Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação

O discurso Midiático e a Construção do Poder

Ementa

A midiatização da política e a observação nos enunciados dos mecanismos de poder e de resistência a partir de conceitos propostos por Mikhail Bakhtin e Michel Foucault. Estudo do papel da mídia na produção e circulação de sentidos, bem como as relações entre discurso e poder.

Bibliografia

ARENDT, Hannah. A Condição Humana. 10.ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2000.
BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. In: BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1997.
BARROS, Laan Mendes. Recepção, mediação e midiatização: conexão entre teorias europeias e latino-americanas. In: MATTOS, Maria Angela et al. Mediação e Midiatização. Salvador, Bahia: EDUFBA, Compós, 2012.
BRAGA, José Luiz. Circuitos versus campos sociais. In: MATTOS, Maria Angela et al. Mediação e Midiatização. Salvador, Bahia: EDUFBA, Compós, 2012.
BUCCI, Eugênio. Censura: personagem onipresente na história do Brasil. In: COSTA, Cristina (Org.). Diálogos sobre censura e liberdade de expressão - Brasil e Portugal. São Paulo: ECA USP, 2014.
CHARTIER, Roger. O Mundo como Representação. Estudos Avançados, v. 5, n. 11, jan. abri. 1991.
FIORIN, José Luiz. Dialogismo. In: FIORIN, José Luiz. Introdução ao pensamento de Bakhtin. São Paulo: Ática, 2007.
FOUCAULT, Michel. A Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014.
FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 20.ed. São Paulo: Loyola, 2010.
FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder.  7.ed. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.
GOMES, Mayra Rodrigues. Palavra de ordem/dispositivo disciplinar. Galáxia, n. 5, p. 91-108, abr. 2013.
HABERMAS, Jurgen. Mudança Estrutural da Esfera Pública. Rio de Janeiro: Tempo Universitário, 1984.