UNIP realiza o Primeiro Encontro Internacional de Saúde Mental em Ribeirão Preto

O Grupo de Pesquisa em Saúde Mental nos Contextos Institucionais, da Vice-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIP, realizou o Primeiro Encontro Internacional de Práticas Psicossociais em Saúde Mental, que contou com a presença do professor da Université du Québec à Montréal, Canadá, professor doutor Marc Corbière, participante externo do referido grupo e coordenador do Centre dÉtude et de Recherche en Santé Mentale & Travail, do qual a UNIP é a única representante na América do Sul.

O evento foi realizado nos dias 29 e 30 de abril, no campus Ribeirão Preto, com o objetivo de estabelecer um espaço de mostra e discussão dessas práticas e saberes, possibilitando o crescimento técnico e científico dos profissionais de saúde mental nos contextos institucionais. O Grupo de Pesquisa, ao longo dos últimos anos, vem desenvolvendo atividades voltadas à prática institucional em saúde mental, atuando em diferentes contextos de trabalho do psicólogo. Seus integrantes realizam práticas psicossociais em saúde mental com o objetivo de sistematizar e consolidar tais práticas por meio de seus projetos de pesquisa.
Alcançando seus objetivos, o Primeiro Encontro Internacional de Práticas Psicossociais em Saúde Mental da UNIP promoveu um profícuo debate sobre a integração da diversidade na Psicologia em prol do fim maior da atuação psicológica, isto é, acolher e cuidar do sofrimento humano. Diante dos resultados, o Grupo de Pesquisa em Saúde Mental nos Contextos Institucionais, fundamentado em seu propósito de desenvolver conhecimento científico aplicado, anunciou que o Encontro será realizado a cada dois anos, mantendo assim uma periodicidade dos debates.

Ainda durante o Encontro, foi lançado o livro Práticas psicossociais em saúde mental: da diversidade teórica ao encontro de atuações, primeira obra organizada pelo líder do Grupo, Paulo Eduardo Benzoni, com textos de autoria de Ana Paula Parada, Angela Cristina Pontes Fernandes, Caroline Francisca Eltink, Claudia Correia Leite Fuhs, Daisy Soares Benachio Bianchi, Fernanda Aguiar Pizeta, Isabel Cristina Carniel, Lilian Claudia Ulian Junqueira, Maria Ângela Favero-Nunes, Patrícia Aparecida Zuanetti, Paulo Eduardo Benzoni, Selma Aparecida Geraldo Benzoni e Sonia Regina Loureiro.

O livro reúne textos dos referidos pesquisadores e apresenta diversas orientações teóricas e contextos práticos, proporcionando ao leitor um panorama da amplitude de atuação da Psicologia como ciência aplicada à profissão, conciliada aos campos da saúde, psiquiatria, escolas, clínica e instituições. O ser humano vive em constante relação com o mundo ao seu redor, constituindo-se um ser biopsicossocial por meio de um longo ciclo vital, e este foi o eixo norteador da organização do livro. Na primeira parte da obra, são apresentadas práticas psicológicas voltadas à infância e à adolescência, as fases estruturantes do indivíduo, e, na segunda, as práticas de apoio ao sofrimento humano adulto. Mais do que proposições teóricas, os capítulos trazem reflexões sobre o exercício cotidiano da profissão do psicólogo e psicóloga.

O evento contou também com a presença da vice-reitora das Unidades Universitárias, professora doutora Melânia Della Torre; da diretora do Instituto de Ciências Humanas e coordenadora do curso de Psicologia, professora doutora Ghislaine Gliosce da Silva; e da diretora de Internacionalização Acadêmica e coordenadora do Programa Erasmus para a UNIP, professora doutora Laura Ancona Lopez Freire.

A Université du Québec à Montréal é parceira da UNIP desde 2012. O acordo de cooperação em pesquisa para a área de Psicologia teve início em 2016.

Mais informações sobre o evento no site