Professor da UNIP é escolhido para participar do programa Microsoft Innovative Educator Experts

O professor dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação e Pós-Graduação em Engenharia de Software da Universidade Paulista - UNIP, Marcelo Nogueira, foi selecionado para participar do programa Microsoft Innovative Educator Experts (MIE) 2020-2021.

Todos os anos a Microsoft seleciona educadores inovadores para fazer parte dessa comunidade global exclusiva, abrindo caminho para que compartilhem ideias e vivenciem novas abordagens e experiências. “Ter o reconhecimento de uma empresa do porte e da grandeza da Microsoft é fundamental, na área educacional, ainda mais. Acredito que vou poder levar muito conhecimento, mas vou trazer muito mais para acrescentar valor à nossa Instituição”, afirmou Marcelo Nogueira.     

Para ser escolhido, além de fazer um treinamento da plataforma, o professor teve que produzir um vídeo detalhando as atividades realizadas no semestre de 2020. Conforme destacou: “Em função da pandemia, utilizei ferramentas para as aulas remotas, disponibilizei materiais digitais para os alunos, bem como processos de aculturamento e treinamento para os professores, executando tudo o que foi necessário para manter o ensino em pleno funcionamento. No vídeo, também relatei parte das atividades realizadas durante a minha carreira, com destaque às orientações de trabalhos de curso e projetos sobre software e hardware que melhoram a condição humana, como premissa prioritária. Destaquei também os eventos internacionais da área de Tecnologia da Informação que sediamos no campus Tatuapé, anualmente, promovendo a integração com a comunidade de uma forma geral.”  

O processo seletivo é bastante competitivo, devido à quantidade de candidatos, o que ressalta a competência do professor.  “Fiquei feliz e orgulhoso. Divido os méritos com todos que participaram junto comigo dessas atividades, com destaque para os meus alunos e professores da minha equipe”, declarou Marcelo. 

Com a pandemia, o processo de transformação digital sofreu uma aceleração muito acima do esperado. Nesse sentido, para o professor, “qualidade e inovação é obrigação de todos nós que estamos à frente de projetos que envolvem pessoas. Existem muitos sonhos e expectativas envolvidas. Devemos ser impacientes quando se trata de disrupção. Todos os dias de manhã, acordo com o pensamento de como poderei melhorar algo que afetará a vida de meus alunos. E foi assim que veio o reconhecimento, por meio das realizações. Então, só posso demonstrar satisfação e gratidão por tudo!”