Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação

Comunicação, Comunidade e Movimentos Sociais

Ementa

Articulação entre vínculos, ambientes comunitários e comunicacionais.  Os aspectos massivos da comunicação e seus usos pelos meios hegemônicos como táticas para fabricação de consensos. Cultura de massas, indústria cultural, midiatização, bios midiático. Monocultura da mente e comunicacional. Reconhecimento dos processos comunicacionais que não se situam no eixo hegemônico da lógica do capital, privilegiando as estratégias de vinculação nos grupos sociais que legitimam o tempo compartilhado, os ritos da cultura, a produção comunicacional colaborativa e solidária. A mídia contra-hegemônica como território de resistências, rebeldias e estratégias alternativas de comunicação no horizonte de uma ecologia dos saberes e da comunicação.

Bibliografia

ABRAMO, Perseu. Padrões de Manipulação na Grande Imprensa. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2003.
ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.
CASTELLS, Manuel. Redes de Indignação e Esperança: movimentos sociais na era da internet. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.
COUTINHO, Eduardo Granja Coutinho. Comunicação e Contra-Hegemonia: processos culturais e comunicacionais de contestação, pressão e resistência. Rio de Janeiro: UFRJ, 2008.
DOWNING, John D. H. Mídia Radical: Rebeldia nas comunicações e movimentos sociais. São Paulo: Editora Senac, 2002.
GIANNOTTI, Claudia Santiago. O que é Comunicação Popular. In: GIANNOTTI, Claudia Santiago. Experiências em Comunicação Popular no Rio de Janeiro ontem e hoje: uma história de resistência nas favelas cariocas. Rio de Janeiro: Núcleo Piratininga de Comunicação; Fundação Rosa Luxemburgo, 2016.
HARDT, Michael; NEGRI, Antonio. Multidão: guerra e democracia na era do Império. Tradução Clóvis Marques. 2.ed. Rio de Janeiro: Record, 2012.
HARVEY, David. Cidades Rebeldes. Do Direito à Cidade à Revolução Urbana. São Paulo: Martins Fontes, 2014.
HILLMAN, James. Cidade e Alma. São Paulo: Studio Nobel, 1993.
JACOB, Sheila. Um pouco do que já foi dito sobre Comunicação Popular e Comunitária. In: GIANNOTTI, Claudia Santiago. Experiências em Comunicação Popular no Rio de Janeiro ontem e hoje: uma história de resistência nas favelas cariocas. Rio de Janeiro: Núcleo Piratininga de Comunicação; Fundação Rosa Luxemburgo, 2016.
LIMA, Venício A. de.  Mídia, rebeldia urbana e crise e representação. In: MARICATO, Ermínia et al. Cidades Rebeldes: Passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. São Paulo: Boitempo: Carta Maior, 2013.
MORAES, Denis de. (Org.). Por uma outra comunicação: mídia, mundialização, cultura e poder. São Paulo: Record, 2004.
MORAES, Denis de; RAMONET, Ignácio; SERRANO, Pascual. Mídia, Poder e Contrapoder: da concentração monopólica à democratização da informação. São Paulo: Boitempo; Rio de Janeiro: FAPERJ, 2013.
MORIN, Edgar. Cultura de Massas no Século XX. – Volume I: Neurose. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1990.
PAIVA, R. ; SANTOS, C. H. (Orgs.). Comunidade e contra-hegemonia: rotas de comunicação alternativa. Rio de Janeiro: Mauad, 2008.
PAIVA, R. O Espírito Comum: comunidade, mídia e globalismo. Petrópolis: Vozes, 1997.
PAIVA, Raquel (Org.).  O retorno da comunidade: os novos caminhos do social. Rio de Janeiro: Mauad, 2007.
PAIVA, Raquel. Expressões do Comum na Cidade: a ocupação pela mobilidade. In: PAIVA, Raquel; TUZZO, Simone Antoniaci. Comunidade, Mídia e Cidade: possibilidades comunitárias na cidade hoje. Goiânia: FIC/UFG, 2014.
PAIVA, Raquel; GABBAY, Marcelo. Comunicação Comunitária. In: CITELLI, Adilson et al. Dicionário de Comunicação: escolas, teorias e autores. São Paulo: Contexto, 2014.
PALHARES, Joaquim E. Tarefas para Democratizar a Mídia. Disponível em: <http://www.observatoriodemidia.org.br>.
PERUZZO, Cicilia M K. Conceitos de comunicação popular, alternativa e comunitária revisitados. Reelaborações no setor. Palabra Clave [on-line], v.11, n.2, p.367-379, 2008. ISSN 0122-8285. 
PERUZZO, Cicilia M.K. (Org.). Vozes Cidadãs: aspectos teóricos e análises de experiências de comunicação popular e sindical na América Latina. São Paulo: Angellara Editora, 2004.
PERUZZO, Cicilia M.K. Comunicação nos Movimentos Populares: a participação na construção da cidadania. Petrópolis: Vozes, 1998.
ROMANO, Vicente. Ecología de la Comunicación. Hondarribia: Editorial Hiru, 2004.
SADER, Emir. Monopólio da Mídia, Déficit Democrático. Disponível em: <http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Midia/12>.
SANTOS, Boaventura Souza. A Gramática do Tempo: para uma nova cultura política. São Paulo: Cortez, 2006.
SANTOS, Boaventura Souza. Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social. São Paulo: Boitempo, 2007.
SANTOS, Boaventura Souza; MENESES, Maria Paula. (Org.). Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2010.
SODRÉ, Muniz. Antropológica do Espelho. Rio de Janeiro: Vozes, 2006.
THOMPSON, John B. A Mídia e a Modernidade: Uma Teoria Social da Mídia. Petrópolis: Vozes, 2014.