Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação

Comunicação, Gênero e Representações

Ementa

Estudo da representação do feminino em produtos midiáticos. Entendimento, a partir de categorias dos estudos de gênero, das diversas formas de poder sobre o feminino na sociedade contemporânea e a violência de gênero. Contextualização das formas de resistência nos movimentos sociais e problematização da relação entre mídia e democracia.

Bibliografia

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. 2.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002.
https://docs.google.com/file/d/0B4UG_F2QeFUlNGFFc1dzcndZblU/edit
COSTA, Claudia de Lima. O tráfico do gênero. Cadernos Pagu, v. 11, p. 127-140, 1998.
http://www.cppnac.org.br/wp-content/uploads/2013/07/O-Tr%C3%A1fico-do-g%C3%AAnero-Claudia-Costa.pdf
FOUCAULT, Michel. História da sexualidade I: A vontade de saber. 13. ed. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.
HALL, Stuart. Cultura e representação. Rio de Janeiro: Apicuri, PUC Rio, 2016.
MORAES, Dênis et al. Mídia, poder e contrapoder: da concentração monopólica à democratização da informação. Tradução Karina Patrício. Rio de Janeiro: FAPERJ, São Paulo: Boitempo, 2013.
SARTI, Cynthia. O feminismo brasileiro desde os anos 1970: revisitando uma trajetória. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 12, n. 2, p. 35-50, 2004.
PISCITELLI, Adriana. Re-criando a (categoria) mulher? Disponível em: <http://www.culturaegenero.com.br/download/praticafeminina.pdf > SCOTT, Joan Wallach. Prefácio a Gender and Politics of History. Cadernos Pagu, n.3, p. 11-27, 1994.

Bibliografia Complementar

ESCOSTEGUY, Ana Carolina; MESSA, Marcia Rejane. Os estudos de gênero na pesquisa em comunicação no Brasil. In: ESCOSTEGUY, Ana Carolina (Org.). Comunicação e gênero: a aventura da pesquisa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2008.
(http://www.pucrs.br/edipucrs/comunicacaoegenero.pdf)