Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração

Gestão Estratégica do Desempenho

Ementa

BLOCO I: Síntese da evolução dos conceitos e metodologias de Gestão do Desempenho Organizacional.  Importância da Gestão do Desempenho para as organizações. Gestão do Desempenho e indicadores. Modelos reconhecidos na literatura de Gestão do Desempenho. Fatores facilitadores e restritivos para a implementação da Gestão do Desempenho.
BLOCOII. Concepção do modelo de campos e armas da competição. Estratégias competitivas. Formulação da estratégia competitiva. Algumas aplicações do modelo de campos e armas da competição.

Bibliografia

BOURNE, M.C.S.; MILLS, J. F.; WILCOX, M.; NEELY, A.D.; PLATTS, K.W. Designing, implementing and updating performance measurement systems. International Journal of Operations and Production Management, v. 20(7), 754-772, 2000.
CARNEIRO DA CUNHA, J. A. Avaliação de desempenho e eficiência em organizações de saúde: um estudo em hospitais filantrópicos. Tese (Doutorado em Administração), Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.
CONTADOR, J. C. Campos e armas da competição. Novo modelo de estratégia. São Paulo: Saint Paul, 2008.
EDVINSSON, L.; MALONE, M.S. Capital Intelectual. Tradução Roberto Galman. São Paulo: Makron Books, 1998. 214 p.
EPSTEIN, M. J.; MANZONI, J. The balanced scorecard and tableau de bord: translating strategy into action. Management Accounting, p. 28-36, Aug. 2002.
GOLDSZMIDT, R. G. B. Uma revisão da literatura dos fatores críticos para a implementação e uso do Balanced Scorecard. In: ENCONTRO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, 27., 2003, Atibaia. Anais...CD-Rom.
KAPLAN, R.S.; NORTON, D. P. A estratégia em ação – Balanced Scorecard. Tradução Luiz Euclides Trindade Frazão Filho. 13. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997. 344 p.
______. Building a Strategy-Focused Organization. Balanced Scorecard Report, v.1, n.1, p.1-6, sep./oct. 1999.
______. Mapas Estratégicos – Balanced Scorecard: convertendo ativos intangíveis em resultados tangíveis. Tradução Afonso Celso da Cunha Serra. 1.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 471 p.
______. Organização orientada para a estratégia: como as empresas que adotaram o Balanced Scorecard prosperam no novo ambiente de negócios. Tradução Afonso Celso da Cunha Serra. 4.ed. Rio de Janeiro: Campus, 2000. 411 p.
______. Transforming the Balanced Scorecard from Performance Measurement to Strategic Management: part II. Accounting Horizons,; 15, 2, p. 147-160, June 2001.
KENNERLEY, M.; NEELY, A. A framework of the factors affecting the evolution of performance measurement systems. International Journal of Operations& Production Management,  22, 11, p. 1222-1245, 2002.
NEELY, A.; KENNERLEY, M.; ADAMS, C. Performance measurement frameworks: a review. In: NEELY, A. (ed.) Business performance measurement: unifying theories and integrating practices. 2nd ed. Cambridge: University Press, 2007.
PARMENTER, D. Key Performance Indicators: developing, implementing and using winning KPIs. Hoboken: John Wiley & Sons, 2007.
SIGMA. The Sigma Guidelines Toolkit: Sustainability Scorecard. 2003. Disponível em: <www.projectsigma.com>