Universidade Paulista http://www.unip.br Últimas notícias pt-br Copyright Unip. Todos os direitos reservados. UNIP - Universidade Paulista http://www2.unip.br/img/layout/logo_unip_rss.gif http://www.unip.br 154 79 <![CDATA[28/01/2020 - Pesquisador de universidade da Irlanda participa como professor visitante do PPGEP-UNIP ]]> Por Pós

O pesquisador Luca Coscieme, da universidade irlandesa Trinity College Dublin, participou como professor visitante do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção (PPGEP) da UNIP, entre os dias 19 de dezembro de 2019 e 24 de janeiro de 2020. Durante esse período, o docente realizou as seguintes atividades acadêmicas:

1 – No dia 19 de dezembro, Luca Coscieme ministrou o workshop As metas de Desenvolvimento Sustentável da ONU: sinergias, transações, indicadores e recomendações para a Agenda Pós-2030. O evento contou com 30 pessoas, de 7 instituições acadêmicas.

2 – Participação em seminários dos estudantes do PPGEP, com comentários visando à melhoria dos trabalhos dos alunos do Programa (dissertações e teses).

3 – Coautoria em trabalhos científicos com alunos e professores do Laboratório de Produção e Meio Ambiente (LaProMA), coordenado pelo professor Biagio Fernando Giannetti, responsável pela vinda de Luca Coscieme à UNIP.

]]>
DATA28/01/2020
<![CDATA[21/01/2020 - Aluna da Universidad Siglo 21 relata sobre intercâmbio no campus Paraíso ]]> Por Pós

A estudante da Universidad Siglo 21, na Argentina, Carol Agustina Planckensteiner, realizou intercâmbio no curso de Relações Internacionais do campus Paraíso, no período de agosto a dezembro de 2019. Após sua temporada de estudo no Brasil, a aluna relatou como foi a sua experiência.

Carol contou que muitas pessoas questionaram sobre sua escolha de realizar um intercâmbio no Brasil e que, no começo, respondia que pretendia ser diplomata e considerava importante conhecer o maior país e parceiro da América do Sul. Contudo, sua perspectiva mudou, assim como mudaram todos os seus planos para o futuro.

“No âmbito pessoal, eu achei o Brasil muito aconchegante, um lugar onde sempre posso encontrar pessoas dispostas a ajudar, explicar e falar devagar quando eu não entendia, isso na Universidade, na república onde morei ou mesmo na rua. Também gostei muito da multiculturalidade do Brasil, que me permitiu aprender muito mais do que eu esperava sobre a cultura brasileira e outras culturas também.”

A aluna disse ainda que o curso de Relações Internacionais da UNIP ofereceu muitas palestras de diversos temas com especialistas. “Adorei ouvir e participar de cada uma delas, além das aulas com professores excelentes, sempre dispostos a esclarecer minhas dúvidas, e com didáticas tão claras que desde o primeiro dia me permitiu compreender tudo”, destacou a estudante, que tinha o português muito limitado no começo do intercâmbio.

Carol Planckensteiner fez questão de destacar também o comportamento dos funcionários da Universidade. “O pessoal da secretaria, da internacionalização e da coordenação foram sempre muito atenciosos. Enfim, estou totalmente agradecida às pessoas que conheci neste intercâmbio, tanto no âmbito acadêmico como fora dele, e especialmente grata à UNIP, por me receber e aportar valiosos ensinamentos na minha vida pessoal e acadêmica.”

]]>
DATA21/01/2020
<![CDATA[17/01/2020 - UNIP torna-se membro do United Nations Academic Impact (UNAI) da ONU ]]> Por Roberta Abrahao

A Universidade Paulista – UNIP tornou-se membro do United Nations Academic Impact (UNAI), programa da Divisão de Extensão do Departamento de Comunicações Globais das Nações Unidas (ONU). O projeto faz parceria com instituições de Ensino Superior que contribuem com pesquisas, visando realizar as metas humanistas da ONU.

O processo de ingresso é rigoroso. Ao ser escolhida, a UNIP comprometeu-se a seguir os 10 Princípios do programa, com especial destaque ao 9º ponto, que versa sobre a Sustentabilidade através da Educação e sobre o qual foram enviados os seguintes projetos pela Instituição:

Biodegradação de polímeros utilizando Pseudomonas Aeruginosa

Doutora Flavia Leticia Freitas, Doutora Luciana Mantzouranis, Mestre Patricia Moura Oliveira

O crescente interesse por polímeros biodegradáveis na substituição aos polímeros sintéticos está relacionado principalmente ao potencial de biodegradação desses materiais, de modo a reduzir grande parte dos resíduos sólidos urbanos. O uso de materiais poliméricos de rápida descartabilidade ocasiona uma série de problemas ambientais pelo acúmulo de resíduos e pelo tempo de decomposição. Assim, identificar as condições de biodegradação e os micro-organismos que podem auxiliar esse processo, permite aumentar a eficiência da biodegradação. Dessa forma, este projeto de pesquisa tem como objetivo estudar o potencial das bactérias Pseudomonas aeruginosa, presentes em ambientes como solo e água, na degradação de polímeros.

O engajamento digital das cidades como agente promotor do desenvolvimento sustentável Doutor Celso Machado Junior

As cidades estão cada vez mais desafiadas a melhorar a qualidade de vida das pessoas, por meio da oferta de melhores serviços públicos, respeito ao meio ambiente e desenvolvimento econômico. O equilíbrio para atender a essa diversidade de demandas da sociedade estabelece novos desafios para a gestão pública. Conceitos como smart cities e cidades sustentáveis estabelecem abordagens que auxiliam os gestores a realizar uma administração voltada ao atendimento das necessidades sociais. Nesse sentido, esta pesquisa busca identificar como fatores relacionados ao engajamento digital da gestão das cidades colaboram para o seu desenvolvimento sustentável.

Estudos microbiológicos e físico-químicos em zebrafish da água da represa Billings Doutor Thiago Berti Kirsten

Recentemente, a Região Metropolitana de São Paulo sofreu o maior colapso hídrico já registrado. A represa Billings é a maior instalação de armazenamento de água da região, com apenas uma pequena parte usada para o abastecimento. Assim, a intensificação do uso desta represa deve ser considerada. O objetivo deste estudo é avaliar a qualidade da água de diferentes áreas da represa Billings relacionadas ao consumo humano (abastecimento de água e pesca): Rio Pequeno, Rio Grande e Bororé. Serão realizados estudos microbiológicos e físico-químicos. Além disso, será exposto o zebrafish (um peixe usado como modelo experimental ecotoxicológico) a essas águas e seu encéfalo e comportamento serão avaliados. Este estudo pode revelar possíveis contaminantes na água, incluindo elementos bacterianos e metálicos, bem como os efeitos centrais e periféricos no modelo animal. Resultados preliminares deste estudo já foram realizados no trabalho de doutorado da professora Ednilse Leme e revelaram que a represa Billings está poluída em detrimento das atividades antropogênicas, resultando em comprometimentos encefálicos e comportamentais no zebrafish. A continuação deste estudo pode contribuir para que a empresa de saneamento elabore melhores planos de ação para o tratamento da água em São Paulo.

Os 10 Princípios da UNAI são:

  1. Abordar questões de pobreza por meio da educação.
  2. Capacitação em sistemas de Ensino Superior em todo o mundo.
  3. Compromisso com a oportunidade educacional de todas as pessoas, independentemente de sexo, raça, religião ou etnia.
  4. Incentivar a cidadania global por meio da educação.
  5. Compromisso com a oportunidade de todo indivíduo interessado adquirir as habilidades e conhecimento necessários para a busca do Ensino Superior.
  6. Compromisso com os direitos humanos, entre eles a liberdade de investigação, opinião e discurso.
  7. Promover o diálogo e a compreensão intercultural, e o “desaprender” da intolerância, através da educação.
  8. Promover a paz e a resolução de conflitos por meio da educação.
  9. Promover a sustentabilidade através da educação.
  10. Compromisso com os princípios inerentes à Carta das Nações Unidas.

A UNIP promoverá ações nos seus 27 campi, localizados em São Paulo (capital e interior do Estado), Goiânia, Brasília e Manaus, bem como em comunidades locais, envolvendo professores, alunos e funcionários na realização de pelo menos uma nova atividade a cada ano que aborde ativamente um desses 10 Princípios básicos estabelecidos pela associação internacional.

A UNAI conta com 1.300 associados em 130 países. No Brasil, 31 instituições foram selecionadas para participar do grupo. A inscrição da UNIP, que conquistou a resposta positiva para filiação no órgão, foi uma iniciativa da coordenadora-geral do curso de Ciências Biológicas,professora doutora Cristiane Jaciara Furlaneto, com o apoio da Vice-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa.

A UNIP reconhece a importância da educação para alcançar os objetivos do desenvolvimento sustentável e promove em seus campi inúmeros projetos e eventos nacionais e internacionais, tais como o Seminário Conectando Peixes, Rios e Pessoas e o International Workshop on Advances in Cleaner Production, evento organizado pelo Programa de Mestrado e Doutorado em Engenharia de Produção, cuja 9º edição ocorrerá em Melbourne, Austrália, neste ano.

A professora doutora Marina Soligo, diretora de Pós-Graduação Stricto Sensu e Pesquisa da UNIP, que conta com cinco programas de mestrado e quatro de doutorado, enfatiza que a pesquisa e a educação são pilares fundamentais para garantir a democracia, a igualdade de oportunidades, a paz e a resolução de conflitos e o desenvolvimento sustentável.

Segundo ela, a partir da década de 1960 houve um aumento significativo no número de universidades e de alunos matriculados no Ensino Superior, o que torna fundamental que iniciativas como esta sejam incentivadas. “Sempre houve na UNIP a preocupação com essas questões, embora as ações realizadas fossem pouco registradas e divulgadas até os anos 90. Um dos exemplos que podemos citar, além da educação para um desenvolvimento sustentável, é o compromisso em dar oportunidade de ensino a todas as pessoas. Todo o corpo docente e técnico administrativo na UNIP é capacitado para acolher o aluno e promover sua permanência na instituição, proporcionando a adaptação ao nível de ensino, o avanço tecnológico, financiamentos e descontos nas mensalidades.”

A professora doutora Cristiane Jaciara Furlaneto, coordenadora-geral do curso de Ciências Biológicas, complementa: “As iniciativas da UNIP vão ao encontro das expectativas da UNAI e certamente influenciarão nossos alunos, docentes e demais pessoas a serem mais conscientes em relação ao meio ambiente e ao planeta. O vínculo da UNIP com a UNAI favorecerá a divulgação das atitudes sustentáveis que já estão presentes na universidade e auxiliarão na promoção de novos projetos que, certamente, surgirão do compartilhamento de ideias com os membros da UNAI ao redor do mundo. O vínculo da UNIP com a UNAI consolida a sustentabilidade como uma vocação acadêmica da Instituição.”

]]>
DATA17/01/2020