USP e UNIP promovem Torneio de Robótica 2010

A Segunda Edição do Torneio Juvenil de Robótica de São Paulo (TJR 2010) e o Primeiro Simpósio de Temas em Tecnologia e Currículo (Simposiottec 2010) foram realizados em uma ação conjunta entre a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Paulista (UNIP).

 

O evento, que ocorreu durante o dia 12 de junho no Instituto de Matemática e Estatística da USP, teve como organizador o professor da UNIP, Luís Rogério da Silva, além da participação do palestrante Marcelo Souza, diretor de tecnologia da UNIP e professor da Unicamp, que falou sobre Tecnologias para abordar a tecnologia e a ciência.

 

O Torneio apresentou como desafios as modalidades Dança, Resgate, Viagem ao Centro da Terra e Sumô de Robôs, que se dividiram em nível 1, para alunos do Ensino Fundamental, e nível 2, para os do Ensino Médio.

Também foi premiado o melhor projeto livre em robótica e/ou computação (tema escolhido pela equipe) apresentado aos jurados no rol do desafio Projeto Livre.

Os competidores tiveram de produzir e apresentar máquinas autônomas (sem intervenção remota), ágeis, com medidas específicas, capazes de cumprir as tarefas exigidas pelo desafio escolhido.

 

As equipes que conquistaram melhor desempenho foram convidadas a participar de oficinas de preparação para as competições de robótica do segundo semestre, como a Olimpíada Brasileira de Robótica 2010 (OBR 2010) e a Competição Brasileira de Robótica 2010 (CBR 2010), que acontecerão em São Bernardo do Campo (SP), no mês de outubro, quando serão selecionados os participantes que representarão o Brasil na RoboCupJunior 2011, em Istambul.

 

No Simpósio de Temas em Tecnologia e Currículo, foram oferecidas palestras e oficinas que explicaram alguns dos assuntos referentes aos avanços tecnológicos, bem como discutiram a viabilidade de inserção desses conteúdos já no nível do Ensino Básico.

 

Nesta edição, um dos objetivos específicos foi apresentar iniciativas que primem pela inclusão da computação e da robótica autônoma no Ensino Básico, ressaltando a relação entre contexto, metodologia e seus resultados.

 O evento foi encerrado pelo professor da UNIP, Luís Rogério, que discorreu sobre Casos de gerenciamento de projetos em tecnologia para o Ensino Básico.