Drauzio Varella, pesquisador da UNIP, é entrevistado pela revista Pesquisa FAPESP

O médico oncologista Drauzio Varella, pesquisador da UNIP e cofundador do Curso Objetivo, foi o entrevistado para a seção Saúde da revista da Pesquisa FAPESP de maio de 2019. Varella conversou sobre sua experiência com o tratamento dos primeiros casos de Aids no Brasil e sobre sua atividade educativa nos grandes meios de comunicação, que o tornou um dos médicos mais conhecidos do país.

Na entrevista, assinada por Alexandra Ozorio de Almeida e Neldson Marcolin, o médico relembrou o início dos estudos de biotecnologia no Brasil, quando organizou um curso que incluía um passeio no barco Escola da Natureza da Universidade Paulista - UNIP, na Amazônia, ocasião em que esteve presente o cientista Robert Gallo, pesquisador reconhecido como um dos descobridores do vírus HIV.

Motivado por Robert Gallo, que quis saber se extratos de plantas eram ali analisados e testados, Varella iniciou uma intensa pesquisa científica com plantas da Amazônia. Em 1996, começou a coordenar o projeto Seleção, extração e identificação de novas drogas antitumorais e antibacterianas de plantas brasileiras.

Com a necessidade de se armazenar adequadamente amostras herborizadas das plantas que vinham sendo coletadas e utilizadas para a produção de extratos, criou-se, em 1997, o Laboratório de Extração da UNIP, que posteriormente passou a se chamar Núcleo de Pesquisas em Biodiversidade da UNIP, o NPBio-UNIP. Localizado no campus Paulista, o NPBio possui atualmente cerca de 11 mil exsicatas e conta com extratoteca composta de mais de 2.200 extratos obtidos de plantas da floresta amazônica e da Mata Atlântica.

Confira a entrevista completa na revista Pesquisa FAPESP e conheça mais sobre o Núcleo de Pesquisas em Biodiversidade da UNIP.