Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação

Produção de sentido e narrativas do poder nos processos comunicacionais e midiáticos

Ementa

Apresentação crítica das contribuições dos estudos semióticos e da linguagem para a problematização e a análise dos processos comunicacionais e midiáticos, focando, em particular, na questão do poder e de suas manifestações discursivas na e por meio das diferentes mídias. O poder enquanto discurso e linguagem. A ideologia e suas estratégias discursivas. Poder, identidade e processos de identificação. Poder e regimes de visibilidade. Estética do poder. Estética do poder. Poder e estratégias semânticas: ambiguidade clareza. Poder e regimes de interação. Poder e contrapoderes.

Bibliografia

BARTHES, Roland. Crítica e Verdade. São Paulo: Perspectiva, 1999.
BARTHES, Roland. Elementos de Semiologia. São Paulo: Cultrix, s/d.
BARTHES, Roland. Mitologias. São Paulo: Difel, 1957.
CERTEAU, M, de. A invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1998.
DELEUZE, Gilles. Foucault. São Paulo: Brasiliense: 1988.
DELEUZE, Gilles; GUATARRI, Félix. O liso e o estriado. In: Mil Platôs (Capitalismo e Esquizofrenia, vol. 5). São Paulo: Editora 34, 2012.
ECO, Umberto. Guerrilha semiológica.  In: Viagem na irrealidade quotidiana. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.
ECO, Umberto. Lector in fabula: a cooperação interpretativa nos textos narrativos. 2.ed. São Paulo: Perspectiva, 2004
ECO, Umberto. Semiótica e Filosofia da Linguagem. São Paulo: Ática, 1991.
ECO, Umberto. Tratado Geral de Semiótica. 4.ed. São Paulo: Perspectiva, 2004.
FECHINE, Y. Televisão e presença: uma abordagem semiótica da transmissão direta. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2008. 
FECHINE, Y. Televisão, hábito e estesia. In: Caderno de discussão do Centro de Pesquisas Sociossemióticas. São Paulo: Editora CPS, 2003. p. 97-110.
FOUCAULT, Michel. A Arqueologia do saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1997.
FOUCAULT, Michel. A Ordem do Discurso. São Paulo: Loyola: 1996.
FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir. 3. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 1984.
GREIMAS, Algirdas Julien. Da imperfeição. São Paulo: Hackers Editores, 2002.
GREIMAS, Algirdas Julien; LANDOWSKI, Eric. Semiótica e Ciências Sociais. São Paulo, Cultrix: 1970.
HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 3. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.
HALL, Stuart. Da diáspora: Identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.
LANDOWSKI, Eric. A Sociedade Refletida. São Paulo-Campinas: Educ-Pontes, 1992.
LANDOWSKI, Eric. Interações arriscadas. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2015.
LANDOWSKI, Eric. O olhar comprometido. Galáxia, São Paulo: PUC, n. 2, p. 19-56, 2001.
LANDOWSKI, Eric. Presenças do outro. Ensaios de Sociossemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2002.
LOTMAN, Juri Mihalovic. La semiosfera I – Semiótica de la cultura e del texto. Madrid: Cátedra, 1996.
LOTMAN, Juri Mihalovic. La semiosfera II – Semiótica de la cultura, del texto, de la conducta y del espacio. Madrid: Cátedra, 1996.
OLIVEIRA, Ana Claudia Mei Alves de. Estesia e experiência do sentido. CASA – Cadernos de Semiótica Aplicada, v. 8, n. 2, p.1-11, 2010.
RICOEUR, Paul. Tempo e narrativa. Campinas: Papirus, 1994.