Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração

Comportamento e Mudança Organizacional

Ementa

Os principais tópicos a serem abordados no curso são: (i) o fator humano nas organizações; (ii) aspectos comportamentais com foco no indivíduo; (iii) aspectos comportamentais com foco no coletivo e (iv) mudança organizacional. Assim, o curso tem como objetivos: (i) apresentar e analisar o arcabouço teórico-conceitual e os instrumentos metodológicos utilizados para a compreensão dos aspectos comportamentais da realidade organizacional; (ii) promover uma reflexão sobre a influência do comportamento dos indivíduos e dos grupos na vida organizacional e no desenvolvimento das competências requeridas para o sucesso empresarial e (iii) avaliar de forma crítica o processo de administração das mudanças e do desenvolvimento organizacional, do ponto de vista da prática de gestão.

Bibliografia

ARCHER. E. R. O mito da motivação. In: Bergamini CW, Coda R, organizadores. Psicodinâmica da vida organizacional: motivação e liderança. São Paulo (SP): Pioneira 1990. p. 3-24.
AUGIER, M.; MARCH, J.G. Conflict of Interest in Theories of Organization: Herbert A. Simon and Oliver E. Williamson. Journal of Management & Governance, Sep2001, Vol. 5 Issue 3/4, p223-230, 8p
BOLD, E.O. Instruments and Tecniques used in the Design and Implementation of Change Management. Journal of Advanced Research in Management. Craiova: Summer 2011. Vol. 2, Iss. 1; p. 5 (9 pages)
DROTTER, S.J.; Charan, R.. Building leaders at every level. Ivey Business Journal; May/Jun 2001; 65, 5; ABI/INFORM Global, pg. 21
EISENHARDT, K. Agency Theory: An Assessment and Review. Academy of Management Review. 1989. Vol 14. No. i, S7-7
GRAETZ, F.; SMITH, A.C.T.. Managing Organizational Change: A Philosophies of Change Approach, Journal of Change Management, Vol. 10, No. 2, 135–154, June 2010
LOIOLA, E.; BASTOS, A.V.B. A produção acadêmica sobre aprendizagem organizacional no Brasil . Revista de Administração Contemporânea. Rev. adm. contemp. vol.7 no.3 Curitiba July/Sept. 2003.
LOPES, M. C.; REGIS FILHO, G.I. Motivação humana no trabalho: o desafio da gestão em serviços de saúde pública. RAUSP, Volume: 39 - Número: 1 - Data: janeiro/fevereiro/março, 2003
MILLER; D. SARDAIS, C. Angel Agents: Agency Theory Reconsidered. Academy of Management Perspectives, May 2011, pp.6-13
MINTZBERG, H. The Manager’s Job: Folklore and Fact, HBR Mar-Apr 1990, pp.163-176
NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação de conhecimento na empresa: como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. Rio de Janeiro : Campos, 1997, Capítulo 3
SCHEIN, E. H. Culture: The missing concept in organization studies. Administrative Science Quarterly; Jun 1996; 41, 2; ABI/INFORM Global, pg. 229
SHEARD, A.G.; KAKABADSE, A.P. A role-based perspective on leadership decision taking. The Journal of Management Development. Bradford: 2007. Vol. 26, Iss. 6; p. 520SALMON, W.C. Lógica. Rio de Janeiro: LTC, 2002.