Olá, Visitante

 

• Você está em: Universidade Paulista / EaD / Ensino / Graduação
Exibir cursos de:
Nutrição

Nutrição

Autorização Resolução CONSUNI n. 181213/2 de 13/12/2018 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)

Objetivos

O curso de Nutrição da Universidade Paulista tem como objetivos formar nutricionistas com conhecimentos, competências e habilidades gerais adequados para:

• desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo, atuando, de forma interdisciplinar, em equipes multiprofissionais, com prática integrada ao sistema de saúde local;
• fundamentar-se no trabalho para tomadas de decisões apropriadas, a fim de avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas baseadas em evidências científicas;
• aplicar técnicas de comunicação acessível que permitam adequada relação com o cliente, comunidade e equipe multiprofissional e manter a confidencialidade das informações;
• ampliar a aprendizagem de uma língua estrangeira;
• aplicar as ferramentas de tecnologia, comunicação e informação;
• assumir posição de liderança e tomada de decisão no trabalho em equipe multiprofissional, com compromisso, responsabilidade e empatia;
• realizar trabalho dentro do mais alto padrão de qualidade e princípios éticos;
• ter capacidade crítica, analítica e reflexiva;
• ultrapassar as barreiras culturais, sociais e pessoais na interação com os clientes, grupos e comunidade;
• incorporar a educação permanente como princípio de excelência profissional.

Atividades Principais

O curso de graduação em Nutrição da UNIP procura estar sempre engajado para manter um currículo adequado às mudanças pelas quais a sociedade vem passando, sem, contudo, deixar de priorizar a atenção dietética, tanto em nível individual quanto coletivo, por meio de ações integradas de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, com ênfase no SUS, nas diferentes fases do ciclo-vital e do processo saúde-doença, para atuar, de forma interdisciplinar,  em equipes multiprofissionais e com prática integrada ao sistema de saúde local.

A formação do nutricionista deve dotar o profissional dos conhecimentos, habilidades e atitudes requeridos para atuar com competência em:

• atenção dietética a indivíduos e populações, de diferentes idades e condição de saúde;
• avaliação, promoção, manutenção e recuperação do estado nutricional de indivíduos e grupos;
• desenvolvimento e aplicação de técnicas de ensino em sua área de atuação;
• atuação na formulação e execução de políticas e programas de educação nutricional, segurança alimentar e sanitária e vigilância nutricional, visando a promoção da saúde em âmbito local, regional e nacional;
• atuação interprofissional em equipes multiprofissionais de saúde e terapia nutricional, realizando a avaliação, diagnóstico e acompanhamento do estado nutricional, planejando, prescrevendo, analisando, supervisionando e avaliando o uso de dietas e suplementos dietéticos;
• planejamento, gerenciamento, avaliação de unidades de alimentação e nutrição com vistas à melhoria das condições de saúde de coletividades sadias e enfermas;
• realização de diagnósticos e intervenções na rede de alimentação e nutrição, considerando a influência sócio cultural, econômica que determina a disponibilidade, consumo e utilização biológica dos alimentos;
• atuação interprofissional em equipes multiprofissionais, realizando planejamento, coordenação, supervisão, implementação, execução e avaliação de atividades na área de alimentação e de saúde;
• desenvolvimento de auditoria, assessoria e consultoria na área de alimentação e nutrição e atuação em marketing de alimentação e nutrição.
• controle de qualidade dos alimentos nas suas áreas de competência e desenvolvimento e avaliação de novas fórmulas ou produtos alimentícios para consumo humano.
• participação em grupos de pesquisa, enfatizando a nutrição humana de forma integral e ética.

Mercado de Trabalho

O nutricionista pode exercer atividades autônomas, trabalhar em instituições de ensino, pesquisa, saúde e abastecimento de alimentos, alimentação escolar, indústrias alimentícias, nutrição e marketing, nutrição e esporte, clínicas, ambulatórios, consultórios, hospitais, academias, spas.

A oferta de postos de trabalho no mercado está em expansão, na medida em que a expectativa de vida da população brasileira tem aumentado e as necessidades de atenção dietética se multiplicado.

Cabe ao nutricionista um amplo espectro de atuação e de participação na sociedade.

Práticas

• Laboratório de Técnica Dietética e Análise Sensorial
• Laboratório de Avaliação Nutricional
• Laboratório de Anatomia
• Laboratório Multidisciplinar
• Laboratório de Informática
• Clínicas de Saúde da UNIP
• Jornadas Acadêmicas
• Atividades de Extensão Comunitária
• Atividades Complementares
• Estágio em instituições de saúde: Hospitais, Clínicas, Unidades Básicas de Saúde
• e outros.
• Estágio em Restaurantes Industriais e Escolas
• Monitoria
• Iniciação científica

Critérios de Promoção, do Regimento Geral da UNIP

Art. 79-B. A avaliação da aprendizagem dos estudantes na modalidade de educação a distância será realizada de modo compatível com o conteúdo ministrado e em quantidade suficiente para avaliar, de forma concreta, toda a aprendizagem prevista para as disciplinas e atividades dos cursos, preservando-se os dispositivos aplicáveis e já previstos nos artigos 71 a 79 do presente Regimento.

Art. 79-C. O aluno somente poderá ser aprovado e/ou prestar exames com o mínimo de 75% (setenta e cinco por cento) de frequência às atividades programadas para a disciplina.

Art. 79-D. Os critérios de promoção, envolvendo, simultaneamente, a frequência e o aproveitamento escolar, são os seguintes:

a) se a frequência do aluno for inferior a 75% (setenta e cinco por cento), ele estará reprovado na disciplina; caso contrário,
b) Se a Média da Disciplina (MD) for igual ou superior a 6,0 (seis), o aluno estará aprovado na disciplina. Neste caso, a Média Final é igual à (MF = MD), sem necessidade de realizar o Exame;
c) Se MD for inferior a 6,0 (seis), o aluno deverá submeter-se ao Exame da disciplina, ao qual será atribuída a nota EX. A Média Final (MF) da disciplina para o aluno que realiza o Exame é a média aritmética MF = (MD + EX)/2.
c1)   Se MF for igual ou superior a 5,0 (cinco), o aluno estará aprovado na disciplina;
c2)   O aluno estará reprovado quando obtiver MF inferior a 5,0 (cinco), e ficará sujeito ao regime de dependência na disciplina.

Art. 79-E. A Avaliação Presencial (AP) de cada disciplina poderá ser composta de questões objetivas e questões discursivas, de sorte que as questões discursivas tenham peso de 50% (cinquenta por cento) do valor da AP (Avaliação Presencial).

I - O Exame de cada disciplina será composto de modo similar à Avaliação Presencial, excetuando-se o Trabalho de Conclusão de Curso, TCC, estágios supervisionados e as disciplinas práticas.
II - A Avaliação Substitutiva de cada disciplina será composta de modo similar à Avaliação Presencial.

Art. 79-F. Para incentivar o uso pelo aluno das novas tecnologias de comunicação, interação e informação indispensáveis para uma formação de qualidade em um curso da EAD, as avaliações virtuais terão 10% (dez por cento) de sua composição atribuídos a título de participação e interação no ambiente virtual de aprendizagem.

Grade Curricular

DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA
Administração de Unidades de Alimentação e Nutrição 60
Anatomia 30
Anatomia dos Sistemas 30
Antropologia da Alimentação 30
Atividades Complementares 100
Avaliação Nutricional 30
Avaliação Nutricional Avançada 30
Bioestatística Aplicada à Saúde 30
Biologia, Histologia, Embriologia 60
Bioquímica 60
Bioquímica Metabólica 60
Biossegurança e Ergonomia 30
Bromatologia 30
Ciências Sociais  30
Composição de Alimentos 60
Comunicação e Expressão  30
Direitos Humanos (Optativa) 20
Desenvolvimento de Produtos Alimentícios 30
Educação Alimentar e Nutricional 30
Educação Ambiental (Optativa) 20
Epidemiologia 60
Estágio Curricular 640
Estudos Disciplinares 170
Ética e Orientação Profissional 30
Farmacologia 60
Fisiologia 60
Fisiologia do Sistema Regulador 60
Fisiopatologia da Nutrição 30
Fisiopatologia das Doenças Nutricionais e Endócrinas 30
Higiene e Legislação de Alimentos 30
Homem e Sociedade  30
Interpretação e Produção de Textos  30
Introdução à Nutrição 30
Introdução a EAD 20
Língua Brasileira de Sinais (Optativa) 20
Marketing Pessoal (Optativa) 20
Metodologia do Trabalho Acadêmico 30
Métodos de Pesquisa 30
Microbiologia dos Alimentos 30
Microbiologia, Imunologia e Parasitologia 60
Nutrição Biodisponibilidade de Nutrientes 60
Nutrição Clínica  60
Nutrição Clínica Avançada 60
Nutrição e Dietética 30
Nutrição em Saúde Pública 60
Nutrição Interdisciplinar 30
Nutrição Integrada 30
Nutrição Materna da Criança e Adolescente  60
Nutrição no Esporte 30
Patologia dos Sistemas 60
Planejamento de Cardápios nos Ciclos da Vida 60
Planejamento e Organização de Unidades de Alimentação e Nutrição 60
Políticas de Saúde 30
Práticas Educativas em Saúde 60
Produção Técnico-Científica Interdisciplinar 30
Projeto Técnico-Científico Interdisciplinar 30
Psicologia Aplicada à Nutrição 30
Química 30
Relações Étnico-Raciais e Afrodescendência (Optativa) 20
Técnica Dietética 60
Técnicas de Informática 30
Tecnologia de Alimentos 60
Tópicos de Atuação Profissional - Nutrição 30
Carga Horária Total 3.200 horas

Coordenadora: Mônica Teixeira

Observação: O detalhamento do PPC está à disposição nos polos de apoio presencial.

Processo Seletivo

Datas e horários da prova: A prova acontece conforme as datas e horários disponibilizados pelos polos de apoio presencial.
Local: Deverá ser realizada no polo de apoio presencial escolhido pelo candidato, com agendamento prévio. O candidato deverá comparecer ao local indicado com, pelo menos, meia hora de antecedência.
Duração: Mínima de uma hora e máxima de duas horas.
Resultado: Será divulgado em nosso site 48 horas após a realização da prova.
Taxa de inscrição: R$30,00.

Matrícula

Prazo e local: As matrículas dos candidatos classificados serão feitas pelo site www.unip.br/ead. O candidato convocado que não efetuar sua matrícula no prazo estipulado só poderá se matricular posteriormente, a critério da UNIP, desde que haja vagas. A critério dos Conselhos Superiores da Universidade, a renovação da matrícula do aluno poderá ser determinada para um polo de apoio presencial diferente daquele frequentado no semestre anterior.

Documentação necessária:
No ato da matrícula, o candidato classificado deverá entregar na secretaria do polo de apoio presencial:
• Requerimento de Matrícula e Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, devidamente assinados;
• 1 (uma) foto 3 x 4 recente;
1 (uma) cópia autenticada e legível dos seguintes documentos:
   • histórico escolar do ensino médio ou equivalente;
   • certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente;
   • certidão de nascimento ou casamento;
   • cédula de identidade (com emissão de até 10 anos);
   • título de eleitor;
   • prova de quitação do serviço militar;
   • cadastro de pessoa física (CPF) do aluno ou, se o aluno for menor de 18 anos, do pai (ou responsável);
   • comprovante de residência.

GRADUAÇÃO | SEMIPRESENCIAL

inscreva-se

POLO MAIS PRÓXIMO E MENSALIDADE

SISTEMA DE ENSINO

No formato Semipresencial, além de utilizar o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), o encontro no polo de apoio presencial é ampliado, sendo oferecidas diversas atividades semanais programadas. Este formato privilegia as dinâmicas acadêmicas presenciais com o aluno, com o objetivo de promover a flexibilidade, interdisciplinaridade e a articulação entre teoria e prática. Além dos encontros presenciais, existem atividades acadêmicas a serem realizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

DURAÇÃO

4 anos.

COMPARTILHE