Ecoeficiência: Abordagens, Ferramentas e Indicadores

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção da UNIP é nota 5 na CAPES

Ementa

Diferentes abordagens e definições. Fundamentos conceituais e históricos. Breve resenha de Desenvolvimento Sustentável e P+L como conceitos anteriores e evolutivos da ecoeficiência. Aspectos principais da ecoeficiência empresarial. Oportunidades de implementação da ecoeficiência; benefícios e limitações. Ferramentas da ecoeficiência (ACV, DfE-design for environment, P+L, P2, Ecologia Industrial, Pegada Ecológica, Relatório Ambiental). Mensuração e indicadores; abrangência dos indicadores da ecoeficiência (ambientais, de desempenho ambiental, empresariais).

Bibliografia

Agenda 21. Disponível em: www.un.org/esa/sustdev/documents/agenda21/index.htm
BONILLA, Silvia H.; ALMEIDA, Cecília M.V.B.; GIANNETTI, Biagio F.; HUISINGH, Donald. The roles of cleaner production in the sustainable development of modern societies: an introduction to this special issue. Journal of Cleaner Production, 18, p. 1-5, 2010.
EHRENFELD, J.  Eco-efficiency: Philosophy, theory, and tools. Journal of Industrial Ecology, v. 9, n. 4, p. 6-8. 2005.
Oliveira Neto, Geraldo Cardoso et al. Princípios e ferramentas da produção mais limpa: um estudo exploratório em empresas brasileiras. Gest. Prod., São Carlos, v. 22, n. 2, p. 326-344, 2015.
VERFAILLIE, Hendrik A.; BIDWELL, Robin.  Measuring Eco-efficiency – A guide to reporting company performance. Geneva: WBCSD, 2000.
World Business Council for Sustainable Development. Eco-Efficiency: Creating More Value with Less Impact. UK: WBCSD, 1999.