais ao desenvolvimento deste estudo.

Palavras-chave: Mito; Morte; Mídia; Imagens; Michael Jackson.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Narrativa e discurso na TV e no Cinema Contemporâneos


Título: “Hoje é Dia de Maria”: O Sonho Recicla a Imagem
Autor (a): Simony Aparecida do Rego Barros Barbosa Cesário de Oliveira
Orientador (a): Eduardo Peñuela Cañizal
Data da defesa: 29/06/2012
Resumo: A presente dissertação faz uma análise proppiana do seriado “Hoje é dia de Maria”, produzido em 2004 a partir da obra de Carlos Aberto Soffredini, e escrito por Luís Alberto de Abreu e Luiz Fernando Carvalho. A produção revelou-se inovadora em muitos aspectos, tendo sido considerada, em seu conjunto, uma verdadeira obra de arte de inspiração cênica, ao marcar a produção televisiva brasileira mediante a união de vários tipos e formas de expressões cenográficas, plásticas e teatrais; inclusive com experimentações de diversas origens. Na pesquisa desenvolvida, o caráter estruturalista da metodologia de Propp possibilitou o estudo dos arquétipos observados nos personagens do referido seriado, pelo fato deste possuir características comuns às presentes na construção dos contos fantasiosos de várias épocas, civilizações e lugares. Considerando que o seriado resgata uma mitologia desterritorializada e atemporal, há polifonia de signos e significados que interagem com o repertório e imaginário universais. A investigação contemplou trechos representativos da minissérie, o que possibilitou agregar valor ao trabalho e contribuir para a construção de um outro olhar analítico, uma nova percepção capaz de instigar a produção de novos conhecimentos sobre esta rica temática. Outra contribuição da pesquisa foi o desenvolvimento do aprendizado da pesquisadora, ao lhe dar a oportunidade de trabalhar com uma forma que permitiu, com eficácia, a aplicação da análise proppiana; fato que exigiu busca por aprofundamento por meio da sistematização da análise, conforme o estudo ganhou corpo.

Palavras-chave: Minissérie; Televisão; Surrealismo; Cenografia.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia e cultura


Título: Mídia e etnia: a produção fotojornalística da Folha de S. Paulo e o sentido da imagem do negro
Autor (a): Su Georgios Stathopoulos
Orientador (a): Carla Reis Longhi
Data da defesa: 29/06/2012
Resumo: A presente pesquisa explora o fotojornalismo da “Folha de S. Paulo” e discute sua participação na construção da imagem do negro, para assim entender de que modo é processada  sua identidade.   
O manifesto processo discriminatório sofrido pelo negro é recontado nas primeiras páginas, ganhando dimensões discursivas que constituem o corpus deste estudo de caso. A análise e discussão têm por base os paradigmas teóricos dos campos da comunicação de massa e da Sociologia, as Teorias da Imagem e a Análise do Discurso. Métodos mistos de pesquisa quali-quantitativa delineiam uma amostra não probabilística, por uma conveniência que categoriza dados a partir das práticas adotadas pelo próprio jornal. Como resultados, temos as seguintes confirmações: a “Folha de S. Paulo” encapsula o espaço do negro, aquele que lhe é permitido ocupar, e que de fato, historicamente, tem ocupado com maior assiduidade, para nele ser subjetivado e ter os seus valores reiterados; o gênero fotográfico predominante denota ausência de planejamento e, logo, seu protocolo de entrada é o acaso; a estereotipação da sensualidade, das habilidades esportivas e artísticas, da tragédia e da subalternidade refletem a política editorial e o discurso etnocêntrico.

Palavras-chave: Mídia; Etnia; Negro; Fotojornalismo; Folha de S. Paulo.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Contribuições da Mídia Para a Interação Entre Grupos Sociais
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia, cultura e política: identidades, representações e configurações do público e do privado no discurso midiático


Título: Ciberespaço e Visibilidade Midiática: um Estudo sobre a Visibilidade do Candomblé na Internet
Autor (a): Wirena Katy Bueno de Freitas
Orientador (a): Malena Segura Contrera
Data da defesa: 20/08/2012
Resumo: A presente dissertação de mestrado aborda a relação entre cibercultura e religiosidade. Seu objeto principal de estudo é o ciberespaço que se apresenta como uma nova modalidade de comunicação virtual e ambiente de anúncio religioso. A pesquisa constatou a colonização do ciberespaço pelo Candomblé no sentindo de criar estratégia de visibilidade uma que vez que o ciberespaço compõe novos processos de mediatização ao engendrar virtualização e glocalização da existência. Para identificar a possibilidade de visibilidade do Candomblé no ciberespaço, foram levantados os seguintes questionamentos: a ocupação do espaço virtual pode ser considerada como visibilidade viável para o Candomblé, que tradicionalmente não conseguiu visibilidade no espaço mediático? Sendo o Candomblé uma tradição espiritual arcaica, matriarcal que utiliza o corpo para sua ritualização, quais as consequências da virtualização da experiência religiosa uma vez que o corpo e os espaços materiais são imperativos à experiência religiosa? A pesquisa se inscreve no campo das Ciências da Comunicação, em particular na linha que pesquisa Mídia e Imaginário. Para a checagem das hipóteses e a para a resolução do problema de pesquisa optou-se por um referencial teórico interdisciplinar lastreado na Semiótica da Cultura, na Teoria Crítica da Cibercultura, na Teoria da Imagem Mediática e nas Ciências da Religião. Essa abordagem forneceu os referenciais teórico-epistemológicos necessários para a análise do objeto. Com o objetivo de observar, descrever e analisar as estratégias de visibilidade e refletir acerca da problemática indicada, foram selecionados, como corpus, websites que se autodenominam candomblecistas e utilizam jargão específico da religião e tenham acesso regular de internautas. O conjunto de estratégias metodológicas adotadas ao longo do processo de trabalho incorporou também o método netnográfico para orientar o levantamento exploratório no ambiente virtual, a coleta e a interpretação de dados.
O estudo de natureza qualitativa possibilitou o entendimento e a compreensão da construção de uma pseudovisibilidade do Candomblé no ciberespaço.

Palavras-chave: Cibercultura; Ciberespaço; Candomblé; Visibilidade Midiática.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Contribuições da Mídia Para a Interação Entre Grupos Sociais
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia e estudos do imaginário


Título: Mídia e Administração Pública: o Acesso da População ao Orçamento Participativo de Atibaia
Autor (a): Danilo Silveira Manha
Orientador (a): Carla Reis Longhi
Data da defesa: 27/08/2012
Resumo: Nos últimos anos, os municípios têm tido um papel cada vez maior no desenvolvimento local. Nesse sentido, a comunicação municipal tem ganhado importância como um instrumento para alcançar objetivos específicos dentro da administração. Porém, mais do que um instrumento de manutenção da administração pública, a comunicação municipal pode ser uma ferramenta essencial para uma maior participação da população nas atividades municipais. O Orçamento Participativo, como instituição democrática, representa um sistema de consulta à população sobre a utilização do fundo público, criando condições para a emergência da cidadania. Numa sociedade, como a brasileira, de características autoritária e excludente, uma iniciativa dessa natureza ganha importância como um novo modelo de gestão pública que prioriza a participação popular nas decisões do governo. O Orçamento Participativo é uma instituição que tem uma função social específica; a análise do funcionamento do Programa em suas várias experiências mostra até que ponto o Orçamento Participativo cumpre com a sua função social. Para compreendermos se o Orçamento Participativo funciona como experiência democrática, faz-se necessário acompanharmos sua implantação e desenvolvimento sob a óptica da Comunicação. As técnicas de comunicação e as estratégias criadas para levar o Orçamento Participativo ao conhecimento da população devem ser analisadas, pois estas podem colaborar ou não para a efetividade do Programa. Por meio da análise do modelo comunicacional do município de Atibaia, em comparação com o modelo de Porto Alegre, podemos compreender as diferenças e semelhanças entre a experiência das duas cidades, no que se refere à função do Orçamento Participativo de consolidação da cidadania.  

Palavras-chave: Cidadania; Participação Popular; Estratégias de Comunicação; Orçamento Participativo.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Contribuições da Mídia Para a Interação Entre Grupos Sociais
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Mídia, cultura e política: identidades, representações e configurações do público e do privado no discurso midiático


Título: Digitalização: a Mudança de Paradigma no Processo de Produção de Cenários Televisivos na TV Cultura
Autor (a): Teder Muniz Morás
Orientador (a): Solange Wajnman
Data da defesa: 27/08/2012
Resumo: O mercado televisivo é movido por interesses financeiros, traduzidos em vantagens, agilidade no processo produtivo e, finalmente, em economia monetária, hoje também buscada no uso da tecnologia digital, se comparada ao paradigma analógico. Inovações tecnológicas implicam mudanças não somente em suportes materiais, mas principalmente no fazer televisivo. Diante dessa constatação, este estudo busca evidenciar as mudanças ocorridas em face da adoção da tecnologia HD (alta definição) e da digitalização no processo construtivo de cenários televisivos, seja na concepção de espaços cênicos (set físico), ou na elaboração de ambientes digitais. Como objeto de estudo, e considerando seu histórico de emissora inovadora, escolhemos a “TV Cultura” de São Paulo e o convívio com seus profissionais. Essa imersão objetivou analisar as condições ideais que permitem a emergência do sentido nos cenários em relação ao suporte material, tendo por princípio a ideia de que a materialidade do meio de transmissão influencia, e até certo ponto determina, a estruturação da mensagem. Ao mesmo tempo, buscou-se inserir a relação do objeto com seus usuários levando em conta as condições históricas e materiais da concretude desse objeto. O referencial teórico está calcado nas obras de autores como Gumbrecht, JB. Cardoso, Walter Benjamin, McLuhan, Anna Balogh e outros, que fundamentaram nossa convivência com os profissionais da “TV Cultura”. Como resultado, há a narrativa contextualizada dos processos televisivos e, como motes, seus cenários, o modo de lidar com as exigências da imagem em alta resolução e a adaptação ao ambiente experimental, mantendo os elementos que compõem a linguagem da televisão.

Palavras-chave: TV; Digitalização; HD; Cenografia; Tecnologia; Mídia; Comunicação.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Moda, comunicação e cultura


Título: A representação de Ester na minissérie bíblica da TV Record
Autor (a): Cristiane Alves de Azevedo Souza
Orientador (a): Anna Maria Balogh
Data da defesa: 28/08/2012
Resumo: Esta dissertação analisa a narrativa e o discurso da minissérie "A História de Ester", escrita por Vivian de Oliveira e exibida pela “Rede Record de Televisão” em dez capítulos apresentados entre 3 de março e 1º de abril de 2010. A linha que orienta a pesquisa é a semiótica francesa desenvolvida por Greimas e pelo Groupe d'Entrevernes. A dissertação divide-se em cinco capítulos. Como o objeto desta pesquisa é uma minissérie transmutada de um texto bíblico, o trabalho enfatiza a importância de um livro com nome feminino no Antigo Testamento. Em relação ao texto de chegada, neste trabalho definiu-se o “formato minissérie” e apresentou-se a “Rede Record de Televisão”, que, apesar de ser a emissora brasileira mais antiga em atividade, é pouco pesquisada. Assim, foram detalhados os seguintes pontos: a linha do tempo das minisséries brasileiras, a produção da minissérie, os núcleos e perfis dos personagens e análise/decupagem da vinheta de abertura. Foram escolhidas as temáticas do amor, da guerra e da ambição para as análises narrativas e discursivas. Elas fazem o papel de delimitadoras isotópicas da trama, ou seja, são o fio condutor dos seus percursos.

Palavras-chave: Minissérie; Semiótica; Transmutação; Heroína; Texto Bíblico.
Área de Concentração: Comunicação e Cultura Midiática
Linha de Pesquisa: Configuração de Linguagens e Produtos Audiovisuais na Cultura Midiática
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Narrativa e discurso na TV e no Cinema Contemporâneos