Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração

Metodologia de Pesquisa com Ênfase em Métodos Quanticos

Ementa

Características das ciências sociais aplicadas. Princípios básicos de metodologia científica. Etapas da pesquisa. Escolhas metodológicas e técnicas de pesquisa. Estrutura do trabalho científico.  Metodologias usuais / não usuais da Administração. Especificidades da redação acadêmica. Importância do referencial teórico para o referencial metodológico. Pesquisas quantitativas, qualitativas e mistas. Métodos de pesquisa qualitativa (Pesquisa Narrativa, Fenomenologia, Teoria Fundamentada, Etnografia). Estudo de Caso (quando utilizar; tipos exploratório, descritivo e explicativo; caso único x casos múltiplos; casos holísticos x integrados; replicação literal e teórica; seleção de casos; testes de casos; coleta de dados; triangulação; saturação dos dados; análise dos dados; análise intra e entrecasos; estratégia analítica geral; estratégia analítica específica; apresentação dos resultados de pesquisa; sequenciamento do referencial metodológico; protocolo de pesquisa).

Bibliografia

AABOEN, L.; DUBOIS, A.; LIND, F. Capturing processes in longitudinal multiple case studies. Industrial Marketing Management, v.41, n.2, p.235-246, 2012. Retrieved from http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0019850112000107
 doi: 10.1016/j.indmarman.2012.01.009
BAUER, M.; GASKELL, G.; ALLUM, N. C. Qualidade, quantidade e interesses do conhecimento: evitando confusões. In: BAUER, M. W.; GASKELL, G. (Eds.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2002.
BONOMA, T. V. Case Research in Marketing: Opportunities, Problems, and a Process. Journal of Marketing Research, v. 22, n.2, p.199-208, 1985.
Retrieved from http://www.jstor.org/discover/10.2307/3151365?uid=3737664&uid=2129&uid=2&uid=70&uid=4&sid=21102553458237
CRESWELL, J. W. Investigação qualitativa e projeto de pesquisa: escolhendo entre cinco abordagens. 3. ed. Porto Alegre: Penso, 2014. 
CRESWELL, J. W.; CLARK, V.L.P. Pesquisa de métodos mistos. 2.ed. Porto Alegre: Penso, 2013.
EISENHARDT, K. M. Building theories from case study research. Academy of Management Review, v. 14, n. 4, p. 532-550, Oct. 1989. Retrieved from http://www.jstor.org/stable/258557
EISENHARDT, K. M.; GRAEBNER, M. E.; SONENSHEIN, S. Grand challenges and inductive methods: Rigor without rigor mortis. Academy of Management Journal, v. 59, n.4, p.1113-1123, 2016.
GODOY, A. S. Pesquisa qualitativa: tipos fundamentais. Revista de Administração de Empresas, v. 35, n. 3, p. 30-36, jan./fev. 1995. Recuperado de http://rae.fgv.br/sites/rae.fgv.br/files/artigos/10.1590_S0034-75901995000300004.pdf
HALINEN, A.; TÖRNROOS, J. Using case methods in the study of contemporary business networks. Journal of Business Research, v. 58, n.9, 1285-1297, 2005. Retrieved from http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0148296304000499. doi: 10.1016/j.jbusres.2004.02.001
HALINEN, A.; MEDLIN, C. J.; TÖRNROOS, J. Å. Time and process in business network research. Industrial Marketing Management, v.41, n.2, p.215-223, 2012.
LANGLEY, A. N. N.; SMALLMAN, C.; TSOUKAS, H.; VAN DE VEN, A. H. Process studies of change in organization and management: Unveiling temporality, activity, and flow. Academy of Management Journal, v.56, n.1, p.1-13, 2013.
MARCONI, M. D. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2016.
MOZZATO, A. R.; GRZYBOVSKI, D. Análise de conteúdo como técnica de análise de dados qualitativos no campo da Administração: potencial e desafios. Revista de Administração Contemporânea, v. 15, n.4, p. 731-747, 2011. Recuperado de http://www.spell.org.br/documentos/ver/1537/analise-de-conteudo-como-tecnica-de-analise-de-dados-qualitativos-no-campo-da-administracao--potencial-e-desafios/i/pt-br
YIN, R. K. The case study crisis: some answers. Administrative Science Quarterly, v. 26, n. 1, p. 58-65, 1981. Retrieved from http://www.jstor.org/discover/10.2307/2392599?uid=3737664&uid=2129&uid=2&uid=70&uid=4&sid=21102558379137. doi: 10.2307/2392599
YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.
YIN, R. K. Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto Alegre: Penso, 2016.

Complementar
GODOI, C. K.; BALSINI, C, P. V. A pesquisa qualitativa nos estudos organizacionais brasileiros: uma análise bibliométrica. In: BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. São Paulo: Saraiva, 2006.
GODOI, C. K.; MATTOS, P. L. C. l. Entrevista qualitativa: instrumento de pesquisa e evento dialógico. In: BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. São Paulo: Saraiva, 2006.
VOSS, C.; TSIKRIKTSIS, N.; FROHLICH, M. Case research in operations management. International Journal of Operations & Production Management, v.22, n.2, p. 195-219, 2002. Retrieved from http://www.emeraldinsight.com/journals.htm?articleid=849391. doi: 10.1108/01443570210414329